Para quem quer poupar combustivel !


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Tese sobre HHO em cascavel

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 9, 10, 11  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 5 de 11]

101 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 04:53

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
acalister escreveu:
h-roo escreveu:Andre, perdeste uma aposta pra mim...os "gêmeos" siameses não assistiram o vídeo....rsrs

Sera? eu duvido,rsrsrs, pra mim, ele assistiu, e não achou nenhuma graça.

Hugo, tu não achas que ele pegou pesado d+ com o pai da tese? sera que um dia esse vai dar as caras para contestar o ET?

|Se o Milzon não assistiu o vídeo, o ET é certeza que assistiu.

Bem, se pegou pesado, não creio, mas que fechou a porta pro "tesando" dar as caras aqui eu não tenho dúvida. Ele vai preferir defender a tese com os "avalizadores" do que aqui...rsrs

Ver perfil do usuário

102 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 04:56

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="h-roo"][quote="acalister"][quote="h-roo"]Andre, perdeste uma aposta pra mim...os "gêmeos" siameses não assistiram o vídeo....rsrs[/quote]

Sera? eu duvido,rsrsrs, pra mim, ele assistiu, e não achou nenhuma graça.

Hugo, tu não achas que ele pegou pesado d+ com o pai da tese? sera que um dia esse vai dar as caras para contestar o ET?

|Se o Milzon não assistiu o vídeo, o ET é certeza que assistiu.[/quote]

Bem, se pegou pesado, não creio, mas que fechou a porta pro "tesando" dar as caras aqui eu não tenho dúvida. Ele vai preferir defender a tese com os "avalizadores" do que aqui...rsrs[/quote]

Et, tem esse outro vídeo aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=e-aDYAezrps&playnext=1&list=PL0BD6D34D10F2ABA1&feature=results_video

Ver perfil do usuário

103 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 06:43

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
acalister escreveu:
h-roo escreveu:
acalister escreveu:
h-roo escreveu:Andre, perdeste uma aposta pra mim...os "gêmeos" siameses não assistiram o vídeo....rsrs

Sera? eu duvido,rsrsrs, pra mim, ele assistiu, e não achou nenhuma graça.

Hugo, tu não achas que ele pegou pesado d+ com o pai da tese? sera que um dia esse vai dar as caras para contestar o ET?

|Se o Milzon não assistiu o vídeo, o ET é certeza que assistiu.

Bem, se pegou pesado, não creio, mas que fechou a porta pro "tesando" dar as caras aqui eu não tenho dúvida. Ele vai preferir defender a tese com os "avalizadores" do que aqui...rsrs

Et, tem esse outro vídeo aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=e-aDYAezrps&playnext=1&list=PL0BD6D34D10F2ABA1&feature=results_video

Muito bom o vídeo Andre, acabei de assistir. Se eu fosse dar um roteiro para abertura do conhecimento de tudo que envolve
a física quântica, a consciencia côsmica e a espiritualidade, seria, em sequência a esse vídeo, a palestra do Dr. Laércio, que postei e especifíca um pouco mais a questão da consciência como 5º elemento do átomo, a seguir as Cartas de Cristo, que por sua vez aprofundam a concepção divina/científica/consciência/ de Deus, citada pelo indiano. Depois um estudo do Salto Quântico da cientista Carmen Viana (tem um site dela)e em sequência um estudo sobre Apometria, método quântico curativo aplicado pelos médicos do Hospital Espírita de Porto Alegre.

Ver perfil do usuário

104 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 07:39

Que consumo é esse? (Pag. 45, “Avaliação do Consumo Específico de Combustível”, 2° paragrafo), foi dito:

“Observou-se que a diferença entre o consumo de combustível, quando o moto-gerador foi alimentado com gasolina e gás HHO, tornou-se mais significativa quando a carga elétrica simulada foi maior. Para a carga de 800W o consumo específico de combustível apresentou um consumo 16,6 % menor quando alimentado com gasolina e gás HHO, com valores de consumo específico de 8,6 g/kWh e 7,2 g/kWh para o moto-gerador alimentado, respectivamente, com gasolina e com gasolina e gás HHO, conforme pode ser observado na Figura 24.”

Olhem o que diz a especificação do motor: Especificação do motor pelo fabricante

Foi dito que a 800W o consumo especifico de combustível sem HHO foi de 8,6 g/kWh, já na documentação do gerador diz que é 450 g/kWh. Mesmo levando em conta que o motor não vai apresentar o mesmo consumo especifico para todas as cargas, 800W é bem perto da potência máxima desse gerador e a diferença entre 8,6 para 450 é muito grande.

Segundo link indicado antes, a gasolina tem 742g/litro e 47.01kJ por grama de combustível. (http://www.investidorpetrobras.com.br/pt/servicos/formulas-de-conversao/detalhe-formulas-de-conversao/densidade-e-poderes-calorificos-superiores.htm) Já converti de KCal em kJ.

Agora pega 8,6g de gasolina e vê quantos kJ gera: São apenas 404,3kJ, isso para gerar 1kW por uma hora. Lembrando que 1 J/s = 1W e que 1 kWh = 1kW durante 1 hora = 3600 segundos x 1000 J/s = 3,6MJ. Isso é quase 9 vezes mais energia elétrica gerada do que foi consumida em gasolina, isso sem considerar todas as perdas de conversão energéticas que sempre existem.

Como foi calculado esses 8,6 g/kWh?

Juntemos a essas informações outras informações sobre esse gerador vindos da própria tese na pag.33:

Agora peguemos os 450 g/kWh vindos da especificação do fabricante, com a informação de potência máxima de 2,4HP do motor a combustão, mais a informação de que o gerador entrega potência elétrica máxima de 1,2 KVA, façamos algumas contas:

2,4HP = 1,79kW de potência gerado pelo motor para movimentar o gerador elétrico, que entregará 1,2kW. Isso diz que o gerador elétrico tem uma eficiencia de 67%, acho plausivel isso. Isso também poderia ser 1,49kW de potência gerado pelo motor para movimentar o gerador elétrico e faze-lo gerar 1kW.

O conjunto motor/gerador gasta 450g de gasolina para em 1 hora manter funcionando um aparelho de 1kW elétricos. Como cada grama de gasolina entrega 47,01kJ de energia, então 450g vai entregar 21,15MJ.

Pega 21,15MJ e divide por 3600 segundos (1 hora) e teremos 5,88kJ/s ou 5,88 kWh, por 1 hora.

Resumindo: 450g de gasolina se queimou durante 1 hora gerando 5,88 kJ/s de calor, que foi convertido apenas 26% (1,5kW) em potência para o gerador, que converteu apenas 67% (1kW) dessa energia em energia elétrica. Está ai a conversão de 450g/kWh explicada, numa conta com perdas bem dentro do que imaginavamos acontecer. Como explicar apenas 8,6g/kWh?

Alguém faz ideia como ele mediu e pesou a gasolina, mediu a amperagem e voltagem, mediu tanta coisa e chegou a um valor tão longe da realidade e da especificação do próprio fabricante?

Ver perfil do usuário

105 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 08:46

marcelo.eletrotecnico escreveu:...NA segunda pesquisa não é mostrado o volume de HHO injetado, o que nos leva a imaginar que foi utilizado um volume de 0,66LPM para se obter uma redução de consumo de 16,6% em um motor de 1HP (800W aproximadamente). ...

Provavelmente o Marcelo se refere a (Pag. 19, “Avaliação do Desempenho do reator eletrolítico”, 2° paragrafo), que foi dito:

“Na Figura 7 é apresentado o resultado do experimento com o eletrólito de NaOH (hidróxido de sódio), no eixo vertical estão os dados do volume de produção de gás HHO e no eixo horizontal está o consumo de energia gasta em Wh (Watt Hora). A produção menor de gás HHO foi de 374,22cm³ com um gasto de energia de 10,44Wh e a produção maior foi de 669,06cm³ de gás HHO, com um gasto de 13,99Wh para o eletrólito de NaOH. No eletrólito de KOH, o consumo menor foi de 15,30Wh e produção de gás HHO 544,32cm³, o consumo maior foi de 18,08Wh, produzindo 657,72cm³ de gás HHO. O intervalo de análise de produção do referido gás HHO foi de 3 em 3 minutos, ou seja, um intervalo de tempo de aproximadamente 8 horas entre início e fim do experimento com um total de 150 repetições.”

Meu problema é que 13,99Wh significa que o gerador de HHO consumiu o equivalente a um aparelho de 14W ligado por 1 hora e com essa energia ele produziu apenas 670ml de HHO. Isso sem mencionar qual foi o tempo gasto para essa produção de 670ml de HHO.

Não fica claro a produção em intervalo de tempo, muito menos se foi essa produção que ele usou para injetar na próxima experiência dele com o motor/gerador, como também não dá a menor ideia se ele usou os 127V do próprio gerador ou se pegou da instalação elétrica do laboratório. Fica tudo na intuição de cada um.

Por isso o Marcelo intuiu que 670ml seria no intervalo normalmente usado de 1 minuto, mas e se foi em 1 hora? Sim, porque ele mediu o consumo de energia em Wh.

Se ele gastou 13,99Wh para gerar 670ml de HHO, não sei em que intervalo, poderia ser assim:

Em 1 hora seriam consumidos 14W (por segundo) para gerar 670ml, que equivalem a 0,0112LPM, sendo a voltagem de 24V a corrente seria de 583mA. Em 1 minuto seriam consumidos 839W (por segundo) para gerar 0,67LPM, sendo a voltagem de 24V a corrente seria de 35A. Aqui já fica bem evidente alguma coisa errada.

A célula que ele descreveu tinha uma configuração assim: +NNNNNNNNNN– e usava 24V. Nessa configuração 670ml seriam gerados com 2,1Wh, que se fosse no intervalo de 1 minuto seriam 5,25A e se fosse num intervalo de 1hora seriam 87,5mA. Bem mais normais esses números, não acham?

Quem entendeu melhor qual foi a produção dele em LPM e o consumo em amperes, seria grato se esclarecesse.



Última edição por ET-e-HHO-existe em Dom 23 Set 2012, 15:39, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

106 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 09:11

Finalizando minha analise do documento, eu posso dizer que de positivo tem muitas informações interessantes, mas a informação do que realmente aconteceu está confusa e imprecisa.

Algumas confusões de entendimento feitas pelo autor eu até identifiquei, como ele chamar monóxido de carbono de dióxido de carbono, mas outras eu não peguei o que estava na mente dele, como a quantidade de energia gasta para gerar o HHO.

Informações viciadas, provavelmente vindas da internet sobre HHO, com origens bem duvidosas, ficaram visíveis quando ele diz que o gás hidrogênio pode existir como um gás nobre (nesse caso não é a nobreza que o hidrogênio alcançou na internet, mas o fato que um gás nobre é composto de moléculas monoatômicas).

Não é dito quanto HHO ele usou no motor/gerador e nem de onde vem a energia que alimenta o gerador de HHO.

Muito interessante a redução de emissões e o esfriamento dos gases de exaustão, isso foi muito significativo. A diminuição de temperatura é interessante porque isso indica que poder calorífico deixou de ser jogado fora pela descarga e possivelmente virou energia rotacional para o gerador.

Alguma outra modificação no motor foi feita além das listadas?

Eu fiquei com aquela impressão de quando vemos um doce bonito na confeitaria e compramos, já com a boca cheia d’água, mas quando provamos o belo doce nem conseguimos comer até o fim. Nesse caso eu até comi o doce até o fim, mas o sabor foi muito aquém das expectativas. Não respondeu perguntas, não orientou como fazer, nem deu para responder de verdade a pergunta se HHO funciona para o que se propõe.


----- F I M -----

Ver perfil do usuário

107 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 15:39

ET-e-HHO-existe escreveu:

Não é dito quanto HHO ele usou no motor/gerador e nem de onde vem a energia que alimenta o gerador de HHO.

----- F I M -----

Pela análise da primeira parte do documento, foi utilizada uma fonte de 24V x 50A alimentada pela rede elétrica:

"3.1.8 Fonte utilizada para fornecimento de energia:
Foi utilizada uma fonte de energia com entrada de rede convencional de 127/220 volts com tensão de saída de 24 volts contínuo com capacidade de alimentação de 50 amperes de saída."

gerando uma quantidade de 0,67L/min usando uma corrente de 600mA (0,6A) (informação tirada dos gráficos). A mistura ficou rica durante os testes, o que mostra que o resultado poderia ter sido bem maior que os 16% de redução no consumo, trocando-se o giclê do carburador. O consumo de gasolina foi de 8g (11,4mL) de gasolina durante 1 hora alimentando 1KW (8g/KWH). Considerando que um veículo rodando 1 hora gasta em média 6 litros de gasolina em perímetro urbano, ou seja, 6000ml, numa análise grosseira poderíamos concluir que a potência do motor do veículo é cerca de 526 x maior que a potência do gerador, ou seja 526KW ou seja, 705HP, mas esta é a potência de uma Ferrari e não de um motor de um carro 1.6, o que dá a entender que o consumo de gasolina não foi medido no intervalo correto para corresponder a 1 hora de utilização, a menos que o motor estivesse desperdiçando 90% da gasolina consumida, o que é improvável pois o motor afogado não funciona, ou seja, o autor não sabe que 1KWH signica o consumo de 1000W durante 1 hora. Em resumo, de fato o trabalho é precário e cheio de falhas. Se o cara passou, o professor deve ser mais bolha ainda.

É possível que ele tenha colocado Kwh no lugar de Wh, que é uma unidade 1000x maior. Então, o consumo real seria de 11,4 litros em uma hora (8000g). Desta forma também a conta não fecha, pois e o dobro de consumo de um motor de 70CV em uma hora.

Ver perfil do usuário

108 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 16:28

É isso que eu notei, temos de entender o que ele quer dizer com kWh, o que seria um dióxido de carbono na visão dele, adivinhar os intervalos de tempo que ele realmente usou e por ai vai.

Se traduzirmos o que ele escreveu para a linguagem técnica real, talvez começe a fazer sentido. É como os arqueólogos que encontraram as primeiras escritas primitivas, tinham que decifrar os hieróglifos. Eu já consegui decifrar um deles: Monóxido de carbono = dióxido de carbono.

Poderia ser mais útil, mas do geito que está só depois de decifrado os hieróglifos, mas a coisa dos gases mais frios na exaustão é um ponto importante.

Tu acha que ele usou a energia do próprio gerador elétrico para fazer a eletrólise, ou usou energia elétrica a parte?

Ver perfil do usuário

109 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 16:35

marcelo.eletrotecnico escreveu:...Em resumo, de fato o trabalho é precário e cheio de falhas. Se o cara passou, o professor deve ser mais bolha ainda. ...

Isso não dá uma certa apreenção dos formandos que existem por ai, como médicos para cortar sua barriga, engenheiros para construir prédios que tu vai morar ou trabalhar, além do próprio conhecimento que está sendo corrompido.

Outro dia vi as imagens dos astronautas descendo da estação orbital numa velha e ultrapassada capsula com paraquedas, antigamente desciam numa espaçonave e pousavam suave e confortavelmente como um avião. Cadê o progresso? Estamos perdendo tecnologia e conhecimento.

Em breve não existirá vivo um ser humano que foi a lua, se é que ainda tem, depois quando a estação orbital envelhecer não teremos mais motivos de mandar o homem ao espaço e chegaremos ao tempo em que não existirá vivo um ser humano que subiu ao espaço. Será que em alguns séculos voltaremos a época das cavernas?

Ver perfil do usuário

110 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 17:17

ET-e-HHO-existe escreveu:É isso que eu notei, temos de entender o que ele quer dizer com kWh, o que seria um dióxido de carbono na visão dele, adivinhar os intervalos de tempo que ele realmente usou e por ai vai.

Se traduzirmos o que ele escreveu para a linguagem técnica real, talvez começe a fazer sentido. É como os arqueólogos que encontraram as primeiras escritas primitivas, tinham que decifrar os hieróglifos. Eu já consegui decifrar um deles: Monóxido de carbono = dióxido de carbono.

Poderia ser mais útil, mas do geito que está só depois de decifrado os hieróglifos, mas a coisa dos gases mais frios na exaustão é um ponto importante.

Tu acha que ele usou a energia do próprio gerador elétrico para fazer a eletrólise, ou usou energia elétrica a parte?

Na verdade não dá para ter certeza. Para que o experimento tivesse valor científico ele teria que fazer os dois testes. Como ele menciona como potencia consumida somente a potencia das lâmpadas, nos leva a crer que o gerador estava ligado na tomada na parede, mas se tivesse alimentado pelo gerador o resultado seria na prática o mesmo, pois a fonte consumia 14W enquanto as lãmpadas consumiam 800w, ou seja, o consumo da fonte representaria somente 1,7% do total de carga do gerador.

Ver perfil do usuário

111 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 17:21

É isso ai, se ele usou mesmo 14W, então não faria diferença. Não tinha notado em meio a tantas contas e tentativas de decifrar os hieróglifos.

Estou tentando achar as indicações dele no "International Journal of Hydrogen Energy", parece ser uma publicação séria.

Quem quiser pagar $31 pode pegar os originais de AL-Rousan:
http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0360319910017830

Existe no link uma amostra do que tu vai comprar e algumas informações já dá para tirar de lá.

André, compra o livro ai! Será que vale a pena ou estou indicando outro trabalho duvidoso e ainda por cima pago?

Ver perfil do usuário

112 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 19:36

Estou quase decifrando os hieróglifos, já descobri que ele confunde monóxido de carbono com dióxido de carbono, que ele acredita em coelho da páscoa (gás hidrogênio monoatômico) e que ele confunde kWh com kw deixando certas medidas dele sem referência correta de tempo.

Quando ele diz que teve um consumo especifico de 8,6g/kWh, ele deve ter medido um consumo de 11,6ml de gasolina consumida em 1 minuto e consumindo 800W nas lâmpadas nesse intervalo. Isso é uma medida mais real, que eu corrigira para 645g/kWh, bem mais perto da especificação do fabricante que era de 450g/kWh.

Agora, quando ele diz que gastou 13,99kWh para gerar 669,06ml de HHO, ele também deixou o intervalo de tempo de fora, mas falou que fazia medições de 3 em 3 minutos. Eu poderia considerar, dada a confusão dele entre kW e kWh, que ele deve ter consumido 14W na eletrólise dele e ele media 670ml de HHO de 3 em 3 minutos. Essa é a melhor aproximação que eu pude ver nisso. O problema é que o gerador dele foi feito de 12 placas sob uma tensão de 24V, isso dá (24V x 583mA = 14W). Com uma corrente de 583mA, numa configuração +NNNNNNNNNN–, a produção de HHO seco é de apenas 0,0746 LPM, que x3 minutos daria no máximo 0,224LPM, umas 3x menos que o especificado.

Podemos notar que ele fez uma célula imersa e que essas, sem os devidos cuidados, apresentam fuga de corrente esquentando mais o eletrólito, aumentando mais o vapor, aumentando mais a produção, mas também aumentando o consumo de corrente. (Nota: Será por isso que ele achou o NaOH melhor que o KOH?) Ainda temos que lembrar que nas medições do gerador eletrolítico ele as fez em pressão ambiente, já no motor ele deu entrada do gás HHO no motor em pleno vácuo. Sabemos que isso muda a evaporação do eletrólito e diminui a corrente do gerador de HHO. Se as medidas de geração de HHO fosse feita nessa fase eu até entenderia os 670ml de HHO em 3 minutos.

André, tu que já fez geradores eletrolíticos até com mijo e cinzas, pode dar uma luz aqui?

Lembremos que a experiência feita foi em cima de um motor de baixa cilindrada, baixa potência, um cilindro, carburado, de várias formas diferente do motor de um carro. Então os resultados encontrados nessa experiência, mesmo que decifrados, não terão relação direta se for feita no motor de um carro moderno.

Ver perfil do usuário

113 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 19:40

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="ET-e-HHO-existe"]É isso ai, se ele usou mesmo 14W, então não faria diferença. Não tinha notado em meio a tantas contas e tentativas de decifrar os hieróglifos.

Estou tentando achar as indicações dele no "International Journal of Hydrogen Energy", parece ser uma publicação séria.

Quem quiser pagar $31 pode pegar os originais de AL-Rousan:
[url=http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0360319910017830]http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0360319910017830[/url]

Existe no link uma amostra do que tu vai comprar e algumas informações já dá para tirar de lá.

André, compra o livro ai! Será que vale a pena ou estou indicando outro trabalho duvidoso e ainda por cima pago?
[/quote]

Esta publicação (AL-Rousan) não é séria! Qualquer trabalho que venha a tratar o HHO como Hidrogênio é furado, mas se tu ainda continua acreditando nessa possibilidade, vai lá e compra, eu tô fora.
Ta vendo só, tu achou a fonte da onde ele tirou essa tese, kkkkkkkkkkkkkk

E tem mais, aqui uma outra prova da máfia do HHO nos USA, usando o mesmo trabalho,como prova de que o HHO funciona.
http://www.eagle-research.com/erpdf/fs/HyZor/HyZorProofs/HyZorProofs(Abrv).pdf
Não existe nenhuma prova científica ou testes com a utilização do HHO, o que existe de sério é somente com Hidrogênio puro.
Nem mesmo o carro Scorpion precisou de encontrar provas ou trabalhos científicos para serem produzidos, até hoje ele é construído utilizando um kit HHO, ao preço de 250 mil dolares, o carro não emplaca, o dono esta prestes a falir, somente 4 unidades foram comercializadas, em um vídeo recente, ele afirma que vai vender e comercializar o kit utilizado no Scorpion, Esse Ron já era!
Vale lembra que o kit utilizado no Scorpion é o mesmo kit comercializado por muitos vendedores em todo o planeta, ta ferrado esse cara!



Última edição por acalister em Dom 23 Set 2012, 20:05, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

114 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 20:03

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="ET-e-HHO-existe"]Estou quase decifrando os hieróglifos, já descobri que ele confunde monóxido de carbono com dióxido de carbono, que ele acredita em coelho da páscoa (gás hidrogênio monoatômico) e que ele confunde kWh com kw deixando certas medidas dele sem referência correta de tempo.

Quando ele diz que teve um consumo especifico de 8,6g/kWh, ele deve ter medido um consumo de 11,6ml de gasolina consumida em 1 minuto e consumindo 800W nas lâmpadas nesse intervalo. Isso é uma medida mais real, que eu corrigira para 645g/kWh, bem mais perto da especificação do fabricante que era de 450g/kWh.

Agora, quando ele diz que gastou 13,99kWh para gerar 669,06ml de HHO, ele também deixou o intervalo de tempo de fora, mas falou que fazia medições de 3 em 3 minutos. Eu poderia considerar, dada a confusão dele entre kW e kWh, que ele deve ter consumido 14W na eletrólise dele e ele media 670ml de HHO de 3 em 3 minutos. Essa é a melhor aproximação que eu pude ver nisso. O problema é que o gerador dele foi feito de 12 placas sob uma tensão de 24V, isso dá (24V x 583mA = 14W). Com uma corrente de 583mA, numa configuração +NNNNNNNNNN–, a produção de HHO seco é de apenas 0,0746 LPM, que x3 minutos daria no máximo 0,224LPM, umas 3x menos que o especificado.

Podemos notar que ele fez uma célula imersa e que essas, sem os devidos cuidados, apresentam fuga de corrente esquentando mais o eletrólito, aumentando mais o vapor, aumentando mais a produção, mas também aumentando o consumo de corrente. (Nota: Será por isso que ele achou o NaOH melhor que o KOH?) Ainda temos que lembrar que nas medições do gerador eletrolítico ele as fez em pressão ambiente, já no motor ele deu entrada do gás HHO no motor em pleno vácuo. Sabemos que isso muda a evaporação do eletrólito e diminui a corrente do gerador de HHO. Se as medidas de geração de HHO fosse feita nessa fase eu até entenderia os 670ml de HHO em 3 minutos.

André, tu que já fez geradores eletrolíticos até com mijo e cinzas, pode dar uma luz aqui?

Lembremos que a experiência feita foi em cima de um motor de baixa cilindrada, baixa potência, um cilindro, carburado, de várias formas diferente do motor de um carro. Então os resultados encontrados nessa experiência, mesmo que decifrados, não terão relação direta se for feita no motor de um carro moderno.
[/quote]

ET, qual desses eletrólitos ioniza mais? o resto nem me interessa saber?

Ver perfil do usuário

115 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 20:30

acalister escreveu:ET, qual desses eletrólitos ioniza mais? o resto nem me interessa saber?

André a ideia e conseguir intuir quando de energia elétrica ele gastou no gerador de HHO e quanto de gás foi produzido realmente. Dizer que gastou 14W para gerar 670ml, bem, com mais tempo eu gero 1000 litros com apenas 1mA, é só dar tempo.

Eu queira saber quando HHO ele usou, e quanta gasolina ele gastou, além da energia elétrica gasta no gerador de HHO. Isso vale alguma coisa? Muito pouco, pois se ele disser que gerou 1LPM, eu fico sem saber quando HHO seco tinha misturado ao vapor e que outros gases tinham junto, afinal, qual é a composição real do HHO?

Mesmo assim eu queria intuir do que ele disse quanto de HHO ele usou.

Tu notou que na peça que ele fez para entrar o HHO tinha uma segunda entrada para ar que nem foi mencionada?

Ver perfil do usuário

116 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 20:52

acalister escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:...
André, compra o livro ai! Será que vale a pena ou estou indicando outro trabalho duvidoso e ainda por cima pago?

Esta publicação (AL-Rousan) não é séria! Qualquer trabalho que venha a tratar o HHO como Hidrogênio é furado,...

A gente tenta, o cara não cai, Q fazer...

O cara fala de uma reação dentro do pistão em que o HHO é uma mistura de soda cáustica e HHO reagindo com o combustível antes mesmo de queimar. Tenta ver essa reação lá no link que eu indiquei e me dá uma opinião.

Tenta avaliar o eletrolisador dele, não para copiar porque está muito ruim, só para entendermos o que aconteceu.

Ver perfil do usuário

117 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 22:21

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="ET-e-HHO-existe"][quote="acalister"]ET, qual desses eletrólitos ioniza mais? o resto nem me interessa saber?[/quote]

André a ideia e conseguir intuir quando de energia elétrica ele gastou no gerador de HHO e quanto de gás foi produzido realmente. Dizer que gastou 14W para gerar 670ml, bem, com mais tempo eu gero 1000 litros com apenas 1mA, é só dar tempo.

Eu queira saber quando HHO ele usou, e quanta gasolina ele gastou, além da energia elétrica gasta no gerador de HHO. Isso vale alguma coisa? Muito pouco, pois se ele disser que gerou 1LPM, eu fico sem saber quando HHO seco tinha misturado ao vapor e que outros gases tinham junto, afinal, qual é a composição real do HHO?

Mesmo assim eu queria intuir do que ele disse quanto de HHO ele usou.

Tu notou que na peça que ele fez para entrar o HHO tinha uma segunda entrada para ar que nem foi mencionada? [/quote]

ET, eu não notei essa entrada de ar! se ela realmente existe e foi utilizada, bem, é preciso analisar, pois esse ar pode estar servindo para aumentar o volume do sistema, neste caso provocar/induzir (mistura pobre), tem que analisar isso direito.
Sim intuir, pois eu acho que nem mesmo ele, deve saber ao certo, eu ainda não acredito nesse teste, pra mim não passa de uma cópia adaptada.



Última edição por acalister em Dom 23 Set 2012, 22:25, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

118 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 22:23

Pra você, quanto tempo o melhor eletrolisador possível, que não é o caso dele, pode gerar 670ml de HHO consumindo 14W?

Ver perfil do usuário

119 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 22:27

acalister escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:
acalister escreveu:ET, qual desses eletrólitos ioniza mais? o resto nem me interessa saber?

André a ideia e conseguir intuir quando de energia elétrica ele gastou no gerador de HHO e quanto de gás foi produzido realmente. Dizer que gastou 14W para gerar 670ml, bem, com mais tempo eu gero 1000 litros com apenas 1mA, é só dar tempo.

Eu queira saber quando HHO ele usou, e quanta gasolina ele gastou, além da energia elétrica gasta no gerador de HHO. Isso vale alguma coisa? Muito pouco, pois se ele disser que gerou 1LPM, eu fico sem saber quando HHO seco tinha misturado ao vapor e que outros gases tinham junto, afinal, qual é a composição real do HHO?

Mesmo assim eu queria intuir do que ele disse quanto de HHO ele usou.

Tu notou que na peça que ele fez para entrar o HHO tinha uma segunda entrada para ar que nem foi mencionada?

ET, eu não notei essa entrada de ar! se ela realmente existe e foi utilizada, bem, é preciso analisar, pois esse ar pode estar servindo para aumentar o volume do sistema, neste caso provocar/induzir (mistura pobre), tem que analisar isso direito.
Sim intuir, pois eu acho que nem mesmo ele, deve saber ao certo, eu ainda não acredito nesse teste, pra mim não passa de uma cópia adaptada.

Entrada de ar:

pag 40 fig 19
pag 42 fig 21 e 22

Ver perfil do usuário

120 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 22:28

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="ET-e-HHO-existe"]Pra você, quanto tempo o melhor eletrolisador possível, que não é o caso dele, pode gerar 670ml de HHO consumindo 14W?[/quote]Boa pergunta, o que seria isso , uma isca?rsrsrs
Pq tu vai logo direto ao ponto?kkkkkkkkkkkkk

Ver perfil do usuário

121 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 22:30

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="ET-e-HHO-existe"][quote="acalister"][quote="ET-e-HHO-existe"][quote="acalister"]ET, qual desses eletrólitos ioniza mais? o resto nem me interessa saber?[/quote]

André a ideia e conseguir intuir quando de energia elétrica ele gastou no gerador de HHO e quanto de gás foi produzido realmente. Dizer que gastou 14W para gerar 670ml, bem, com mais tempo eu gero 1000 litros com apenas 1mA, é só dar tempo.

Eu queira saber quando HHO ele usou, e quanta gasolina ele gastou, além da energia elétrica gasta no gerador de HHO. Isso vale alguma coisa? Muito pouco, pois se ele disser que gerou 1LPM, eu fico sem saber quando HHO seco tinha misturado ao vapor e que outros gases tinham junto, afinal, qual é a composição real do HHO?

Mesmo assim eu queria intuir do que ele disse quanto de HHO ele usou.

Tu notou que na peça que ele fez para entrar o HHO tinha uma segunda entrada para ar que nem foi mencionada? [/quote]

ET, eu não notei essa entrada de ar! se ela realmente existe e foi utilizada, bem, é preciso analisar, pois esse ar pode estar servindo para aumentar o volume do sistema, neste caso provocar/induzir (mistura pobre), tem que analisar isso direito.
Sim intuir, pois eu acho que nem mesmo ele, deve saber ao certo, eu ainda não acredito nesse teste, pra mim não passa de uma cópia adaptada.[/quote]

Entrada de ar:

pag 40 fig 19
pag 42 fig 21 e 22[/quote]

Vou dar uma olhada e depois te falo, não sei se tu já ouviu falar do (sangrador de vácuo)? um kit utilizado para empobrecer a mistura?

Ver perfil do usuário

122 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 22:32

acalister escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:Pra você, quanto tempo o melhor eletrolisador possível, que não é o caso dele, pode gerar 670ml de HHO consumindo 14W?
Boa pergunta, o que seria isso , uma isca?rsrsrs

Não, só que ele diz que gerou 670ml de HHO com um consumo de 14kwh, foi o melhor que ele fez. Como ele confunde kWh com kW, então cheguei a conclusão que foi: Fiz 670ml em um tempo não determinado com um gerador que consome 14W, ou (14W / 24V) = 583mA. Pra mim ele precisa de uns 10 minutos para juntar esse gás com essa corrente, num eletrolisador de 12 placas. Queria tua opinião.

Pra mim ele mediu 8,6g/kW em intervalos de 1 minuto, faltou corrigir a produção de HHO. (a cada minuto ele gastava 8,6g de gasolina para cada 1kW consumido pelas lampadas)



Última edição por ET-e-HHO-existe em Dom 23 Set 2012, 22:37, editado 2 vez(es)

Ver perfil do usuário

123 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 22:33

acalister escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:
acalister escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:
acalister escreveu:ET, qual desses eletrólitos ioniza mais? o resto nem me interessa saber?

André a ideia e conseguir intuir quando de energia elétrica ele gastou no gerador de HHO e quanto de gás foi produzido realmente. Dizer que gastou 14W para gerar 670ml, bem, com mais tempo eu gero 1000 litros com apenas 1mA, é só dar tempo.

Eu queira saber quando HHO ele usou, e quanta gasolina ele gastou, além da energia elétrica gasta no gerador de HHO. Isso vale alguma coisa? Muito pouco, pois se ele disser que gerou 1LPM, eu fico sem saber quando HHO seco tinha misturado ao vapor e que outros gases tinham junto, afinal, qual é a composição real do HHO?

Mesmo assim eu queria intuir do que ele disse quanto de HHO ele usou.

Tu notou que na peça que ele fez para entrar o HHO tinha uma segunda entrada para ar que nem foi mencionada?

ET, eu não notei essa entrada de ar! se ela realmente existe e foi utilizada, bem, é preciso analisar, pois esse ar pode estar servindo para aumentar o volume do sistema, neste caso provocar/induzir (mistura pobre), tem que analisar isso direito.
Sim intuir, pois eu acho que nem mesmo ele, deve saber ao certo, eu ainda não acredito nesse teste, pra mim não passa de uma cópia adaptada.

Entrada de ar:

pag 40 fig 19
pag 42 fig 21 e 22

Vou dar uma olhada e depois te falo, não sei se tu já ouviu falar do (sangrador de vácuo)? um kit utilizado para empobrecer a mistura?

Nunca ouvi falar

Ver perfil do usuário

124 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 22:36

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="ET-e-HHO-existe"][quote="acalister"][quote="ET-e-HHO-existe"][quote="acalister"][quote="ET-e-HHO-existe"][quote="acalister"]ET, qual desses eletrólitos ioniza mais? o resto nem me interessa saber?[/quote]

André a ideia e conseguir intuir quando de energia elétrica ele gastou no gerador de HHO e quanto de gás foi produzido realmente. Dizer que gastou 14W para gerar 670ml, bem, com mais tempo eu gero 1000 litros com apenas 1mA, é só dar tempo.

Eu queira saber quando HHO ele usou, e quanta gasolina ele gastou, além da energia elétrica gasta no gerador de HHO. Isso vale alguma coisa? Muito pouco, pois se ele disser que gerou 1LPM, eu fico sem saber quando HHO seco tinha misturado ao vapor e que outros gases tinham junto, afinal, qual é a composição real do HHO?

Mesmo assim eu queria intuir do que ele disse quanto de HHO ele usou.

Tu notou que na peça que ele fez para entrar o HHO tinha uma segunda entrada para ar que nem foi mencionada? [/quote]

ET, eu não notei essa entrada de ar! se ela realmente existe e foi utilizada, bem, é preciso analisar, pois esse ar pode estar servindo para aumentar o volume do sistema, neste caso provocar/induzir (mistura pobre), tem que analisar isso direito.
Sim intuir, pois eu acho que nem mesmo ele, deve saber ao certo, eu ainda não acredito nesse teste, pra mim não passa de uma cópia adaptada.[/quote]

Entrada de ar:

pag 40 fig 19
pag 42 fig 21 e 22[/quote]

Vou dar uma olhada e depois te falo, não sei se tu já ouviu falar do (sangrador de vácuo)? um kit utilizado para empobrecer a mistura?[/quote]

Nunca ouvi falar[/quote]
Ok, acabei de analisar as fotos, vc esta correto, ele restringiu a entrada original, dividiu em duas, 1/2 parte ficando para o HHO e outra metade para o Ar. Pq ele fez isso?
KKK, já sei, ele copiou a ideia do mesclador, tipo utilizado em GNV, sera? O Homem que copiava é isso? cacete, esse cara é o Rei da Cópia, estranho é que ele é Brasileiro, e não Chineizinho.kkkkkkkkkkk

Ver perfil do usuário

125 Re: Tese sobre HHO em cascavel em Dom 23 Set 2012, 22:40

É pena que os gringos não vem aqui para ver essas imprecisões em trabalhos supostamente respaldados pela ciência, mas para quem fala português, isso é um alerta quando aparecer aquele artigo com garantias científicas sobre HHO.

Eu mesmo ainda me sinto atraido por artigos assim.

Ver perfil do usuário

126 Re: Tese sobre HHO em cascavel Hoje à(s) 03:27

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 5 de 11]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum