Para quem quer poupar combustivel !


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

A "pendenga torquiana"

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 11 ... 19  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 4 de 19]

76 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 00:15

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
jonas.p.andrade escreveu:
h-roo escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:
h-roo escreveu:...Agora, tem um dado, não compare com os atuais automóveis e seus câmbios
Tanto a F-100 como o Esplanada tinham câmbio de somente 3 marchas, bastante longas entre.
Tanto a F-100 era motor V8 (Rocket, 197 HP) como o Esplanada V8 (HEMI, 217 HP)...marchas longas de câmbio longo.

Aproveito para te perguntar: Porque tu acha que teus colegas não conseguiam reduzir no tempo sem embreagem,e apenas para marcha maior?
Considere que é bem mais fácil dirigir um carro sincronizado sem embreagem do que um antigo "caixa seca" com embreagem.

Hugo, junte a essa informação a informação de quanto tu foi a mais na rotação desse motor nessa brincadeira, só para termos a dimensão do que tu fez. No meu carro virtual de testes, poderia fazer isso pelo menos até a 2ª marcha?

Quanto a passar marcha no tempo para cima, eu fazia em um chevette (escondido porque não sei dirigir), realmente é fácil pegar o geito. Eu nunca consegui reduzir por não fazer algo parecido com o que tu fez na dupla debreagem, que foi compatibilizar as velocidades de tudo dentro da caixa de marcha e do motor. Eu imagino que se eu tivesse acelerado e tentasse a redução iria dar certo.

O Chevette, se ainda era o com cãmbio alemão importado era uma delicia. Era por nos chamado de "cãmbio de manteiga"...o mesmo câmbio mais tarde usado no Doginho Polara. Cambiava com dois dedos, tão macio que era.

Sim, devo de ter ultrapassado um pouco a RPM de segurança, mas não tem como fazer idéia, naquele tempo não tinha relogio de RPM nos carros...tinha que fazer as molecagens por ouvido e prática. geralmente só fazia quem vinha do aprendizado com "caixa seca".

Teus amigos subiam marcha pra cima sem embreagem porque nessa condição o motor se sincroniza automáticamente ao cair o RPM entre mudanças, ao contrário de baixar marcha, que tu tem se acelelra na medida exata...ai o bixo pega, não é pra principiante...

Mais vai lendo e apreendendo, no dia que aprender a dirigir já vai ter pelos menos a teoria.

Hugo eu tralhei em uma pedreira na duplicação da br 116 na altura da represa capivari, fazia manutenção na parte hidráulica dos FNM, CONHECIDO COMO CARA CHATA, após a manutenção fazíamos os teste carregando na pedreira e levando para p britador, esses canhões tinham marchas reduzidas que tinha que ser cruzadas, muitos motorista não conseguiam dirigir esses tipos de caminhões devido serem caixa seca etc...

Verdade, já vi que tu conhece...eram chamados de "suruana", "canela curta" e outros adjetivos...e quebrador de diferencial, fazer "meia embreagem" com ele, se não fosse bom, era fatal.
Cruzavam a marcha com a reduzida, duplicando as marchas.

Mas por "cara chata" eram mais conhecidos os primeiros Mercedes fabricados no Brasil, depois que pararam de importar o "fucinhudo" alemão.

Motorista de FNM, dizem que quando morriam e iam pro inferno, pediam um casaco pra não passar frio lá..kkkkkkkkkkkkk

Ver perfil do usuário

77 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 00:21

h-roo escreveu:
jonas.p.andrade escreveu:
h-roo escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:
h-roo escreveu:...Agora, tem um dado, não compare com os atuais automóveis e seus câmbios
Tanto a F-100 como o Esplanada tinham câmbio de somente 3 marchas, bastante longas entre.
Tanto a F-100 era motor V8 (Rocket, 197 HP) como o Esplanada V8 (HEMI, 217 HP)...marchas longas de câmbio longo.

Aproveito para te perguntar: Porque tu acha que teus colegas não conseguiam reduzir no tempo sem embreagem,e apenas para marcha maior?
Considere que é bem mais fácil dirigir um carro sincronizado sem embreagem do que um antigo "caixa seca" com embreagem.

Hugo, junte a essa informação a informação de quanto tu foi a mais na rotação desse motor nessa brincadeira, só para termos a dimensão do que tu fez. No meu carro virtual de testes, poderia fazer isso pelo menos até a 2ª marcha?

Quanto a passar marcha no tempo para cima, eu fazia em um chevette (escondido porque não sei dirigir), realmente é fácil pegar o geito. Eu nunca consegui reduzir por não fazer algo parecido com o que tu fez na dupla debreagem, que foi compatibilizar as velocidades de tudo dentro da caixa de marcha e do motor. Eu imagino que se eu tivesse acelerado e tentasse a redução iria dar certo.

O Chevette, se ainda era o com cãmbio alemão importado era uma delicia. Era por nos chamado de "cãmbio de manteiga"...o mesmo câmbio mais tarde usado no Doginho Polara. Cambiava com dois dedos, tão macio que era.

Sim, devo de ter ultrapassado um pouco a RPM de segurança, mas não tem como fazer idéia, naquele tempo não tinha relogio de RPM nos carros...tinha que fazer as molecagens por ouvido e prática. geralmente só fazia quem vinha do aprendizado com "caixa seca".

Teus amigos subiam marcha pra cima sem embreagem porque nessa condição o motor se sincroniza automáticamente ao cair o RPM entre mudanças, ao contrário de baixar marcha, que tu tem se acelelra na medida exata...ai o bixo pega, não é pra principiante...

Mais vai lendo e apreendendo, no dia que aprender a dirigir já vai ter pelos menos a teoria.

Hugo eu tralhei em uma pedreira na duplicação da br 116 na altura da represa capivari, fazia manutenção na parte hidráulica dos FNM, CONHECIDO COMO CARA CHATA, após a manutenção fazíamos os teste carregando na pedreira e levando para p britador, esses canhões tinham marchas reduzidas que tinha que ser cruzadas, muitos motorista não conseguiam dirigir esses tipos de caminhões devido serem caixa seca etc...

Verdade, já vi que tu conhece...eram chamados de "suruana", "canela curta" e outros adjetivos...e quebrador de diferencial, fazer "meia embreagem" com ele, se não fosse bom, era fatal.
Cruzavam a marcha com a reduzida, duplicando as marchas.

Mas por "cara chata" eram mais conhecidos os primeiros Mercedes fabricados no Brasil, depois que pararam de importar o "fucinhudo" alemão.

A mecânica que eu trabalhava era chamada de mecânica marreta, não por ser picareta, mas pela fama de condenarmos os blocos, diziam que nós metíamos marretadas para quebrar os blocos, mas os blocos eram uma porcaria empenavam fácil e na época não tinha os recursos de agora heheh

Ver perfil do usuário

78 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 00:23

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
jonas.p.andrade escreveu:
h-roo escreveu:
jonas.p.andrade escreveu:
h-roo escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:
h-roo escreveu:...Agora, tem um dado, não compare com os atuais automóveis e seus câmbios
Tanto a F-100 como o Esplanada tinham câmbio de somente 3 marchas, bastante longas entre.
Tanto a F-100 era motor V8 (Rocket, 197 HP) como o Esplanada V8 (HEMI, 217 HP)...marchas longas de câmbio longo.

Aproveito para te perguntar: Porque tu acha que teus colegas não conseguiam reduzir no tempo sem embreagem,e apenas para marcha maior?
Considere que é bem mais fácil dirigir um carro sincronizado sem embreagem do que um antigo "caixa seca" com embreagem.

Hugo, junte a essa informação a informação de quanto tu foi a mais na rotação desse motor nessa brincadeira, só para termos a dimensão do que tu fez. No meu carro virtual de testes, poderia fazer isso pelo menos até a 2ª marcha?

Quanto a passar marcha no tempo para cima, eu fazia em um chevette (escondido porque não sei dirigir), realmente é fácil pegar o geito. Eu nunca consegui reduzir por não fazer algo parecido com o que tu fez na dupla debreagem, que foi compatibilizar as velocidades de tudo dentro da caixa de marcha e do motor. Eu imagino que se eu tivesse acelerado e tentasse a redução iria dar certo.

O Chevette, se ainda era o com cãmbio alemão importado era uma delicia. Era por nos chamado de "cãmbio de manteiga"...o mesmo câmbio mais tarde usado no Doginho Polara. Cambiava com dois dedos, tão macio que era.

Sim, devo de ter ultrapassado um pouco a RPM de segurança, mas não tem como fazer idéia, naquele tempo não tinha relogio de RPM nos carros...tinha que fazer as molecagens por ouvido e prática. geralmente só fazia quem vinha do aprendizado com "caixa seca".

Teus amigos subiam marcha pra cima sem embreagem porque nessa condição o motor se sincroniza automáticamente ao cair o RPM entre mudanças, ao contrário de baixar marcha, que tu tem se acelelra na medida exata...ai o bixo pega, não é pra principiante...

Mais vai lendo e apreendendo, no dia que aprender a dirigir já vai ter pelos menos a teoria.

Hugo eu tralhei em uma pedreira na duplicação da br 116 na altura da represa capivari, fazia manutenção na parte hidráulica dos FNM, CONHECIDO COMO CARA CHATA, após a manutenção fazíamos os teste carregando na pedreira e levando para p britador, esses canhões tinham marchas reduzidas que tinha que ser cruzadas, muitos motorista não conseguiam dirigir esses tipos de caminhões devido serem caixa seca etc...

Verdade, já vi que tu conhece...eram chamados de "suruana", "canela curta" e outros adjetivos...e quebrador de diferencial, fazer "meia embreagem" com ele, se não fosse bom, era fatal.
Cruzavam a marcha com a reduzida, duplicando as marchas.

Mas por "cara chata" eram mais conhecidos os primeiros Mercedes fabricados no Brasil, depois que pararam de importar o "fucinhudo" alemão.

A mecânica que eu trabalhava era chamada de mecânica marreta, não por ser picareta, mas pela fama de condenarmos os blocos, diziam que nós metíamos marretadas para quebrar os blocos, mas os blocos eram uma porcaria empenavam fácil e na época não tinha os recursos de agora heheh

Os blocos dos FNM eram de liga de alumínio, empenavam quando o motor sobre aquecia. Poir isso que a cabine do FNM era igual uma caldeira, o bloco de alumínio dissipava o calor pra dentro.

Ver perfil do usuário

79 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 00:25

h-roo escreveu:
jonas.p.andrade escreveu:
h-roo escreveu:
jonas.p.andrade escreveu:
h-roo escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:
h-roo escreveu:...Agora, tem um dado, não compare com os atuais automóveis e seus câmbios
Tanto a F-100 como o Esplanada tinham câmbio de somente 3 marchas, bastante longas entre.
Tanto a F-100 era motor V8 (Rocket, 197 HP) como o Esplanada V8 (HEMI, 217 HP)...marchas longas de câmbio longo.

Aproveito para te perguntar: Porque tu acha que teus colegas não conseguiam reduzir no tempo sem embreagem,e apenas para marcha maior?
Considere que é bem mais fácil dirigir um carro sincronizado sem embreagem do que um antigo "caixa seca" com embreagem.

Hugo, junte a essa informação a informação de quanto tu foi a mais na rotação desse motor nessa brincadeira, só para termos a dimensão do que tu fez. No meu carro virtual de testes, poderia fazer isso pelo menos até a 2ª marcha?

Quanto a passar marcha no tempo para cima, eu fazia em um chevette (escondido porque não sei dirigir), realmente é fácil pegar o geito. Eu nunca consegui reduzir por não fazer algo parecido com o que tu fez na dupla debreagem, que foi compatibilizar as velocidades de tudo dentro da caixa de marcha e do motor. Eu imagino que se eu tivesse acelerado e tentasse a redução iria dar certo.

O Chevette, se ainda era o com cãmbio alemão importado era uma delicia. Era por nos chamado de "cãmbio de manteiga"...o mesmo câmbio mais tarde usado no Doginho Polara. Cambiava com dois dedos, tão macio que era.

Sim, devo de ter ultrapassado um pouco a RPM de segurança, mas não tem como fazer idéia, naquele tempo não tinha relogio de RPM nos carros...tinha que fazer as molecagens por ouvido e prática. geralmente só fazia quem vinha do aprendizado com "caixa seca".

Teus amigos subiam marcha pra cima sem embreagem porque nessa condição o motor se sincroniza automáticamente ao cair o RPM entre mudanças, ao contrário de baixar marcha, que tu tem se acelelra na medida exata...ai o bixo pega, não é pra principiante...

Mais vai lendo e apreendendo, no dia que aprender a dirigir já vai ter pelos menos a teoria.

Hugo eu tralhei em uma pedreira na duplicação da br 116 na altura da represa capivari, fazia manutenção na parte hidráulica dos FNM, CONHECIDO COMO CARA CHATA, após a manutenção fazíamos os teste carregando na pedreira e levando para p britador, esses canhões tinham marchas reduzidas que tinha que ser cruzadas, muitos motorista não conseguiam dirigir esses tipos de caminhões devido serem caixa seca etc...

Verdade, já vi que tu conhece...eram chamados de "suruana", "canela curta" e outros adjetivos...e quebrador de diferencial, fazer "meia embreagem" com ele, se não fosse bom, era fatal.
Cruzavam a marcha com a reduzida, duplicando as marchas.

Mas por "cara chata" eram mais conhecidos os primeiros Mercedes fabricados no Brasil, depois que pararam de importar o "fucinhudo" alemão.

A mecânica que eu trabalhava era chamada de mecânica marreta, não por ser picareta, mas pela fama de condenarmos os blocos, diziam que nós metíamos marretadas para quebrar os blocos, mas os blocos eram uma porcaria empenavam fácil e na época não tinha os recursos de agora heheh

Os blocos dos FNM eram de liga de alumínio, empenavam quando o motor sobre aquecia. Poir isso que a cabine do FNM era igual uma caldeira, o bloco de alumínio dissipava o calor pra dentro.

vejo que tambémm pegou essa época da caldeira, kara que loucura, a roupa ficava ensopada pior que era calor e fumaça do oléo que vazava e fritava no motor

Ver perfil do usuário

80 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 00:30

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
h-roo escreveu:Jonas
Tu lembra lá naquela margem de pescaria que desbarrancou, uma vez o Milzon Tavares (sim, o atual ET-Tanpa Zakar)começou a calcular o custo das moléculas do HHO pra comparar com o custo das moleculas da gasolina, e acabou se perdendo nas vírgulas dos cálculos dele,entre centavos e centésimos e eu questionei, ele teimou igual agora. Até que chegou um momento que ele, ou caiu a ficha ou teve humildade e acabou admitindo que estava errado. Ai começou a meter mensagem linguiceira pra deixar a cagada pra tras, igual faz aqui agora.
Mas o mais interessante que ele me pediu: "..Hugo, manda mensagem ai pra virar a página e sumir com os centavos, eu realmente tenho dificuldade com as vírgulas..".

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Não lembra disso Jonas?...rsrs

Ver perfil do usuário

81 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 00:35

h-roo escreveu:
h-roo escreveu:Jonas
Tu lembra lá naquela margem de pescaria que desbarrancou, uma vez o Milzon Tavares (sim, o atual ET-Tanpa Zakar)começou a calcular o custo das moléculas do HHO pra comparar com o custo das moleculas da gasolina, e acabou se perdendo nas vírgulas dos cálculos dele,entre centavos e centésimos e eu questionei, ele teimou igual agora. Até que chegou um momento que ele, ou caiu a ficha ou teve humildade e acabou admitindo que estava errado. Ai começou a meter mensagem linguiceira pra deixar a cagada pra tras, igual faz aqui agora.
Mas o mais interessante que ele me pediu: "..Hugo, manda mensagem ai pra virar a página e sumir com os centavos, eu realmente tenho dificuldade com as vírgulas..".

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Não lembra disso Jonas?...rsrs

Kara puxei outro assunto para ver se esquecia disso mas vc não é facil, o MIlzon ta se partindo de rir nesse momento, ele também é um grande gozador hehehehe

Ver perfil do usuário

82 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 00:39

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
jonas.p.andrade escreveu:
h-roo escreveu:
h-roo escreveu:Jonas
Tu lembra lá naquela margem de pescaria que desbarrancou, uma vez o Milzon Tavares (sim, o atual ET-Tanpa Zakar)começou a calcular o custo das moléculas do HHO pra comparar com o custo das moleculas da gasolina, e acabou se perdendo nas vírgulas dos cálculos dele,entre centavos e centésimos e eu questionei, ele teimou igual agora. Até que chegou um momento que ele, ou caiu a ficha ou teve humildade e acabou admitindo que estava errado. Ai começou a meter mensagem linguiceira pra deixar a cagada pra tras, igual faz aqui agora.
Mas o mais interessante que ele me pediu: "..Hugo, manda mensagem ai pra virar a página e sumir com os centavos, eu realmente tenho dificuldade com as vírgulas..".

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Não lembra disso Jonas?...rsrs

Kara puxei outro assunto para ver se esquecia disso mas vc não é facil, o MIlzon ta se partindo de rir nesse momento, ele também é um grande gozador hehehehe

Tá nada, tá babando de bravo que não consegue matar o assunto ET X Torque = Torquemada...kkkkkkkkkkkkk

Mas dando sequencia, tu que é inteligente, colocou aquele artigo sobre torque agora a pouco, tendo eu a certeza que tu leu e entendeu, explica pra nos, como pode um motor, numa RPM média ter um torque próximo de 5 e conforme vai subindo a RPM esse torque cai pra proximo de 1?...cara, são 400% porcento de diferença. Tu já tinha visto um notor assim antes da descoberta do Milzo/ET?

Me ficou uma dúvida, quando pediu para eu calcular. Queria que eu cálculasse o encurtamento do braço da nanivela do virabrequim?...sim, porque é a única maneira de um motor perder todo esse torque enquanto aumenta a RPM...girabrequim elástico, que encolhe o braço...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ver perfil do usuário

83 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:06

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
Vou dar uma excelente sugestão para o ET Tanpa Zakar, para ele de uma vez por todas ter noção do absurdo dos cálculos dele.
Ele não tem noção por que não sabe dirigir, então vou sugerir que ele faça o teste com uma bicicleta (espero que pelo menos de bicicleta ele saiba andar, apesar da dúvida...rsrs).

Pegue uma bicicleta com 5 marchas, colocque as duas sogras, (a tua e a da tua mulher)uma aquela que ele queria jogar pela janela do carro quando andou "viajando" (na maionese, claro) na garupa, uma no bagageiro e outra no varão e sai pedalando a 120 km por hora (não diga que não é posível, depois de fazer o motor de um Fiat Mile ir a 19.000 RPM).
Então, vai pedalando, pedalando, sem mudar os 120 km, e vai trocando as marchas da bicicleta.

Para uma das sogras, já que tu vai estar com as mãos ocupadas, tu dá uma planílha, para ela ir anotando e formando um gráfico, conforme o que tu for informando ao dar mais ou menos torque (tu já sabe isso, é trocando marcha, de acordo com teus cálculos...rsrs).
A POTÊNCIA, essa vai ser sempre a mesma, 30 PS (peidos por segundos), também de acordo com tua teoria.

Bem, depois de pedalar uma hora a 120 km (tempo suficinte para gastar o combustível fabricado a bordo, nos intestinos...rsrs)
passa para a sogra as impressões finais sobre o revelador teste.
Ai é só confrontar o resultado com os teus cálculos daquele coitado do Fiat Mile que tu obrigou a ficar encolhendo e espichando o braço da manivela para variar o torque em mais de 400%...rsrs.

Boa sorte ET...cuidado cdom o trânsito....kkkkkkkkkk

Áh, ET, não esqueça de colocar uma placa na bicicleta:

"VEICULO DE TESTE"



Última edição por h-roo em Sex 30 Nov 2012, 01:19, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

84 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:12

Mas dando sequencia, tu que é inteligente, colocou aquele artigo sobre torque agora a pouco, tendo eu a certeza que tu leu e entendeu, explica pra nos, como pode um motor, numa RPM média ter um torque próximo de 5 e conforme vai subindo a RPM esse torque cai pra proximo de 1?

KKKKKKK KARA TU NÃO DESISTE MESMO NÉ, EU CALCULAR? TO FORA NEM SEI FAZER CONTAS KKKKKKK REPROVEI NO MOBRAL KKKKKKKKKK

Ver perfil do usuário

85 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:19

jonas.p.andrade escreveu:Mas dando sequencia, tu que é inteligente, colocou aquele artigo sobre torque agora a pouco, tendo eu a certeza que tu leu e entendeu, explica pra nos, como pode um motor, numa RPM média ter um torque próximo de 5 e conforme vai subindo a RPM esse torque cai pra proximo de 1?

KKKKKKK KARA TU NÃO DESISTE MESMO NÉ, EU CALCULAR? TO FORA NEM SEI FAZER CONTAS KKKKKKK REPROVEI NO MOBRAL KKKKKKKKKK

Tu não colocou aquele artigo à toa, Jonas. Qual a intenção dele?

Comigo não existe briga, sem ego, só uma discussão sadia sobre o assunto.



Última edição por ET-e-HHO-existe em Sex 30 Nov 2012, 01:21, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

86 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:21

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
h-roo escreveu:Vou dar uma excelente sugestão para o ET Tanpa Zakar, para ele de uma vez por todas ter noção do absurdo dos cálculos dele.
Ele não tem noção por que não sabe dirigir, então vou sugerir que ele faça o teste com uma bicicleta (espero que pelo menos de bicicleta ele saiba andar, apesar da dúvida...rsrs).

Pegue uma bicicleta com 5 marchas, colocque as duas sogras, (a tua e a da tua mulher)uma aquela que ele queria jogar pela janela do carro quando andou "viajando" (na maionese, claro) na garupa, uma no bagageiro e outra no varão e sai pedalando a 120 km por hora (não diga que não é posível, depois de fazer o motor de um Fiat Mile ir a 19.000 RPM).
Então, vai pedalando, pedalando, sem mudar os 120 km, e vai trocando as marchas da bicicleta.

Para uma das sogras, já que tu vai estar com as mãos ocupadas, tu dá uma planílha, para ela ir anotando e formando um gráfico, conforme o que tu for informando ao dar mais ou menos torque (tu já sabe isso, é trocando marcha, de acordo com teus cálculos...rsrs).
A POTÊNCIA, essa vai ser sempre a mesma, 30 PS (peidos por segundos), também de acordo com tua teoria.

Bem, depois de pedalar uma hora a 120 km (tempo suficinte para gastar o combustível fabricado a bordo, nos intestinos...rsrs)
passa para a sogra as impressões finais sobre o revelador teste.
Ai é só confrontar o resultado com os teus cálculos daquele coitado do Fiat Mile que tu obrigou a ficar encolhendo e espichando o braço da manivela para variar o torque em mais de 400%...rsrs.

Boa sorte ET...cuidado cdom o trânsito....kkkkkkkkkk

Áh, ET, não esqueça de colocar uma placa na bicicleta:

"VEICULO DE TESTE"

Pega uma autorização no Detran pra não ter problema...rsrs

Ver perfil do usuário

87 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:22

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
jonas.p.andrade escreveu:Mas dando sequencia, tu que é inteligente, colocou aquele artigo sobre torque agora a pouco, tendo eu a certeza que tu leu e entendeu, explica pra nos, como pode um motor, numa RPM média ter um torque próximo de 5 e conforme vai subindo a RPM esse torque cai pra proximo de 1?

KKKKKKK KARA TU NÃO DESISTE MESMO NÉ, EU CALCULAR? TO FORA NEM SEI FAZER CONTAS KKKKKKK REPROVEI NO MOBRAL KKKKKKKKKK

O ET disse que tu tem medo de opinar...rsrs

Ver perfil do usuário

88 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:23

ET-e-HHO-existe escreveu:
jonas.p.andrade escreveu:Mas dando sequencia, tu que é inteligente, colocou aquele artigo sobre torque agora a pouco, tendo eu a certeza que tu leu e entendeu, explica pra nos, como pode um motor, numa RPM média ter um torque próximo de 5 e conforme vai subindo a RPM esse torque cai pra proximo de 1?

KKKKKKK KARA TU NÃO DESISTE MESMO NÉ, EU CALCULAR? TO FORA NEM SEI FAZER CONTAS KKKKKKK REPROVEI NO MOBRAL KKKKKKKKKK

Tu não colocou aquele artigo à toa, Jonas. Qual a intenção dele?
Segundo o Acalister, vc é um vidente rsrsrs, porque me perguntas se tem a resposta, mas se espera ouvir de minha boca, hehehe nunca, sou diplomata

Ver perfil do usuário

89 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:24

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
jonas.p.andrade escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:
jonas.p.andrade escreveu:Mas dando sequencia, tu que é inteligente, colocou aquele artigo sobre torque agora a pouco, tendo eu a certeza que tu leu e entendeu, explica pra nos, como pode um motor, numa RPM média ter um torque próximo de 5 e conforme vai subindo a RPM esse torque cai pra proximo de 1?

KKKKKKK KARA TU NÃO DESISTE MESMO NÉ, EU CALCULAR? TO FORA NEM SEI FAZER CONTAS KKKKKKK REPROVEI NO MOBRAL KKKKKKKKKK

Tu não colocou aquele artigo à toa, Jonas. Qual a intenção dele?
Segundo o Acalister, vc é um vidente rsrsrs, porque me perguntas se tem a resposta, mas se espera ouvir de minha boca, hehehe nunca, sou diplomata

Segundo o ET essa "diplomacia" é medo...rsrs
Mas entre outras coisa entendi no artigo que não tem como Torquemar o torque, não tem como dar sumiço nele...rsrs

Ver perfil do usuário

90 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:28

h-roo escreveu:
jonas.p.andrade escreveu:Mas dando sequencia, tu que é inteligente, colocou aquele artigo sobre torque agora a pouco, tendo eu a certeza que tu leu e entendeu, explica pra nos, como pode um motor, numa RPM média ter um torque próximo de 5 e conforme vai subindo a RPM esse torque cai pra proximo de 1?

KKKKKKK KARA TU NÃO DESISTE MESMO NÉ, EU CALCULAR? TO FORA NEM SEI FAZER CONTAS KKKKKKK REPROVEI NO MOBRAL KKKKKKKKKK

O ET disse que tu tem medo de opinar...rsrs
Pior que ele tem razão hehehe.
kkkkk sai fora Hugo,comigo isso não funciona, não sou um bom açogueiro, sou um consumidor de linguiça, na charrasqueira como petisco rsrsrsrs



Última edição por jonas.p.andrade em Sex 30 Nov 2012, 01:29, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

91 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:28

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
Áh, caso um dia o ET disser que a teoria dele, da tecnologia de escafeder com o torque, ter sido canalizada, já antecipo, não é canalização dos nossos irmãos galácticos, esses trariam tecnologia de aumento de torque, nunca de amorcegar ele...rsrs

Ver perfil do usuário

92 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:29

h-roo escreveu:
h-roo escreveu:Vou dar uma excelente sugestão para o ET Tanpa Zakar, para ele de uma vez por todas ter noção do absurdo dos cálculos dele.
Ele não tem noção por que não sabe dirigir, então vou sugerir que ele faça o teste com uma bicicleta (espero que pelo menos de bicicleta ele saiba andar, apesar da dúvida...rsrs).

Pegue uma bicicleta com 5 marchas, colocque as duas sogras, (a tua e a da tua mulher)uma aquela que ele queria jogar pela janela do carro quando andou "viajando" (na maionese, claro) na garupa, uma no bagageiro e outra no varão e sai pedalando a 120 km por hora (não diga que não é posível, depois de fazer o motor de um Fiat Mile ir a 19.000 RPM).
Então, vai pedalando, pedalando, sem mudar os 120 km, e vai trocando as marchas da bicicleta.

Para uma das sogras, já que tu vai estar com as mãos ocupadas, tu dá uma planílha, para ela ir anotando e formando um gráfico, conforme o que tu for informando ao dar mais ou menos torque (tu já sabe isso, é trocando marcha, de acordo com teus cálculos...rsrs).
A POTÊNCIA, essa vai ser sempre a mesma, 30 PS (peidos por segundos), também de acordo com tua teoria.

Bem, depois de pedalar uma hora a 120 km (tempo suficinte para gastar o combustível fabricado a bordo, nos intestinos...rsrs)
passa para a sogra as impressões finais sobre o revelador teste.
Ai é só confrontar o resultado com os teus cálculos daquele coitado do Fiat Mile que tu obrigou a ficar encolhendo e espichando o braço da manivela para variar o torque em mais de 400%...rsrs.

Boa sorte ET...cuidado cdom o trânsito....kkkkkkkkkk

Áh, ET, não esqueça de colocar uma placa na bicicleta:

"VEICULO DE TESTE"

Pega uma autorização no Detran pra não ter problema...rsrs

Hugo, agora que fizemos as pazes e a pendenga acabou, que ficou esclarecido seu engano na interpretação do texto, vou aproveitar e passar ai para você para ficar na frente anotando as informações, só não fica emocionado. Vou dispensar também minha sogra que é muito gorda, estou pensando em uma opção melhor, mas te conto quando chegar ai.



Última edição por ET-e-HHO-existe em Sex 30 Nov 2012, 01:30, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

93 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:30

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
jonas.p.andrade escreveu:
h-roo escreveu:
jonas.p.andrade escreveu:Mas dando sequencia, tu que é inteligente, colocou aquele artigo sobre torque agora a pouco, tendo eu a certeza que tu leu e entendeu, explica pra nos, como pode um motor, numa RPM média ter um torque próximo de 5 e conforme vai subindo a RPM esse torque cai pra proximo de 1?

KKKKKKK KARA TU NÃO DESISTE MESMO NÉ, EU CALCULAR? TO FORA NEM SEI FAZER CONTAS KKKKKKK REPROVEI NO MOBRAL KKKKKKKKKK

O ET disse que tu tem medo de opinar...rsrs
Pior que ele tem razão hehehe.
kkkkk sai fora Hugo,comigo isso não funciona, não sou um bom açogueiro, sou um consumidor de linguiça, na charrasqueira como petisco rsrsrsrs

Concordo, o ET te conhece melhor que eu, até porque tu já foi uma excelente cobaia dele...rsrs

Ver perfil do usuário

94 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:32

h-roo escreveu:
jonas.p.andrade escreveu:
h-roo escreveu:
jonas.p.andrade escreveu:Mas dando sequencia, tu que é inteligente, colocou aquele artigo sobre torque agora a pouco, tendo eu a certeza que tu leu e entendeu, explica pra nos, como pode um motor, numa RPM média ter um torque próximo de 5 e conforme vai subindo a RPM esse torque cai pra proximo de 1?

KKKKKKK KARA TU NÃO DESISTE MESMO NÉ, EU CALCULAR? TO FORA NEM SEI FAZER CONTAS KKKKKKK REPROVEI NO MOBRAL KKKKKKKKKK

O ET disse que tu tem medo de opinar...rsrs
Pior que ele tem razão hehehe.
kkkkk sai fora Hugo,comigo isso não funciona, não sou um bom açogueiro, sou um consumidor de linguiça, na charrasqueira como petisco rsrsrsrs

Concordo, o ET te conhece melhor que eu, até porque tu já foi uma excelente cobaia dele...rsrs
PIOR QUE É VERDADE KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK CARA TU É UM PENTELHO MESMO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Ver perfil do usuário

95 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:32

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
ET-e-HHO-existe escreveu:
h-roo escreveu:
h-roo escreveu:Vou dar uma excelente sugestão para o ET Tanpa Zakar, para ele de uma vez por todas ter noção do absurdo dos cálculos dele.
Ele não tem noção por que não sabe dirigir, então vou sugerir que ele faça o teste com uma bicicleta (espero que pelo menos de bicicleta ele saiba andar, apesar da dúvida...rsrs).

Pegue uma bicicleta com 5 marchas, colocque as duas sogras, (a tua e a da tua mulher)uma aquela que ele queria jogar pela janela do carro quando andou "viajando" (na maionese, claro) na garupa, uma no bagageiro e outra no varão e sai pedalando a 120 km por hora (não diga que não é posível, depois de fazer o motor de um Fiat Mile ir a 19.000 RPM).
Então, vai pedalando, pedalando, sem mudar os 120 km, e vai trocando as marchas da bicicleta.

Para uma das sogras, já que tu vai estar com as mãos ocupadas, tu dá uma planílha, para ela ir anotando e formando um gráfico, conforme o que tu for informando ao dar mais ou menos torque (tu já sabe isso, é trocando marcha, de acordo com teus cálculos...rsrs).
A POTÊNCIA, essa vai ser sempre a mesma, 30 PS (peidos por segundos), também de acordo com tua teoria.

Bem, depois de pedalar uma hora a 120 km (tempo suficinte para gastar o combustível fabricado a bordo, nos intestinos...rsrs)
passa para a sogra as impressões finais sobre o revelador teste.
Ai é só confrontar o resultado com os teus cálculos daquele coitado do Fiat Mile que tu obrigou a ficar encolhendo e espichando o braço da manivela para variar o torque em mais de 400%...rsrs.

Boa sorte ET...cuidado cdom o trânsito....kkkkkkkkkk

Áh, ET, não esqueça de colocar uma placa na bicicleta:

"VEICULO DE TESTE"

Pega uma autorização no Detran pra não ter problema...rsrs

Hugo, agora que fizemos as pazes e a pendenga acabou, que ficou esclarecido seu acerto na interpretação do texto, vou aproveitar e passar ai para você para ficar na frente anotando as informações, só não fica emocionado. Vou dispensar também minha sogra que é muito gorda, estou pensando em uma opção melhor, mas te conto quando chegar ai.

Mas pra chegar aqui mão esqueça de levar um bom estoque de combustível (repolho)

Ver perfil do usuário

96 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:34

h-roo escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:
h-roo escreveu:
h-roo escreveu:Vou dar uma excelente sugestão para o ET Tanpa Zakar, para ele de uma vez por todas ter noção do absurdo dos cálculos dele.
Ele não tem noção por que não sabe dirigir, então vou sugerir que ele faça o teste com uma bicicleta (espero que pelo menos de bicicleta ele saiba andar, apesar da dúvida...rsrs).

Pegue uma bicicleta com 5 marchas, colocque as duas sogras, (a tua e a da tua mulher)uma aquela que ele queria jogar pela janela do carro quando andou "viajando" (na maionese, claro) na garupa, uma no bagageiro e outra no varão e sai pedalando a 120 km por hora (não diga que não é posível, depois de fazer o motor de um Fiat Mile ir a 19.000 RPM).
Então, vai pedalando, pedalando, sem mudar os 120 km, e vai trocando as marchas da bicicleta.

Para uma das sogras, já que tu vai estar com as mãos ocupadas, tu dá uma planílha, para ela ir anotando e formando um gráfico, conforme o que tu for informando ao dar mais ou menos torque (tu já sabe isso, é trocando marcha, de acordo com teus cálculos...rsrs).
A POTÊNCIA, essa vai ser sempre a mesma, 30 PS (peidos por segundos), também de acordo com tua teoria.

Bem, depois de pedalar uma hora a 120 km (tempo suficinte para gastar o combustível fabricado a bordo, nos intestinos...rsrs)
passa para a sogra as impressões finais sobre o revelador teste.
Ai é só confrontar o resultado com os teus cálculos daquele coitado do Fiat Mile que tu obrigou a ficar encolhendo e espichando o braço da manivela para variar o torque em mais de 400%...rsrs.

Boa sorte ET...cuidado cdom o trânsito....kkkkkkkkkk

Áh, ET, não esqueça de colocar uma placa na bicicleta:

"VEICULO DE TESTE"

Pega uma autorização no Detran pra não ter problema...rsrs

Hugo, agora que fizemos as pazes e a pendenga acabou, que ficou esclarecido seu acerto na interpretação do texto, vou aproveitar e passar ai para você para ficar na frente anotando as informações, só não fica emocionado. Vou dispensar também minha sogra que é muito gorda, estou pensando em uma opção melhor, mas te conto quando chegar ai.

Mas pra chegar aqui mão esqueça de levar um bom estoque de combustível (repolho)

RHA RHA RHA RHA RHA RHA TO ME MIJANDO DE TANTO RIR KKKKKKKKK

Ver perfil do usuário

97 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:37

Jonas, manda o recado via mensagem privada, tô curioso com o que tu quer com aquele assunto.

Tu tinha que ver ontem, quando eu dei a cartada final no Hugo. Ele balançou, deu uma desculpa esfarrapada já me dando razão, não dormiu a noite toda tentando dar um respostão. Na falta de argumento melhor que derrubasse minha carta, tá tentando criar confusão (coisa de ET canalizador)

Ver perfil do usuário

98 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:39

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
ET-e-HHO-existe escreveu:Jonas, manda o recado via mensagem privada, tô curioso com o que tu quer com aquele assunto.

Tu tinha que ver ontem, quando eu dei a cartada final no Hugo. Ele balançou, deu uma desculpa esfarrapada não me dando razão, não dormi a noite toda tentando dar um respostão. Na falta de argumento melhor que derrubasse minha carta, tô tentando criar confusão (coisa de ET canalizador)

É, eu sei bem o que rola nessas "mensagens privadas"...kkkkkkkkkkkkkkk



Última edição por h-roo em Sex 30 Nov 2012, 01:40, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

99 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:39

Goooool! Vrummmm! Vrummmmmm!

Ver perfil do usuário

100 Re: A "pendenga torquiana" em Sex 30 Nov 2012, 01:41

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
ET-e-HHO-existe escreveu:
Goooool! Vrummmm! Vrummmmmm!

Freud axplica...kkkkkkkkkkkkk

Ver perfil do usuário

101 Re: A "pendenga torquiana" Hoje à(s) 09:02

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 4 de 19]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 11 ... 19  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum