Para quem quer poupar combustivel !


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Peças recomendadas.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Peças recomendadas. em Sex 22 Jul 2011, 05:19

Prof. Pardal


Rank : 0
Rank : 0
Gostaria de saber se tem diâmetro específico dos niples para o gerador e a distancia entre eles.
Aguardo contatos,

Abraço!

Ver perfil do usuário

2 Re: Peças recomendadas. em Sex 22 Jul 2011, 18:12

Oi Prof.! Tu mora perto de onde o avião da TAM, derrubado por americanos, caiu, né?

A idéia é que a pressão criada pelas bolhas recém formadas de gás não esvazie muito a célula eletrolítica, por isso deve ser mais fácil para o gás sair por cima, do que empurrar o eletrolítico por baixo, mantendo assim a célula +- cheia de eletrólito.

A célula eletrolítica com certeza vai esvaziar um pouco, mas não deveria esvaziar ½. Sua célula ira ter uma região superior cheia de gás e uma inferior cheia de eletrólito. O niple de cima deve estar nos limites da parte cheia de gás, nada melhor do que estar bem acima. O niple de baixo deve estar na região inundada pelo eletrólito, nada melhor que estar bem abaixo.

Seu desafio e manter a célula eletrolítica o mais cheia possível, controlando: O enchimento por baixo (niple inferior) de eletrólito, impulsionado pela gravidade que faz o eletrólito ir do reservatório para a célula, ou quanto mais alto mais pressão; a entrada do gás no reservatório, afinal o despejo do gás no reservatório faz uma resistência ao enchimento da celula pelo eletrólito, o proprio gás pode carregar eletrólito, arrastado pelas bolhas, até o reservatório ajudando a esvaziar a célula e até mesmo os tamanhos dos niples e mangueiras que os acompanham.

Por isso acho que o tamanho dos niples e distância entre eles são apenas mais um detalhe. Tu deve levar em consideração e testar vários aspectos antes de se decidir pela versão final, ou corte, ou furo, das placas.

Outro detalhe, na parte inferior, inundada de eletrólito, é fácil haver fuga de corrente pelo furo que comunica todas as placas para passagem e enchimento do eletrólito. Pense, tu energizou a placa positiva, colocou alguns neutros e energizou a placa negativa. Da beirada do furo inferior da placa positiva, da para ver a comunicar os íons direto para a beirada do furo da placa negativa, sem passar pelos neutros. Então furos inferiores grandes vão permitir maior área de fuga. Eu colocaria furos alternados na parte inferior, impedindo que os íons achem mais fácil ir direto, pelo furo inferior, de uma placa positiva até outra negativa, ao invés de passar pelos neutros, como foi projetado.

Já viu os comentários do “BARIAS”, em “AQUECIMENTO E EVAPORAÇÂO”, sobre um eletrólito melhor que potassa cáustica? Parece, ele não confirmou, mas deu a entender, que é o eletrólito do “BARILLO”. Estou tentando descobrir se o eletrólito do “BARILLO” é tão bom como ele diz, pode ser, poder ser que seja algo conhecido como liquido iônico, ou algo parecido. Estou esperando mais informações deles, mas vale prestar atenção nisso.

Boa eletrólise!

Ver perfil do usuário

3 Re: Peças recomendadas. em Sex 22 Jul 2011, 18:52

Prof. Pardal


Rank : 0
Rank : 0
ET-e-HHO-existe escreveu:Oi Prof.! Tu mora perto de onde o avião da TAM, derrubado por americanos, caiu, né?

A idéia é que a pressão criada pelas bolhas recém formadas de gás não esvazie muito a célula eletrolítica, por isso deve ser mais fácil para o gás sair por cima, do que empurrar o eletrolítico por baixo, mantendo assim a célula +- cheia de eletrólito.

A célula eletrolítica com certeza vai esvaziar um pouco, mas não deveria esvaziar ½. Sua célula ira ter uma região superior cheia de gás e uma inferior cheia de eletrólito. O niple de cima deve estar nos limites da parte cheia de gás, nada melhor do que estar bem acima. O niple de baixo deve estar na região inundada pelo eletrólito, nada melhor que estar bem abaixo.

Seu desafio e manter a célula eletrolítica o mais cheia possível, controlando: O enchimento por baixo (niple inferior) de eletrólito, impulsionado pela gravidade que faz o eletrólito ir do reservatório para a célula, ou quanto mais alto mais pressão; a entrada do gás no reservatório, afinal o despejo do gás no reservatório faz uma resistência ao enchimento da celula pelo eletrólito, o proprio gás pode carregar eletrólito, arrastado pelas bolhas, até o reservatório ajudando a esvaziar a célula e até mesmo os tamanhos dos niples e mangueiras que os acompanham.

Por isso acho que o tamanho dos niples e distância entre eles são apenas mais um detalhe. Tu deve levar em consideração e testar vários aspectos antes de se decidir pela versão final, ou corte, ou furo, das placas.

Outro detalhe, na parte inferior, inundada de eletrólito, é fácil haver fuga de corrente pelo furo que comunica todas as placas para passagem e enchimento do eletrólito. Pense, tu energizou a placa positiva, colocou alguns neutros e energizou a placa negativa. Da beirada do furo inferior da placa positiva, da para ver a comunicar os íons direto para a beirada do furo da placa negativa, sem passar pelos neutros. Então furos inferiores grandes vão permitir maior área de fuga. Eu colocaria furos alternados na parte inferior, impedindo que os íons achem mais fácil ir direto, pelo furo inferior, de uma placa positiva até outra negativa, ao invés de passar pelos neutros, como foi projetado.

Já viu os comentários do “BARIAS”, em “AQUECIMENTO E EVAPORAÇÂO”, sobre um eletrólito melhor que potassa cáustica? Parece, ele não confirmou, mas deu a entender, que é o eletrólito do “BARILLO”. Estou tentando descobrir se o eletrólito do “BARILLO” é tão bom como ele diz, pode ser, poder ser que seja algo conhecido como liquido iônico, ou algo parecido. Estou esperando mais informações deles, mas vale prestar atenção nisso.

Boa eletrólise!

Valeu a dica, mas o meu "pró" é o seguinte, fiz o gerador tipo célula seca, também fiz o reservatório e coloquei os niples nele. As mangueiras se enchem de solução mas quando ligo o gerador não saem as bolhas, até ai blz, quando coloco o gerador com os niples direcionados para cima começa a borbulhar e funciona, só que em pé que não. ( 11 placas 10x15 (-nnnn+nnnn-) ,juntas de 3mm, com solução de hidróxido de sódio, fonte de bancada 20 Amperes trabalhando a 13,6 volts consumindo 1,5 amperes. Há alguns anos tenho investido nos projetos que fiz e sem sucesso com a célula submersa, aquecia muito chegando até derreter os cabos e fuzíveis que colocava, (interessante que só o polo negativo), quando descobri a célula seca, voltei a refazer os meus projetos, agradeço a você que pelos comentários no forum que me incentivaram a voltar ao trabalho! Só que antigamente haviam carros carburados que funcionavam perfeitamente diminuindo o giclê, e hoje é outro desafio com as sondas lambdas, ai te pergunto: Você já utilizou os prolongadores de sonda e se funcionam ou tenho que fazer um controlador eletrônico?

Muito Obrigado!

aguardo contatos,

Abraço!

Ver perfil do usuário

4 Re: Peças recomendadas. em Sab 23 Jul 2011, 05:15

Prof. Pardal escreveu:Valeu a dica, mas o meu "pró" é o seguinte, fiz o gerador tipo célula seca, também fiz o reservatório e coloquei os niples nele. As mangueiras se enchem de solução mas quando ligo o gerador não saem as bolhas, até ai blz, quando coloco o gerador com os niples direcionados para cima começa a borbulhar e funciona, só que em pé que não. ...

Como pode não sair bolhas? Com quase 3V entre placas, solução de NaOH, célula cheia de eletrólito e não faz bolhas? Só funciona deitado? To tentando usar minha imaginação para entender sua célula e não consigo.
Esses 1,5 amperes foram medidos fazendo bolha deitado, ou em pé sem fazer bolhas?
Põe alguma foto para que eu possa entender melhor, não faz sentido. Dá uma olhada nesse desenho como referência e me diz no que o seu é igual ou diferente.



Prof. Pardal escreveu:...Só que antigamente haviam carros carburados que funcionavam perfeitamente diminuindo o giclê, e hoje é outro desafio com as sondas lambdas, ai te pergunto: Você já utilizou os prolongadores de sonda e se funcionam ou tenho que fazer um controlador eletrônico? ...

Olha minhas experiências não foram nada boas, por isso nem tento em carros injetados. Veja o exemplo do “Barias”, ele colocou HHO+VOLO no carro injetado dele e verificou que o ajuste via VOLO, sozinho, fez uns 26%. Então o que o HHO esta fazendo? Ainda estou esperando o resto das postagens dele para ver se ao re-instalar a célula de HHO dele o carro passa a economizar mais que 26%, ou qual a vantagem.
http://forum-hho.forumeiros.com/t120-aquecimento-e-evaporacao


Ver perfil do usuário

5 Re: Peças recomendadas. em Sab 23 Jul 2011, 07:19

Prof. Pardal


Rank : 0
Rank : 0
ET-e-HHO-existe escreveu:
Prof. Pardal escreveu:Valeu a dica, mas o meu "pró" é o seguinte, fiz o gerador tipo célula seca, também fiz o reservatório e coloquei os niples nele. As mangueiras se enchem de solução mas quando ligo o gerador não saem as bolhas, até ai blz, quando coloco o gerador com os niples direcionados para cima começa a borbulhar e funciona, só que em pé que não. ...

Como pode não sair bolhas? Com quase 3V entre placas, solução de NaOH, célula cheia de eletrólito e não faz bolhas? Só funciona deitado? To tentando usar minha imaginação para entender sua célula e não consigo.
Esses 1,5 amperes foram medidos fazendo bolha deitado, ou em pé sem fazer bolhas?
Põe alguma foto para que eu possa entender melhor, não faz sentido. Dá uma olhada nesse desenho como referência e me diz no que o seu é igual ou diferente.



Prof. Pardal escreveu:...Só que antigamente haviam carros carburados que funcionavam perfeitamente diminuindo o giclê, e hoje é outro desafio com as sondas lambdas, ai te pergunto: Você já utilizou os prolongadores de sonda e se funcionam ou tenho que fazer um controlador eletrônico? ...

Olha minhas experiências não foram nada boas, por isso nem tento em carros injetados. Veja o exemplo do “Barias”, ele colocou HHO+VOLO no carro injetado dele e verificou que o ajuste via VOLO, sozinho, fez uns 26%. Então o que o HHO esta fazendo? Ainda estou esperando o resto das postagens dele para ver se ao re-instalar a célula de HHO dele o carro passa a economizar mais que 26%, ou qual a vantagem.
http://forum-hho.forumeiros.com/t120-aquecimento-e-evaporacao



Saudações, descobri o problema, eram os niples que eram finos, fiz o seguinte, comprei um com diâmetro 3/8 e coloquei na parte de cima do gerador,agora tem espaço pra a agua e bolhas saírem, ou seja já está borbulhando. Fiz outro tipo de borbulhador, porque tinha feito igual a este da figura, só que a agua do reservatório do eletrólito descia para a célula, pela mangueira e voltava pela outra mangueira.

Mais uma vez obrigado!

Ver perfil do usuário

6 Re: Peças recomendadas. em Sab 23 Jul 2011, 07:24

Fale mais, ou desenhe essa sua inovação. Como ficou seu novo borbulhador?

Ver perfil do usuário

7 Re: Peças recomendadas. em Sab 23 Jul 2011, 08:07

Prof. Pardal


Rank : 0
Rank : 0
ET-e-HHO-existe escreveu:Fale mais, ou desenhe essa sua inovação. Como ficou seu novo borbulhador?

A água fica como se fosse circulando, a celula empurra o gás com pequenas quantidades de água que volta para o reservatório do eletrolito. a célula fica sempre cheia.
Pela manhã vou num torneiro pra ver se faço o prolongador.

Estava vendo os eletrólitos e vi um tal de THP ou coisa parecida, o que significa?

Vi comentários seus sobre a célula trabalhar aquecida, realmente torna-se mais eficiente, porque estava lendo algo quando tava fazendo banhos galvânicos, que utiliza a eletrólise, que toda solução aquecida se duplica, mas como ela se duplica a amperagem aumenta, assim como uma éspécie de bola de neve, criando uma resistência, e é ruim. Isso pelomenos em banhos galvanicos.

Ver perfil do usuário

8 Re: Peças recomendadas. em Sab 23 Jul 2011, 08:46

Como eu te disse antes, esse THP é o eletrólito vendido pelo Barillo que eu acho que o Barias está usando. Já pedi informações ao Barias se realmente é esse o eletrólito que ele está usando, mas ele sumiu.

Existe um eletrólito que só vi falar dele em trabalhos universitários, chamados de líquidos iônicos, não sei se esse eletrólito do Barillo é isso ou algum outro composto especial. Eu também estou procurando mais informações e indicações sobre esse eletrólito.

Quanto a idéia de usar eletrólito quente, temos de considerar o seguinte: Um eletrólito quente torna o eletrólito mais condutivo e produtivo, já uma eletrólise eficiente é aquela que esquenta menos e menos produtiva. A idéia é simples: A energia elétrica que não vira hidrogênio, vira calor, ou ineficiência; já um eletrólito quente, deixa passar mais corrente e como produção eletrolítica é diretamente proporcional a corrente consumida entre duas placas, então eletrólito quente é mais produtivo.

Apesar de todo mundo querer a eletrólise mais eficiente que existe, ninguém quer células eletrolíticas com produções pequenas, daí aceitarmos perder a eficiência para ganhar produtividade.

Por causa disso eu gostaria de juntar as duas coisas, por incrementar uma eletrólise fria com um aquecimento externo, como o da exaustão do carro. Se eu adicionar calor externo e tornar o eletrólito mais condutivo, eu não perco a eficiência e aumento a produção. Só tenho que tratar o vapor de forma mais efetiva. Posso mesmo trabalhar com a célula quente e sob pressão, assim daria para esquentar acima dos 100°C, nesse caso eu teria de tratar o vapor e a pressão elevada. Isso bem feito, mais um eletrólito melhor, pode fazer a melhor célula eletrolítica que existe. Alias, essa idéia não é minha, existe uma projeto para utilizar o calor excedente de uma usina nuclear para facilitar a eletrólise.

Ver perfil do usuário

9 Re: Peças recomendadas. em Sex 15 Fev 2013, 19:12

tanpa nama


Rank : 2
Rank : 2
ok

Ver perfil do usuário

10 Re: Peças recomendadas. em Seg 22 Abr 2013, 02:45

tanpa nama


Rank : 2
Rank : 2
Ok o que cara? Tu tá doido! Ops, sou eu

Ver perfil do usuário

11 Placas de aço 316L em Sex 23 Ago 2013, 23:27

Meus prezados,
Faz tempo que acompanho esse forum de HHO. mas somente tomei coragem de entrar nessa aventura agora.
Moro em São Gonçalo, RJ, e tenho tentado adquirir as placas de aço 316L aqui na área do RJ, mas só querem vender a placa inteira. Para comprar no ferro velho, como muitos falam que compraram fico com medo de sujar a solução, que também foi muito comentado aqui nesse forum.
Caso alguém possa me ajudar, ficarei no aguardo, na esperança de ser mais um "Cientista Maluco". embora, tenho lido experiências aqui, que são verdadeiras aulas de Física e química. Parabéns para esses professores virtuais.
Atenciosamente,
Francisco

Ver perfil do usuário

12 Re: Peças recomendadas. em Sab 24 Ago 2013, 00:04

Francisco, se não me falha a memória, aço austenítico, do qual o famoso 316 é um exemplar, não consegue ser atraído por um ima. O "L" do 316L vem dele ter baixo teor de carbono, mas isso não dá pra testar no ferro velho. Um outro aço austenítico mais propenso a corrosão que o 316L é o 304L, pode se diferenciar um do outro por um produto caro (R$300) chamado DETECT, que uma vez gotejado no aço, se reagir, indica a presença de um composto que não existe no 304L mas existe no 316L.

Usando o DETEC e um ima tu acha o aço 316L no ferro velho. Depois é  só limpar, lavar no fim com água de degelo (tem que estar limpa e não contaminada pelas comidas que ficam na geladeira) e nunca usar ferramentas ou lixas de ferro. O ferro se incrusta no aço e enferruja fácil criando um ponto de corrosão no aço que se espalha.

Água pura, pode ser água de degelo bem coletada da geladeira, mais soda cáustica pura ou KOH puro, fazem a diferença numa eletrólise sem corrosão até com aços inferiores que o 316L.

Tenta no ferro velho que tem muito aço bom por lá, que bem tratado te dará boas horas de diversão. Tu não vai fazer teu carro economizar, tu não vei economizar dinheiro com isso, ao contrário vai gastar, mas é uma boa diversão.

Procure saber sobre pneumonia química, vapores tóxicos de uma eletrólise, fabricação do mortal gás cloro eletrolisando água com sal, deixe crianças e animais longe, balão de HHO explodindo tem o barulho de uma dinamite, mais alguns detalhes que espero que tu já saiba para não transformar tua brincadeira numa dor de cabeça ou arrependimento.

Ver perfil do usuário

13 Re: Peças recomendadas. em Sab 24 Ago 2013, 00:10

A outra opção é fazer um belo projeto de placa, comprar uma chapa de aço até com certificado de qualidade, mandar cortar em umas 100 placas a laser, ao quanto couber na chapa.

Mandei fazer isso em SP, depois achei um cara que fazia no RJ, mas isso foi a uns 2 ou 3 anos atrás. De lá para cá o preço do aço aumentou e mesmo assim eu acho que gastei uns R$ 2 mil para fazer umas 100 placas para eletrólise, corte impecável. Mandei o desenho e eles tinham o aço e já mandaram cortado, mas só faziam uma chapa inteira. Hoje vai estar mais caro.

Ver perfil do usuário

14 Re: Peças recomendadas. em Sab 24 Ago 2013, 00:17

Colega, não se assunta com os perigos não, só tenha precaução. Se informa e depois realiza seus testes e projetos. Use luvas, óculos de proteção, cuidado que explode (faz mais barulho que dano, mas pode arremessar um estilhaço de gerador longe e te ferir).

Não respire o que sai dali, vem muito mais que vapor d'água e HHO, Se tu colocar um filtro de papel no caminho do gás, verá que fica bem sujo com o tempo (alguns minutos ou horas).

Só ter cuidado. Tu usa carro a GNV? Se não, então usa carro com combustível líquido. Usa gás em casa para cozinhar? Produtos de limpeza? Luz elétrica? Tudo isso mata e tu usa, então use tudo isso e o HHO com segurança e consciência.

GNV é armazenado a 200 atmosfera, pressão por si só explosiva, mesmo que fosse apenas ar. Tu faz revisão correta da tua instalação de GNV, sai do carro para abastecer? Não! Já teve gente que morreu por causa disso.

Gasolina escorre, pega fogo e é ótima para fazer um incêndio.

Gás de cozinha em casa nem se fala, se vazar, no dia seguinte tua casa explode e mata tu e uns vizinhos que morem perto. Se for um prédio pior ainda.

Já limpou um comodo fechado com água clorada? Sai dali sonsinho né? É menos do que tu retiraria duma eletrólise com sal, mas já mostra seu poder.

Luz elétrica dá choque e mata. Será que tu sabe se teu chuveiro elétrico está bem aterrado? Afinal, porque ninguém usa o fio terra numa instalação residencial? Só porque os aparelhos vão funcionar com dois fios, então deixa o terra (que só serve de proteção) de fora para economizar?

Ver perfil do usuário

15 PLACAS 316L SÓ NO MERCADO LIVRE em Sex 13 Set 2013, 17:43

moamoa


Rank : 1
Rank : 1
ENCONTREI AS PLACAS NO MERCADO LIVRE

Ver perfil do usuário

16 Re: Peças recomendadas. Hoje à(s) 06:59

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum