Para quem quer poupar combustivel !


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Eficácia comprovada !

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10 ... 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 5 de 15]

101 Francinaldo_n em Dom 06 Mar 2011, 22:29

ET-e-HHO-existe escreveu:De duas formas:

!)- Inspeção visual. Imagino que foi isso que o professor, teu amigo, usou para dizer que deveria estar havendo fuga pelo cilindro em que tu instalou as placas.

2)- Por medir a amperagem de forma exata, sem flutuações, e calcular quanto uma célula eletrolítica da configuração que tu usa deveria gerar de gás HHO.

A primeira requer atenção, por exemplo, eu não vi a fuga pelo cilindro que teu amigo viu. A segunda seria mais exata se tu conseguisse eliminar o vapor.

Entenda: Se cada elétron que passar pela célula eletrolítica for usado para gerar HHO, ou uma parte de gás oxigênio por duas de gás hidrogênio, então dá para calcular exatamente quantos litros por minuto sua célula deve fazer com a amperagem medida. Por isso a amperagem deve ser medida a mais exata possível e o vapor eliminado.

Problemas:
1)- Em geral cada elétron no pólo (-) gera gás hidrogênio, mas no pólo positivo não é gerado só gás oxigênio, também tem outros compostos, que são normalmente corrosão do eletrodo positivo, que diminuem a quantidade do gás gerado. Isso provoca menos gases que o calculado.

2)- Se fizermos a eletrólise a 1,49V entre placas, temos a famosa eletrólise termo-neutra, onde não é consumido calor do ambiente e nem gerado calor, ou seja a energia elétrica vira o máximo de HHO permitido. Percebeu que voltagens abaixo de 1,49V são admitidas desde que você forneça calor para a eletrolise? O oposto, voltagens acima de 1,49V, gera calor a ser cedido ao ambiente. Além de jogar potência elétrica fora, esse calor ajuda a formar mais vapor. Mais vapor dá a impressão de um volume maior de HHO.

Que tu tira de útil disso para ver as fugas?

Se tua célula não apresenta corrosão, então os elétrons estão sendo praticamente todos usados para fazer HHO. Se tu eliminar o vapor, ele não vai te atrapalhar na medida do quanto HHO foi gerado. Nesse caso, tu pode calcular exatamente quantos litros por minuto tua célula esta fazendo com a amperagem medida. Se não for muito próximo do calculado, então tu errou nas medidas ou as fugas estão fazendo sua célula funcionar com uma configuração diferente da que aparentemente ela é.

Pode perguntar, eu quero teu caso descrito aqui no fórum como um exemplo em tempo real do que é o HHO. Vai ser mais que comentários, muitas vezes vagos, se o HHO funciona ou não. Quantos relatos existem aqui no fórum de que isso funcionou? Na maioria sempre é propaganda de vendedores. Agora temos um caso real e em tempo real.
Espero que tu tenha paciência de ir até o fim.

Coloca uma foto atual do seu gerador desmontado. A última parecia estar desatualizada, não parecia ser -NNN+NNN-.

Certo! vou providenciar, nesta segunda eu terei tempo de sobra pra fazer isso, ai coloco aki no forum.

Ver perfil do usuário

102 Re: Eficácia comprovada ! em Seg 07 Mar 2011, 01:43

Deu pra entender como caçar as fugas da sua célula?

Ver perfil do usuário

103 Francinaldo_n em Seg 07 Mar 2011, 01:53

Mais ou menos, vou tentar e te digo

Ver perfil do usuário

104 Re: Eficácia comprovada ! em Seg 07 Mar 2011, 02:02

Lembra do vídeo que postei aqui? Repara como depois eu levanto a garrafa cheia de HHO e tu vê uma nevoa lá dentro que sai da boca da garrafa. Aquilo é vapor, o HHO que sai é incolor não dá pra ver. Outra indicação de que foi medido HHO + vapor.

Outra coisa, embora de concepção diferente, aquele célula também tem a configuração +NNN- e estava sob 12V. Só não lembro de cabeça a amperagem e a produção.

Ver perfil do usuário

105 Francinaldo_n em Seg 07 Mar 2011, 17:46

ET-e-HHO-existe escreveu:Lembra do vídeo que postei aqui? Repara como depois eu levanto a garrafa cheia de HHO e tu vê uma nevoa lá dentro que sai da boca da garrafa. Aquilo é vapor, o HHO que sai é incolor não dá pra ver. Outra indicação de que foi medido HHO + vapor.

Outra coisa, embora de concepção diferente, aquele célula também tem a configuração +NNN- e estava sob 12V. Só não lembro de cabeça a amperagem e a produção.

Então vamos lá, os resultados foram:


1° TESTE
com o carro ligado e o hho ligado por descartar o gas fora>>
saida: marcador 367463 rodou 12(houve diferença de até 600 metros, o teste não foi preciso) klm chegada:3674475

2° TESTE
com o carro ligado e o hho desligado
saida: Marcador 3674475 rodou 12,5 klm chagada: 3674487

3° TESTE
com o carro ligado e o hho ligado e dentro do cargurador
saida: Marcador 3674487 rodou 13 klm chegada: 3674500

4° TESTE
com o carro ligado e o hho desligado
saida: Marcador 3674500 rodou 13 klm chagada: 3674513

Os teste foram com media de consumo de 20 a 24 amperes,rm todos que o hho esteve ligado,lembrando que sempre teve diferença de 500 metros, pois o teste não é com precisão. mas em media 12 a 13 klm.

a produção de gas esta em 500ml por 01:23

no teste anterior o carro ficou cortando por causa do vapor de agua produzido com 38 amp, verifiquei agua no carburador. ou seja se a amp estiver alta, ha sim vapor de agua, e um litro por minuto, se estiver baixa ( como agora) não é percebido vapor de agua, eu lembro do teu video, a amperagen esta entre 16 e 17 amperes e um litro por 02:56 no video.

Ver perfil do usuário

106 Francinaldo_n em Seg 07 Mar 2011, 17:52

Estou construindo uma DRY CELL, espero que funcione!

Ver perfil do usuário

107 Re: Eficácia comprovada ! em Seg 07 Mar 2011, 20:20

Francinaldo Nunes Pereira escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:Lembra do vídeo que postei aqui? Repara como depois eu levanto a garrafa cheia de HHO e tu vê uma nevoa lá dentro que sai da boca da garrafa. Aquilo é vapor, o HHO que sai é incolor não dá pra ver. Outra indicação de que foi medido HHO + vapor.

Outra coisa, embora de concepção diferente, aquele célula também tem a configuração +NNN- e estava sob 12V. Só não lembro de cabeça a amperagem e a produção.

Então vamos lá, os resultados foram:


1° TESTE
com o carro ligado e o hho ligado por descartar o gas fora>>
saida: marcador 367463 rodou 12(houve diferença de até 600 metros, o teste não foi preciso) klm chegada:3674475

2° TESTE
com o carro ligado e o hho desligado
saida: Marcador 3674475 rodou 12,5 klm chagada: 3674487

3° TESTE
com o carro ligado e o hho ligado e dentro do cargurador
saida: Marcador 3674487 rodou 13 klm chegada: 3674500

4° TESTE
com o carro ligado e o hho desligado
saida: Marcador 3674500 rodou 13 klm chagada: 3674513

Os teste foram com media de consumo de 20 a 24 amperes,rm todos que o hho esteve ligado,lembrando que sempre teve diferença de 500 metros, pois o teste não é com precisão. mas em media 12 a 13 klm.

a produção de gas esta em 500ml por 01:23

no teste anterior o carro ficou cortando por causa do vapor de agua produzido com 38 amp, verifiquei agua no carburador. ou seja se a amp estiver alta, ha sim vapor de agua, e um litro por minuto, se estiver baixa ( como agora) não é percebido vapor de agua, eu lembro do teu video, a amperagen esta entre 16 e 17 amperes e um litro por 02:56 no video.
Oi Francinaldo, vamos ver se entendi:

Os testes 1 e 4 foram iguais na forma de realizar com uma pequena diferença de resultados que até podem ser imprecisões na quilometragem.

Apesar de muito pouca diferença e de difícil medição, pois a variação foi só de 1km ou menos, dos testes 1 ao 3, aconteceu como o previsto:
1)- Carro ligado junto com o HHO, mas descartando o gás. Deveria acusar um quilometragem menor pelo gasto de combustível para mover o alternador que alimenta o gerador de HHO.
2)- Só o carro funcionando deveria ter um quilometragem ligeiramente melhor, por motivo análogo ao anterior.
3)- Carro é HHO juntos deveriam fazer um mudança mais expressiva na quilometragem, mesmo que fosse para menor. No teu caso foi tão leve que não foi conclusivo o efeito.

Já o 4° teste, que foi igual em forma ao 2° teste, deu um resultado igual ao 3° onde tinha o HHO em pleno funcionamento. Isso indica que no fundo, as diferenças mostradas são questionáveis, variações normais entre uma medição e outra.

Quanto ao vídeo do meu gerador, que tinha fugas evidentes de serem vistas pelos padrões de corrosão da placa (+), tem alguns detalhes a mais para comentar:

Eu queria que tu observasse como fica visível o vapor dentro da garrafa. Lembra-se que o HHO é totalmente transparente e incolor. Dá pra ver o vapor saído, claro que HHO sai junto e esse não é visto.

Eu usei uma garrafa de 2L então a produção foi de 0,68 LPM por 17A e 12V.

Se lembra que 1 LPM consome 86A sob 1,23V? Como minha célula tem configuração de neutros igual a tua +NNN-, isso faz com que meus 17A devessem dar uma produção de 0,79 LPM. Uma produção menor que a devida e cheia de vapor indicam que minha configuração não era +NNN-, embora foi assim que montei. Eletricamente, na hora de funcionar ele funcionou como (+NNN-) em paralelo com (+ -), nem dá pra calcular isso direito, só dá pra ver que esta indicado fuga. Uma inspeção visual na placa positiva mostrava forte corrosão só no pólo (+) e em lugar especifico. Confirmada duas vezes a fuga.

Ver perfil do usuário

108 Hidrogenio em Ter 08 Mar 2011, 23:28

opa! voltei com novos testes, para tirarmos duvidas, realizei algumas alterações que foram desde a remoção do reservatorio de eletrolise, adição de borracha vedando as beiradas das placas para evitar fulga, e coloquei mais duas placas uma de cada lado, isolamento da parte superior do polo positivo. Os resultados foram os seguintes: a config ficou: -NNNN+NNNN- os calculos foram: 86/5=17.2 LPM utilizei 24A para produzir 1 lt por 01:30, (obs: não me pergunte porque).

1°TESTE (sem as placas adicionais)
3674513 o carro rodou 12 com o gerador ligado em 32 a 33A 3674525
3674525 voltei sem o gerador ligado o carro rodou 12 klm 3674537

2°TESTE ( Com as placas Adicionais)
3674537 o carro rodou 13 com o gerador ligado a 24A 3674550
3674550 voltei sem o gerdor ligado o carro rodou 13 klm 3674563

Obs:no segundo teste, eu fiz as alterações citadas acima, a produção ficou em 1 litro por 01:30 em 24A, embora tenha realizado os teste com essa configuração, este resultado me faz acreditar que para funcionar em um carro 1.0 deverá ser utilizado no minimo 2 lpm, para suprir a demanda com uma amperagem baixa. não sei se estou certo, também na nova configuração em 24 amperes, e 1 lt por 01:30 não deu pra perceber o vapor de agua presente no primeiro teste, quase imperceptivo, mas ao observa de perto dava pra ver o vapor que era muito pouco, a celula esquentou e ficou na casa dos 40 a 50C°. ja esteve mais quente. Estou partindo para uma dry cell, vou começar com 9 placas na seguinte config: -nnn+nnn- seguindo a mesma da imersa. (a celula imersa não foi aprovada!)

Ver perfil do usuário

109 Re: Eficácia comprovada ! em Qua 09 Mar 2011, 03:11

Francinaldo, antes de por no carro, faz um teste com sua Dry Cell.

Você escolheu a configuração –NNN+NNN–. Como é fácil mudar essa configuração para +NNNNNNN–, pois é só não ligar a placa central e usar um dos fios (–)negativos como (+), use essa configuração extremamente cheia de neutros e me diz se tu viu muito vapor e os LPMs + corrente elétrica. Teste de bancada, só na bateria.

Com 12V (só na bateria) e 7 neutros, vão ter 8 cavidades para os elétrons passarem e cada cavidade terá 1,5V entre suas placas, pode medir só como comprovação, tudo que se comprova numa hora destas é bem vindo. Como 1,49V é a voltagem termo-neutra na eletrólise para uma ampla faixa de temperaturas do eletrólito, nessa configuração a célula não deve esquentar nem esfriar, gerando vapor só pela ação das bolhas. A eficiência estará no máximo. Não dá para perder a oportunidade de testar essa configuração.

Deveria fazer 1 LPM por apenas 11A. Talvez produza pouco em 1 minuto, mas deverá acompanhar uma baixa corrente. Talves não seja a configuração que melhor lhe atenda, mais quando tu ver, e tu já viu, como a adição de neutros até certo limite melhora a eficiência da célula, se tu tiver como conseguir mais placas, tu vai passar a trabalhar com muitos neutros e chegar ao seu desejo de 2LPM, mas usando perto de 20A.

Claro que esse teste não precisa ser antes de nada, faça de acordo com sua conveniência. Só como parâmetro entre poucos e muitos neutros e sobre uma eletrólise no limite da eficiência.

Ver perfil do usuário

110 francinaldo em Dom 13 Mar 2011, 02:48

ET-e-HHO-existe escreveu:Francinaldo, antes de por no carro, faz um teste com sua Dry Cell.

Você escolheu a configuração –NNN+NNN–. Como é fácil mudar essa configuração para +NNNNNNN–, pois é só não ligar a placa central e usar um dos fios (–)negativos como (+), use essa configuração extremamente cheia de neutros e me diz se tu viu muito vapor e os LPMs + corrente elétrica. Teste de bancada, só na bateria.

Com 12V (só na bateria) e 7 neutros, vão ter 8 cavidades para os elétrons passarem e cada cavidade terá 1,5V entre suas placas, pode medir só como comprovação, tudo que se comprova numa hora destas é bem vindo. Como 1,49V é a voltagem termo-neutra na eletrólise para uma ampla faixa de temperaturas do eletrólito, nessa configuração a célula não deve esquentar nem esfriar, gerando vapor só pela ação das bolhas. A eficiência estará no máximo. Não dá para perder a oportunidade de testar essa configuração.

Deveria fazer 1 LPM por apenas 11A. Talvez produza pouco em 1 minuto, mas deverá acompanhar uma baixa corrente. Talves não seja a configuração que melhor lhe atenda, mais quando tu ver, e tu já viu, como a adição de neutros até certo limite melhora a eficiência da célula, se tu tiver como conseguir mais placas, tu vai passar a trabalhar com muitos neutros e chegar ao seu desejo de 2LPM, mas usando perto de 20A.

Claro que esse teste não precisa ser antes de nada, faça de acordo com sua conveniência. Só como parâmetro entre poucos e muitos neutros e sobre uma eletrólise no limite da eficiência.

Oi voltei e ja estou com a Dry Cell pronta, neste domingo pretendo fazer os testes e postar aki, segue a config da celula, placas de 14x14cm 0,7mm, ficou: -NNNN+NNNN- pois a configuração que funcionou bem foi essa, a config: -NNNNNNNN+ não surtil efeito, peço detalhes e dicas! ainda não sei a amperangem só amanhã.

Ver perfil do usuário

111 Re: Eficácia comprovada ! em Dom 13 Mar 2011, 04:57

Francinaldo Nunes Pereira escreveu:Oi voltei e ja estou com a Dry Cell pronta, neste domingo pretendo fazer os testes e postar aki, segue a config da celula, placas de 14x14cm 0,7mm, ficou: -NNNN+NNNN- pois a configuração que funcionou bem foi essa, a config: -NNNNNNNN+ não surtil efeito, peço detalhes e dicas! ainda não sei a amperangem só amanhã.

Francinaldo, a configuração ( + N N N N N N N - ) não era para tu usar no carro e sim para testar uma célula em eficiência máxima. Anotar os resultados de LPM e amperagem e usar como referência do melhor que se pode atingir em termos de eficiência. Se isso foi demais e não fez bolhas, tira um neutro e repete. Isso esta no limite do não funciona e eficiência máxima.

Se chegou a fazer bolhas, gostaria de saber a produção e a corrente, justamente para provar essa teoria. Afinal, poucas alterações seriam necessárias para isso. Isso também te daria um limite de viabilidade, melhor só adicionando calor.

Mas fica a pergunta mais importante: Como foi a eletrólise com apenas 1,5V entre placas, ou com a dita configuração acima? Ou tu olhou, não fez muitas bolhas e tu nem mediu nada?

O que vem a ser "não surtil efeito"?

Ver perfil do usuário

112 francinaldo em Seg 14 Mar 2011, 00:07

ET-e-HHO-existe escreveu:
Francinaldo Nunes Pereira escreveu:Oi voltei e ja estou com a Dry Cell pronta, neste domingo pretendo fazer os testes e postar aki, segue a config da celula, placas de 14x14cm 0,7mm, ficou: -NNNN+NNNN- pois a configuração que funcionou bem foi essa, a config: -NNNNNNNN+ não surtil efeito, peço detalhes e dicas! ainda não sei a amperangem só amanhã.

Francinaldo, a configuração ( + N N N N N N N - ) não era para tu usar no carro e sim para testar uma célula em eficiência máxima. Anotar os resultados de LPM e amperagem e usar como referência do melhor que se pode atingir em termos de eficiência. Se isso foi demais e não fez bolhas, tira um neutro e repete. Isso esta no limite do não funciona e eficiência máxima.

Se chegou a fazer bolhas, gostaria de saber a produção e a corrente, justamente para provar essa teoria. Afinal, poucas alterações seriam necessárias para isso. Isso também te daria um limite de viabilidade, melhor só adicionando calor.

Mas fica a pergunta mais importante: Como foi a eletrólise com apenas 1,5V entre placas, ou com a dita configuração acima? Ou tu olhou, não fez muitas bolhas e tu nem mediu nada?

O que vem a ser "não surtil efeito"?

Sim ainda não coloquei no carro, o teste que fiz foi de bancada, coloquei 1.5v como combinado e não aconteceu nada, nem o amperimetro marcou, será que foi pouco soda caustica? mas não que depois eu testei com a mesma solução e deu uma produção melhor, afinal vou retomar os testes nesta segunda, de ante mão, a eletrolise com essa config não houve boulhas nenhuma, e também não medi nada por que não vi resultado, mas nesta segunda eu te retorno.

Ver perfil do usuário

113 francinaldo_n em Seg 14 Mar 2011, 15:25

Segue o link das fotos:

http://www.flickr.com/photos/francinaldo_n/5526144346/

Ver perfil do usuário

114 Re: Eficácia comprovada ! em Seg 14 Mar 2011, 16:42

Francinaldo Nunes Pereira escreveu:Segue o link das fotos:

http://www.flickr.com/photos/francinaldo_n/5526144346/

Pra mim esta ótima.

Coloca essas fotos lá no outro site e depois, também, coloca as medições que tu deve estar fazendo.

Ver perfil do usuário

SidneyReis


Rank : 0
Rank : 0
Primeiramente meus parabéns pelos ótimos registros e persistência na pesquisa.
Estou acompanhando o tópico anonimamente desde o início, e muito empolgando com o desfeche dos experimentos.

Meus parabéns a todos e principalmente a vcs 2.
Iniciei alguns testes (bem mais simples) este fim de semana, mas ainda tomei nota (tomarei nas próximas observações).

Francinaldo, gostei de seus registros quanto as medidas e disposições dos instrumentos, quando respondeu ao “ET” (gostaria de saber por qual nome lhe chamar) falando: “o teste que fiz foi de bancada, coloquei 1.5v como combinado e não aconteceu nada”, eu fiquei na dúvida, não aconteceu nada em quanto tempo? Então gostaria de propor que além da litragem de gás produzido por minuto, tbm fossem mensurados (quando testado na bancada), qual a produção média por frações de tempo, por exemplo: Para um experimento de 1 hora, divida esta hora em 6 (ou 12 se tiver um ajudante para auxiliar) e observe (tomando notas) a produção em cada fração do tempo. (Depois se houver necessidade, justificamos o fracionamento do tempo e a observação sistemática).

Francinaldo e “ET”, quando faz-se a pergunta “será que foi pouco soda caustica?”, digo que seria muito bom que toda vez que for fazer a solução, antes devemos tomar nota de quantas gramas de Soda Cáustica usamos em qual volume de água, e finalizar mostrando qual o resultado dentro de qual espaço de tempo.

Ver perfil do usuário

116 Minhas dúvidas: em Seg 14 Mar 2011, 17:35

SidneyReis


Rank : 0
Rank : 0
Não sei se estou certo, mas percebi que além do processo de termodinâmica que ocorre na eletrólise (eu acho que ocorre, não tenho certeza, desculpem se for abobrinha da minha cabeça), têm acontecido (Acidentalmente ou não???), uma continuação deste processo termodinâmico que junto a produção do vapor, tbm tem feito a solução se movimentar (de recipiente para reator voltando para o borbulhador que pode ser o próprio recipiente), este processo realmente é necessário? e se sim, qual o método mais eficaz para realizá-lo?

No mais, pergunto se há utilidade em começarmos a tomar notas tbm das meditas e materiais dos tubos entre reator e borbulhador e além do LPM, talvez fazer relatos (se não der par medir) da quantidade de vapor produzido em relação a quantidade de gás (será que quando se produz mais vapor, tbm se produz mais gás? Ou a quantidade de gás é independente da produção do vapor?)Se houver relação entre vapor e a produção de gás (hidrogênio), então talvez possa ser justificável a utilização de menos placas utilizando uma maior voltagem assim diminuindo o tempo de ebulição... (ou não?)

Ver perfil do usuário

117 francinaldo em Seg 14 Mar 2011, 18:27

ET-e-HHO-existe escreveu:
Francinaldo Nunes Pereira escreveu:Segue o link das fotos:

http://www.flickr.com/photos/francinaldo_n/5526144346/

Pra mim esta ótima.

Coloca essas fotos lá no outro site e depois, também, coloca as medições que tu deve estar fazendo.


Comprei hoje um watercooler: ver ai vou começar com ele se não der certo eu compro o filtro.

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-175070850-radiador-para-watercooler-15cm-x-15-cm-pronto-para-uso-_JM


O cara do filtro quer que eu seja seu representante aki na região!!! kkkk
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-171766816-filtro-hho-hidrognio-eletrolize-economize-com-seguranca--_JM

Ver perfil do usuário

118 Re: Eficácia comprovada ! em Seg 14 Mar 2011, 18:49

Sidney, sua proposta de uma analise mais detalhada e quantitativa é excelente. Temos de parar de fazer no achometro e na orelhada. O HHO é, digamos assim, uma subdivisão da “combustão auxiliada a hidrogênio” e deve ser re-estudado novamente e não repetir as explicações que tiramos de trabalhos sérios feitos por centros de pesquisa sobre adição de gás hidrogênio no combustível, pois foram trabalhos que utilizaram mistura e quantidade bem diferente do que se faz com o HHO.

Eu gostaria de ver vários casos como o do Francinaldo por aqui, uma coisa passo a passo, para que quem acompanhe veja as dificuldades e resultados disso, do HHO. No fim, com muitos casos sendo acompanhados, veríamos casos com bons resultados e outros que não dará em nada. Isso trará às pessoas a realidade do HHO, acabando com as fantasias e ceticismos que existem em trono disso, e em especial mostraria que o lindo mundo verde pregado pelos vendedores tem lá seus problemas.

Eu diria mais um argumento para justificar medidas e experiências para aumentar o conhecimento: “A diferença entre um veneno e um remédio é a dosagem”. Então temos que começar a medir e entender, para buscarmos o funcionamento e não uma maquina de fazer bolhas cara.

Existe muito mais gente querendo “arranjar um troco” com isso, do que gente que realmente viu e sabe como isso funciona. Vendedor bom sabe que pode não funcionar e devolve o dinheiro sem criar problemas. Vendedor que se garante na propaganda previa existente na internet e diz que vai dar orientação até funcionar, mas que nunca vai devolver seu dinheiro, corra deles.

Ver perfil do usuário

119 Re: Eficácia comprovada ! em Seg 14 Mar 2011, 18:57

Francinaldo Nunes Pereira escreveu:
Comprei hoje um watercooler: ver ai vou começar com ele se não der certo eu compro o filtro.

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-175070850-radiador-para-watercooler-15cm-x-15-cm-pronto-para-uso-_JM


O cara do filtro quer que eu seja seu representante aki na região!!! kkkk
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-171766816-filtro-hho-hidrognio-eletrolize-economize-com-seguranca--_JM

Pois é Francinaldo, HHO virou uma maquina de fazer dinheiro e sem garantias.

Quem garante que esse filtro retira umidade? Agora o water-cooler, que o vendedor nem sabe que será usado para retirar vapor do HHO, eu confio mais.

Só tem um problema, a medida que o vapor for entrando em etado liquido, vai inundar a serpentina por dentro. Faça a saída disso passar por um borbulhador, porque o HHO vai empurrar esse liquido e ele ficará no borbulhador.



Última edição por ET-e-HHO-existe em Seg 14 Mar 2011, 19:01, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

120 francinaldo em Seg 14 Mar 2011, 19:01

ET-e-HHO-existe escreveu:
Francinaldo Nunes Pereira escreveu:
Comprei hoje um watercooler: ver ai vou começar com ele se não der certo eu compro o filtro.

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-175070850-radiador-para-watercooler-15cm-x-15-cm-pronto-para-uso-_JM


O cara do filtro quer que eu seja seu representante aki na região!!! kkkk
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-171766816-filtro-hho-hidrognio-eletrolize-economize-com-seguranca--_JM

Pois é Francinaldo, HHO virou uma maquina de fazer dinheiro e sem garantias.

Quem garante que esse filtro retira umidade? Agora o water-cooler, que o vendedor nem sabe que será usado para retirar vapor do HHO, eu confio mais.

é eu to apostand mais no watercooler, + vamos ver, é sedex, então eu prefiro por os resultados quando chegar o watercooler

Ver perfil do usuário

121 Teste simples: em Seg 14 Mar 2011, 22:59

SidneyReis


Rank : 0
Rank : 0
50 Gramas de soda, 150 gramas de alumínio (em pedacinhos que aproximadamente 2cm) 600 ml de água, produção de aproximadamente 1 litro de gás em 8 minutos (Acredito que com vapor pois não tinha borbulhador. Iniciando aos 15 minutos 1 litro de gás em 5 minutos, iniciando aos 30 minutos 1 litro de gás em 1 minuto, comecei a perceber um aumento no nível da solução, a temperatura do frasco descartável está aumentando (infelizmente ainda não comprei um termômetro), após 40 minutos o balão infla em menos de 20 segundos, percebesse que há muito vapor na garrafa.
.
Minhas impressões ainda não testadas:
Percebi que o 3º balão, contendo 1 litro de gás flutuou mais rápido que os outros, não foi medido o tempo pois não havia me atentado para este detalhe.
Após 50 minutos a solução ferveu. Enquanto estava fervendo, os balões encheram instantaneamente (com menos de 20 segundos).

Percebi que no auge do processo de termodinâmica (antes que o litro derretesse), um litro (gás/vapor) era produzido com menos de 95% do tempo necessário a produzir o primeiro 1 litro no início deste processo. (minha curiosidade é quanto a proporção hidrogênioXvapor) - acho que sei uma forma de mensurar a quantidade de vapor antes e depois, mas já vou fazer direto depois que montar uma Dry cell, o que acham? (quero conhecer a proporção HidrogênioXVapor e apartir daí começar a pensar no que é mais prático...)

Ver perfil do usuário

122 "ET e HHO existe", valeu pelo apoio. em Seg 14 Mar 2011, 23:09

SidneyReis


Rank : 0
Rank : 0
Vou comprar os materiais necessários para fazer uma 3 Dry Cell (com medidas diferenciadas) e tbm uns 3 reator destes submersos...

Pretendo postar detalhadamente cada parte dos experimentos, gostaria que me ajudassem a construir uma listagem de instrumentos que devo adquirir tanto para montar a 3 dry cell quanto para mensurar os resultados. (Estou com pouco capital)

Início estou pensando para a célula seca: 9 placas de inox 316 (seria viável experimentar com placas de 10X10cm, 15X15cm e 20X20cm? Ou não afetará diretamente nos resultados?)
Parafusos de inox sextavado 8mm (hoje sai para orçar mas quando coloquei um imã no parafuso, o parafuso puxou o imã rapidamente, será que a liga tinha muito carbono? O cara me garantiu que era inox mas eu fiquei na dúvida)
Pretendo comprar um termômetro (digital) eu tenho um multímetro e não sei se vai me servir...
O que vcs me indicam?


("ET e HHO Existe", acho meio irresponsável a venda ou distribuição de um equipamento sem ter passado pelos devidos crivos de avaliação, então desde já, digo que meus objetivos são puramente didáticos e experimentais...")

Ver perfil do usuário

123 francinaldo em Ter 15 Mar 2011, 00:27

SidneyReis escreveu:(Estou com pouco capital)

Início estou pensando para a célula seca: 9 placas de inox 316 (seria viável experimentar com placas de 10X10cm, 15X15cm e 20X20cm? Ou não afetará diretamente nos resultados?)
Parafusos de inox sextavado 8mm (hoje sai para orçar mas quando coloquei um imã no parafuso, o parafuso puxou o imã rapidamente, será que a liga tinha muito carbono? O cara me garantiu que era inox mas eu fiquei na dúvida)
Pretendo comprar um termômetro (digital) eu tenho um multímetro e não sei se vai me servir...
O que vcs me indicam?



Cara não sei se vai te ajudar mas vou te passar o meu custo de hho que tive para montar minha DRyCell,


9 placas 14x14cm (eu meso que cortei, comprei a chapa de inox e cortei com uma politrix, = 54,00

10 borrachas de vedação para cano PVC de 100mm = 15,00

2 base de acrilico 16x16 cm para fixar as placas = 72,00

uma bstão de ferro rosqueado para montar as presolhas da celula, = 3,80

roscas de ferro 3/8 e 11 mm = 3,00

fios para ligação na bateria, 12mm = 50,00

1 relá 70 amperes = 14,90

3 fusiveis 40 amperes, = 12,00

um reservatorio de plastico, = 23,00

01 amperimetro digital 100A = 126,00

4 metros de mangueira nivel = 6,00

soda cautica = 2,70

4 espigões 1/4 aluminio = 25,20

Total = 407.60

obs; acho que é so, com a celula anterior é só retirar a dry cell e colocar 89,00 da imerssa.

Ver perfil do usuário

124 Re: Eficácia comprovada ! em Ter 15 Mar 2011, 01:56

SidneyReis escreveu:...("ET e HHO Existe", acho meio irresponsável a venda ou distribuição de um equipamento sem ter passado pelos devidos crivos de avaliação, então desde já, digo que meus objetivos são puramente didáticos e experimentais...")

Rapaz, se tu quiser vender e eu souber a receita, eu te dou, sem problemas. Quanto mais gente séria divulgando isso, melhor para todos.

Teve um vendedor aqui, o Mani, que me parecia ter sincera vontade de ajudar. Como ele alegou vasta experiência, eu resolvi fazer umas perguntas que me incomodam para ter uma resposta de um “velho homem do HHO” (velho na experiência relatada, não sei se na idade).

Ele se aborreceu e disse que não apareceria mais aqui porque eu o chamei de vendedor, pior que eu realmente estava querendo a opinião dele e ele realmente havia declarado ser vendedor de HHO lá na África.

Fiz uma matéria sobre os enganos do HHO para acalmar aqueles por demais crédulos e que não percebem que não existe garantia de funcionamento. Se tu leu, entende de que tipo de vendedor eu pego no pé. Gostei de um vendedor que teve a coragem de dizer que não dava garantia porque era algo experimental, para aficionados.

Percebe, a questão não é tu ser vendedor ou não, é a excessiva credulidade que existe patrocinada pela propaganda enganosa desses vendedores que jamais darão garantias da economia prometida. Eu demorei a perceber que a maioria dos fantásticos relatos sobre HHO vem de vendedores.

Eu gostaria de ver as experiências, de início ao fim, de pessoas que estão usando o HHO e ou desenvolvendo. Como o caso do Francinaldo. Isso sim é um relato fidedigno do que é, ou não, o HHO. As pessoas querem relatos fidedignos para confiarem no HHO, não propagandas para algum espertinho ganhar dinheiro.

Ver perfil do usuário

125 Re: Eficácia comprovada ! em Ter 15 Mar 2011, 02:14

SidneyReis escreveu:...Pretendo comprar um termômetro (digital) eu tenho um multímetro e não sei se vai me servir...
O que vcs me indicam

Todo medidor é útil, especialmente quando o dinheiro não tá sobrando (prá quem tá).
Por exemplo, meu amperímetro é um fio grosso e retiro uma amostra da voltagem (mili-volts) de um pedaço calibrado dele. Isso me garante um bom amperímetro capaz de medir amperagens bem altas, acima dos 20A tradicionais, com um multímetro chinfrim.

Ve se dá pra entender a tentativa de desenho abaixo:
=====(+)============(-)======

Ver perfil do usuário

126 Re: Eficácia comprovada ! Hoje à(s) 03:28

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 5 de 15]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10 ... 15  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum