Para quem quer poupar combustivel !


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

......

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 ...... em Qua 19 Dez 2012, 00:44

Godoy


Rank : 0
Rank : 0
.......



Última edição por Godoy em Sex 21 Dez 2012, 01:10, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

2 Re: ...... em Sex 21 Dez 2012, 00:51

Godoy


Rank : 0
Rank : 0
......

Ver perfil do usuário

3 Re: ...... em Qua 09 Jan 2013, 18:11

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="Godoy"]......[/quote]

Godoy ET, isso tem acento?

Ver perfil do usuário

4 Re: ...... em Qua 09 Jan 2013, 18:29

Sou eu não André, o Godoy pediu informações no site e ninguém deu atenção a ele. Acho que emputeceu e apagou tudo, quando eu ia dar uma "olá" para ele, ela já tinha feito isso.

Repito novamente, eu não sou o Godoy, nem o ADG e etc, eu sou apenas um et-brasileiro não huguiano

Ver perfil do usuário

5 Re: ...... em Qua 09 Jan 2013, 19:47

Godoy


Rank : 0
Rank : 0
Boas Srs!

A pergunta ficou por dias e achei que estava sendo muito abusado em perguntar tantas coisas de uma só vez.. E isso logo no primeiro post. Ai me emputeci.. kkkkk

Vlw pela atenção!

Abraço,

Godoy

Ver perfil do usuário

6 Re: ...... em Qua 09 Jan 2013, 21:01

Godoy escreveu:Boas Srs!

A pergunta ficou por dias e achei que estava sendo muito abusado em perguntar tantas coisas de uma só vez.. E isso logo no primeiro post. Ai me emputeci.. kkkkk

Vlw pela atenção!

Abraço,

Godoy

Godoy, pode recolocar sua listinha de perguntas. Quem sabe na intenção de lhe ajudar, os velhos ranhetas do pedaço param com a implicância mutua e direcionam seus posts para assuntos mais adequados. Eu lhe responderei com o que eu puder.

Só tenha paciência porque alguns aqui acham que todo mundo (usuário novo) que se inscreve no fórum sou eu, para eles, se um pássaro cagar na cabeça deles de alguma forma a culpa terá sido minha. Tenha paciênica...

Volte com as perguntas.

Ver perfil do usuário

7 Re: ...... em Qua 09 Jan 2013, 21:37

Godoy


Rank : 0
Rank : 0
-



Última edição por Godoy em Qui 10 Jan 2013, 14:46, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

8 Re: ...... em Qui 10 Jan 2013, 00:22

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="Godoy"][quote="ET-e-HHO-existe"]

Godoy, pode recolocar sua listinha de perguntas. Quem sabe na intenção de lhe ajudar, os velhos ranhetas do pedaço param com a implicância mutua e direcionam seus posts para assuntos mais adequados. Eu lhe responderei com o que eu puder.

Só tenha paciência porque alguns aqui acham que todo mundo (usuário novo) que se inscreve no fórum sou eu, para eles, se um pássaro cagar na cabeça deles de alguma forma a culpa terá sido minha. Tenha paciênica...

Volte com as perguntas.
[/quote]

Olá prezado ET,

Vejo que é muito participativo em todo o fórum. Pois acho posts seus por todos os lugares!! Pq será que acham que é sempre você um novo usuário ??? kkkkkkkkk já deve haver aprontando..

Vamos lá.. Tenho um projeto que consegue gerar por volta de 250Ah com 12v em um veículo. A idéia que tenho é de utilizar esta energia toda para a geração de HHO. Ai surgiram diversas dúvidas:

Qual eletrólito usar ?? Li em diversos posts em que alguns eletrólitos se tornam corrosivos e outros o tal do TPH ou THP é quase que milagroso.. O luis se não me falha a memória diz ser CABONATO DE POTASSIO. Há quem diga que o NITRITO DE SODIO é melhor. Qual me indicam e sua proporção de mistura com água ?? Há dados à respeito ou isso ainda precisa ser estudado ?

Também pretendo usar um sistema de GNV para injetar o gás no motor do carro. Conversei com pessoas que realizam programação de ECU e me deram como [[b][color=green]OK[/color][/b]] o uso via sistema GNV. Só há necessidade de testar com H.

Outra coisa que também tenho dúvida e segundo alguns cálculos que me foram passados.. O veículo conseguiria atingir rotação média (RPM) com +/- 30 litros minutos de gás. Há estatísticas para isso ou nada ainda ?

Não vou perguntar tudo.. Pq a cada pergunta, surgem umas 3 perguntas mais.

Obrigado e cuide mais dos seus passáros.. hehehhe

Abraço,

Godoy


[/quote]

Godoy, super audacioso esse teu projeto! 30 litros por minuto, é muita água e vapor de água, ao entrar em contato com o ar, aproximadamente 1800 litros por minuto e mais frio que a temp do HHO, ele se transforma em água novamente e consequentemente um aumento da temperatura do ar. Se for programar a ECU, ajuda, porem não resolve muito.
Nos USA, muitos tentaram 30, 50, 70LPM e deu em nada, só rendeu um vídeo falso e muitos otários tentando, é claro, ficar injetando vapor de água e querendo milagre não rola.
O Marcelo tem um produto que fara seu carro rodar pobre, injetando spray de água ou injetando HHO, tu reduz os ricos derrubando o mito (mistura pobre).
Como tu pretende utilizar com GNV, tanto spray de água quanto HHO (vapor de água) terás um ótimo resultado.
Eletrólito, o melhor é KOH e em 2º Soda Caustica, THP e outros gera (monóxido de carbono + dióxido de carbono + hidrogênio)etc, tem um fator negativo, é preciso ficar repondo o eletrólito, mas como teu projeto é especial, este último pode ser uma boa.
Dependendo do teu reator, tu pode ir usando urina pura ao invés de (água destilada e eletrólito) coleta sua própria urina e produza mais hidrogênio com mais facilidade, gastando menos corrente e só requer somente 0,30v para quebrar a molécula, urina é hoje em dia a melhor solução eletrolítica, já vem pronta é só dar aquela mijadinha no reator, lembrando que urina não deve ser utilizada em células DRY com aço 304L ou 316L.
Se tu falar como o Jonas, ele pode te fornecer xixi de pato, direto do poço dele em Curitiba, eu nunca testei xixi de pato, será que é melhor que o nosso? Jonas me manda uma amostra que eu testo aqui.

Ver perfil do usuário

9 Re: ...... em Qui 10 Jan 2013, 00:29

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="ET-e-HHO-existe"]Sou eu não André, o Godoy pediu informações no site e ninguém deu atenção a ele. Acho que emputeceu e apagou tudo, quando eu ia dar uma "olá" para ele, ela já tinha feito isso.

Repito novamente, eu não sou o Godoy, nem o ADG e etc, eu sou apenas um et-brasileiro não huguiano[/quote]


Eh, parece que nada mudou por aqui, já entramos em 2013 e a canalização continua forte, só que agora em 5º dimensão.

Ver perfil do usuário

10 Re: ...... em Qui 10 Jan 2013, 00:56

Godoy


Rank : 0
Rank : 0
acalister escreveu:
Godoy, super audacioso esse teu projeto! 30 litros por minuto, é muita água e vapor de água, ao entrar em contato com o ar, aproximadamente 1800 litros por minuto e mais frio que a temp do HHO, ele se transforma em água novamente e consequentemente um aumento da temperatura do ar. Se for programar a ECU, ajuda, porem não resolve muito.
Nos USA, muitos tentaram 30, 50, 70LPM e deu em nada, só rendeu um vídeo falso e muitos otários tentando, é claro, ficar injetando vapor de água e querendo milagre não rola.
O Marcelo tem um produto que fara seu carro rodar pobre, injetando spray de água ou injetando HHO, tu reduz os ricos derrubando o mito (mistura pobre).
Como tu pretende utilizar com GNV, tanto spray de água quanto HHO (vapor de água) terás um ótimo resultado.
Eletrólito, o melhor é KOH e em 2º Soda Caustica, THP e outros gera (monóxido de carbono + dióxido de carbono + hidrogênio)etc, tem um fator negativo, é preciso ficar repondo o eletrólito, mas como teu projeto é especial, este último pode ser uma boa.
Dependendo do teu reator, tu pode ir usando urina pura ao invés de (água destilada e eletrólito) coleta sua própria urina e produza mais hidrogênio com mais facilidade, gastando menos corrente e só requer somente 0,30v para quebrar a molécula, urina é hoje em dia a melhor solução eletrolítica, já vem pronta é só dar aquela mijadinha no reator, lembrando que urina não deve ser utilizada em células DRY com aço 304L ou 316L.
Se tu falar como o Jonas, ele pode te fornecer xixi de pato, direto do poço dele em Curitiba, eu nunca testei xixi de pato, será que é melhor que o nosso? Jonas me manda uma amostra que eu testo aqui.

Olá e muito Prazer em falar com você!
Sabe, vejo que é bem cético quanto ao sistema. Eu aqui procurando informações em um fórum que acho ser sério e você leva na brincadeira. Sinto.. mas você fala demais e ajuda de menos!

Creio que seja melhor eu mesmo desenvolver o sistema e todas as medições necessárias. Apenas como comentário: Talvez, (bem provável) que você não saiba, mas pude ver dois veículos rodando tão somente com HHO. Um deles no interior paulista com sistema bem rudimentar de geração de HHO. Mas funciona!!! e outro fora do Brasil.

Mas pessoas céticas e "velhos ranhetas" como o ET disse.. há aos montes e parece que me deparei com um.

Passar bem!

Ver perfil do usuário

11 Re: ...... em Qui 10 Jan 2013, 01:03

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="Godoy"][quote="acalister"]
Godoy, super audacioso esse teu projeto! 30 litros por minuto, é muita água e vapor de água, ao entrar em contato com o ar, aproximadamente 1800 litros por minuto e mais frio que a temp do HHO, ele se transforma em água novamente e consequentemente um aumento da temperatura do ar. Se for programar a ECU, ajuda, porem não resolve muito.
Nos USA, muitos tentaram 30, 50, 70LPM e deu em nada, só rendeu um vídeo falso e muitos otários tentando, é claro, ficar injetando vapor de água e querendo milagre não rola.
O Marcelo tem um produto que fara seu carro rodar pobre, injetando spray de água ou injetando HHO, tu reduz os ricos derrubando o mito (mistura pobre).
Como tu pretende utilizar com GNV, tanto spray de água quanto HHO (vapor de água) terás um ótimo resultado.
Eletrólito, o melhor é KOH e em 2º Soda Caustica, THP e outros gera (monóxido de carbono + dióxido de carbono + hidrogênio)etc, tem um fator negativo, é preciso ficar repondo o eletrólito, mas como teu projeto é especial, este último pode ser uma boa.
Dependendo do teu reator, tu pode ir usando urina pura ao invés de (água destilada e eletrólito) coleta sua própria urina e produza mais hidrogênio com mais facilidade, gastando menos corrente e só requer somente 0,30v para quebrar a molécula, urina é hoje em dia a melhor solução eletrolítica, já vem pronta é só dar aquela mijadinha no reator, lembrando que urina não deve ser utilizada em células DRY com aço 304L ou 316L.
Se tu falar como o Jonas, ele pode te fornecer xixi de pato, direto do poço dele em Curitiba, eu nunca testei xixi de pato, será que é melhor que o nosso? Jonas me manda uma amostra que eu testo aqui.
[/quote]

Olá e muito Prazer em falar com você!
Sabe, vejo que é bem cético quanto ao sistema. Eu aqui procurando informações em um fórum que acho ser sério e você leva na brincadeira. Sinto.. mas você fala demais e ajuda de menos!

Creio que seja melhor eu mesmo desenvolver o sistema e todas as medições necessárias. Apenas como comentário: Talvez, (bem provável) que você não saiba, mas pude ver dois veículos rodando tão somente com HHO. Um deles no interior paulista com sistema bem rudimentar de geração de HHO. Mas funciona!!! e outro fora do Brasil.

Mas pessoas céticas e "velhos ranhetas" como o ET disse.. há aos montes e parece que me deparei com um.

Passar bem![/quote]

Sério, isso é o máximo (sistema rudimentar de geração de HHO), parabéns, vc viu um elefante branco, Hugo, prefiro suas canalizações, conta outra meu velho.rsrs

Ver perfil do usuário

12 Re: ...... em Qui 10 Jan 2013, 09:01

Godoy escreveu:
acalister escreveu:
Godoy, super audacioso esse teu projeto! 30 litros por minuto, é muita água e vapor de água, ao entrar em contato com o ar, aproximadamente 1800 litros por minuto e mais frio que a temp do HHO, ele se transforma em água novamente e consequentemente um aumento da temperatura do ar. Se for programar a ECU, ajuda, porem não resolve muito.
Nos USA, muitos tentaram 30, 50, 70LPM e deu em nada, só rendeu um vídeo falso e muitos otários tentando, é claro, ficar injetando vapor de água e querendo milagre não rola.
O Marcelo tem um produto que fara seu carro rodar pobre, injetando spray de água ou injetando HHO, tu reduz os ricos derrubando o mito (mistura pobre).
Como tu pretende utilizar com GNV, tanto spray de água quanto HHO (vapor de água) terás um ótimo resultado.
Eletrólito, o melhor é KOH e em 2º Soda Caustica, THP e outros gera (monóxido de carbono + dióxido de carbono + hidrogênio)etc, tem um fator negativo, é preciso ficar repondo o eletrólito, mas como teu projeto é especial, este último pode ser uma boa.
Dependendo do teu reator, tu pode ir usando urina pura ao invés de (água destilada e eletrólito) coleta sua própria urina e produza mais hidrogênio com mais facilidade, gastando menos corrente e só requer somente 0,30v para quebrar a molécula, urina é hoje em dia a melhor solução eletrolítica, já vem pronta é só dar aquela mijadinha no reator, lembrando que urina não deve ser utilizada em células DRY com aço 304L ou 316L.
Se tu falar como o Jonas, ele pode te fornecer xixi de pato, direto do poço dele em Curitiba, eu nunca testei xixi de pato, será que é melhor que o nosso? Jonas me manda uma amostra que eu testo aqui.

Olá e muito Prazer em falar com você!
Sabe, vejo que é bem cético quanto ao sistema. Eu aqui procurando informações em um fórum que acho ser sério e você leva na brincadeira. Sinto.. mas você fala demais e ajuda de menos!

Creio que seja melhor eu mesmo desenvolver o sistema e todas as medições necessárias. Apenas como comentário: Talvez, (bem provável) que você não saiba, mas pude ver dois veículos rodando tão somente com HHO. Um deles no interior paulista com sistema bem rudimentar de geração de HHO. Mas funciona!!! e outro fora do Brasil.

Mas pessoas céticas e "velhos ranhetas" como o ET disse.. há aos montes e parece que me deparei com um.

Passar bem!

Godoy, em meio a alguma sacanagem (como o xixi de pato) o André falou umas verdades que lhe escapou (como o xixi de gente mesmo). Não que xixi de gente seja melhor que o do pato, mais é mais fácil de coletar.

Quando o André disse para tu mijar dentro da célula eletrolítica, ela estava fazendo alusão a usar ureia como eletrólito. Perca um tempo no Google e veja que realmente a ureia é uma excelente eletrólito para geração de gás hidrogênio.

(pausa para sua pesquisa no Google sobre ureia na geração eletrolítica de hidrogênio)

Percebeu? Como disse o Andre, com ureia tu abaixa a voltagem necessária para eletrólise e, se não me esqueci do artigo, decompõe a ureia em várias coisa, entre elas o hidrogênio, e também gera hidrogênio nos dois polos, ou nos dois eletrodos, daí a geração aumentada de hidrogênio. Não sei se mijar no gerador vai dar certo, ou se tu tem mesmo que comprar ureia pura para fazer a mistura, mas lembre-se que esse processo consome a ureia, diferente de se usar KOH ou NaOH como eletrólito.

Tu precisa aprender a filtrar o que tem de ranhetice e um pouco de piada das mensagens do Andre, mas nem tudo que ele lhe disse é sacanagem, só que tu não soube filtrar o joio do trigo.

Ver perfil do usuário

13 Re: ...... em Qui 10 Jan 2013, 10:01

Godoy, estou com sono, depois te dou a minha opinião sobre seus outros questionamentos.

Ver perfil do usuário

14 Re: ...... em Qui 10 Jan 2013, 18:31

Godoy escreveu:

Olá prezado ET,

Vejo que é muito participativo em todo o fórum. Pois acho posts seus por todos os lugares!! Pq será que acham que é sempre você um novo usuário ??? kkkkkkkkk já deve haver aprontando..

Vamos lá.. Tenho um projeto que consegue gerar por volta de 250Ah com 12v em um veículo. A idéia que tenho é de utilizar esta energia toda para a geração de HHO. Ai surgiram diversas dúvidas:

Qual eletrólito usar ?? Li em diversos posts em que alguns eletrólitos se tornam corrosivos e outros o tal do TPH ou THP é quase que milagroso.. O luis se não me falha a memória diz ser CABONATO DE POTASSIO. Há quem diga que o NITRITO DE SODIO é melhor. Qual me indicam e sua proporção de mistura com água ?? Há dados à respeito ou isso ainda precisa ser estudado ?

Também pretendo usar um sistema de GNV para injetar o gás no motor do carro. Conversei com pessoas que realizam programação de ECU e me deram como [OK] o uso via sistema GNV. Só há necessidade de testar com H.

Outra coisa que também tenho dúvida e segundo alguns cálculos que me foram passados.. O veículo conseguiria atingir rotação média (RPM) com +/- 30 litros minutos de gás. Há estatísticas para isso ou nada ainda ?

Não vou perguntar tudo.. Pq a cada pergunta, surgem umas 3 perguntas mais.

Obrigado e cuide mais dos seus passáros.. hehehhe

Abraço,

Godoy




Pô Godoy, tu já apagou as perguntas novamente! Mais não adiantou porque elas agora ficaram eternizadas nas citações minhas e do André.

Vou te responder o que eu sei.

Godoy escreveu:Vamos lá.. Tenho um projeto que consegue gerar por volta de 250Ah com 12v em um veículo.

O que estaria gerando essa energia no carro? Seria um grupo de alternadores, ou seria outra fonte energética diferente? Se for alguma coisa, como alternadores ligados mecanicamente ao motor do carro, você estaria retirando a energia para mover esses alternadores do próprio motor do carro. Se você estiver fazendo um motor a vapor, que retira sua energia térmica do calor da descarga, ai sim tu estaria entrando com energia perdida da combustão no motor, funcionaria. Pegou a diferença?

Godoy escreveu:A idéia que tenho é de utilizar esta energia toda para a geração de HHO.
Ótima ideia, desde que tu aproveite a energia térmica descartada na descarga. Se for utilizada a energia de movimento do próprio motor, então tu entra num balanço energético desfavorável que te explico depois e que é o motivo da resistência do André ao teu projeto.

Com 12V (imagino que venha de um alternador, então seria mais correto 13,8V) e 250A, tu poderia gerar uns 17 LPM (litros por minuto) de HHO seco (sem vapor). O problema é como fazer esse HHO superar o gasto de energia para gera-lo.

Godoy escreveu:Qual eletrólito usar ?? Li em diversos posts em que alguns eletrólitos se tornam corrosivos e outros o tal do TPH ou THP é quase que milagroso.. O luis se não me falha a memória diz ser CABONATO DE POTASSIO. Há quem diga que o NITRITO DE SODIO é melhor. Qual me indicam e sua proporção de mistura com água ?? Há dados à respeito ou isso ainda precisa ser estudado ?

O eletrólito + os eletrodos + a voltagem entre dois eletrodos, definem o que será eletrolisado, se a água somente, se o eletrodo também, se o próprio eletrólito será eletrolisado. Pega sal de cozinha + água com eletrodos de cobre (fios de cobre). Tu vai perceber que desprende gás hidrogênio do polo (-) e o polo (+) se desmancha. Quem foi eletrolisado ai foram o eletrodo positivo (que se desmancha), a água e o próprio sal, todos se desmancham e criam produtos químicos novos, gerando gás hidrogênio, soda cáustica (isso mesmo, produz soda cáustica) e um composto de cobre que não sei o nome.

Então o eletrólito que tu vai usar depende do que tu vai criar, onde tu pode partir duma inofensiva água salgada e terminar com sodá cáustica e um composto de cobre, mas com o puro hidrogênio desprendido no processo. Me parece que a voltagem para eletrolise em água salgada é menor que na eletrólise com soda cáustica e gera mais hidrogênio por menas energia.

Numa outra situação, ainda usando água salgada, tu coloca eletrodos resistentes ao cloro no polo positivo (como grafite) e não haverá corrosão do eletrodo e tu vai gerar gás cloro + gás hidrogênio + soda cáustica na solução. Quando o sal se acabar, for todo eletrolisado, tu tem uma outra solução eletrolítica, agora com soda cáustica, que vai continuar a eletrólise de forma diferente, mas só depois de esgotar o sal da água.

Nota: O gás cloro é mortal, eu mesmo quase morri fazendo essa eletrólise e aconselho cuidados com o gás cloro.

Daí eu te pergunto, o que acontece numa eletrólise com carbonato de potássio, THP, Nitrito de sódio e etc., eu não sei, só sei que cada caso é um caso e eletrolise da água não acontecerá com todos eles.

Isso deixa a soda cáustica e o hidróxido de potássio como principais candidatos por serem exaustivamente descritos e não serem consumidos no processo, só se eletrólise a água e só gera os gases oxigênio e hidrogênio, salvo alguma corrosão no polo positivo, que pode ser evitada, ou minimizada bastante. O Jonas faz eletrólise com soda cáustica que não corroí o eletrodo positivo.

Antes de optar por um eletrólito, tenta descobrir o que ele gera em termos de produtos químicos, o que ele desmancha para fazer esses novos compostos (quem é eletrolisado) e o gasto de energia do processo.

Eletrolise da água, eu só garanto com o uso do hidróxido de potássio e o hidróxido de sódio (soda cáustica)

Godoy escreveu:Também pretendo usar um sistema de GNV para injetar o gás no motor do carro. Conversei com pessoas que realizam programação de ECU e me deram como [OK] o uso via sistema GNV. Só há necessidade de testar com H.

Imagino que tu quer injetar os produtos gasosos da eletrólise (que pode ser o HHO, ou não) direto por bicos injetores. Se tu conseguir fazer isso é ótimo em todas as circunstâncias.

Godoy escreveu:Outra coisa que também tenho dúvida e segundo alguns cálculos que me foram passados.. O veículo conseguiria atingir rotação média (RPM) com +/- 30 litros minutos de gás. Há estatísticas para isso ou nada ainda ?

Minha conta é a seguinte:

gás hidrogênio é 3x mais energético que a gasolina (ou até o GNV) em peso. Então eu substituo 3 gramas de gasolina (ou GNV) por 1 grama de gás hidrogênio.

1 grama de gás hidrogênio ocupa perto de 13 litros, já 3 gramas de gasolina ocupa uns 4 mililitros. Ainda tem o detalhe que o HHO seco (sem vapor d'água junto) possui apenas 2/3 do volume com gás hidrogênio, então precisaria perto de 19 litros de HHO para se ter 1 grama de gás hidrogênio.

Então seria uma equivalência de 19 litros de HHO para cada 4 mililitros de gasolina. Isso daria os 30 litro por minuto de HHO com a mesma autonomia de 6,3 mililitros de gasolina por minuto.

Godoy escreveu:Não vou perguntar tudo.. Pq a cada pergunta, surgem umas 3 perguntas mais.

Estou aguardando suas outras considerações, isso se tu voltar aqui.

Ver perfil do usuário

15 Re: ...... em Sex 11 Jan 2013, 04:14

ET-e-HHO-existe escreveu:

...

Godoy escreveu:A idéia que tenho é de utilizar esta energia toda para a geração de HHO.
Ótima ideia, desde que tu aproveite a energia térmica descartada na descarga. Se for utilizada a energia de movimento do próprio motor, então tu entra num balanço energético desfavorável que te explico depois e que é o motivo da resistência do André ao teu projeto.

...


Godoy, um dos grandes problemas para justificar o HHO é que fazer eletrólise da água gasta mais energia elétrica do que a energia que será liberada pelo gás hidrogênio criado no processo.

Você não pode pensar que o alternador gera mais energia elétrica do que consome energia mecânica do motor, com o consequente acréscimo de gasto de gasolina. Você não pode pensar que a eletrólise separa o suposto poderoso átomo de hidrogênio da água de forma fácil e com pouca energia, pois a energia do gás hidrogênio está nas ligações químicas entre seus dois átomos e não no átomo em si. Não compare com a energia da fusão atômica do hidrogênio, porque isso é um processo muito diferente da combustão do gás hidrogênio.

Não existe saída, a gasolina queima no motor e digamos que somente 30% dessa energia vira energia mecânica no motor, o restante se joga fora na forma de calor. O alternador gasta mais energia mecânica do que gera energia elétrica. A eletrólise gasta mais energia elétrica, umas 2x mais, que terá o gás hidrogênio produzido.

No final das contas, se o alternador ao alimentar sua célula eletrolítica gerou uma quantidade de HHO com uma capacidade de “X” de energia armazenada, essa mesma célula eletrolítica provocou um gasto de gasolina de umas 8x mais que essa energia acumulada no HHO. Esse é o balanço energético negativo.

Qual a alegação para dizer que o HHO funciona? A alegação é que adicionar HHO a combustão, sobe o rendimento do motor de 30% para, digamos, 50%. Se isso acontecer, então o HHO faria o trabalho semelhante a um catalisador do aproveitamento energético do motor, superando as perdas do balanço negativo de energia calculado antes. Entendeu?

Seria assim:

Teu carro gasta “X” de energia mecânica para se movimentar, mas queima 3,3x mais energia da gasolina que a que gasta movendo o carro. Isso significa que se seu carro fosse 100% eficiente, ao invés de 30% eficiente, tu gastaria 1 litro de combustível no lugar de 3 litros.

Se tu usa uma porção de HHO e consegue um processo quase catalítico que faz o rendimento do seu carro subir de 30% para 50%, então gastaria 600ml de gasolina no lugar de 1 litro. Isso não só para produzir o HHO, que ainda teria balanço negativo, mas para toda a energia do motor, fazendo que aparecesse muitos cavalos extras pelo mesmo consumo e superando o que foi perdido na eletrólise, que sempre terá um balanço negativo energético nesse sistema.

Pensa bem o que tu quer fazer com essa luz que te dei e me passa sua impressão.

Ver perfil do usuário

16 Re: ...... em Sex 11 Jan 2013, 04:18

Será que o Godoy volta ou se dará ao trabalho de ler e entender o que foi descrito para ele? Quem poderá saber...

Ver perfil do usuário

17 Re: ...... em Ter 15 Jan 2013, 15:41

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="ET-e-HHO-existe"][quote="ET-e-HHO-existe"]

...

[quote="Godoy"]A idéia que tenho é de utilizar esta energia toda para a geração de HHO.[/quote]
Ótima ideia, desde que tu aproveite a energia térmica descartada na descarga. Se for utilizada a energia de movimento do próprio motor, então [color=red]tu entra num balanço energético desfavorável que te explico depois [/color]e que é o motivo da resistência do André ao teu projeto.

...

[/quote]

Godoy, um dos grandes problemas para justificar o HHO é que fazer eletrólise da água gasta mais energia elétrica do que a energia que será liberada pelo gás hidrogênio criado no processo.

Você não pode pensar que o alternador gera mais energia elétrica do que consome energia mecânica do motor, com o consequente acréscimo de gasto de gasolina. Você não pode pensar que a eletrólise separa o suposto poderoso átomo de hidrogênio da água de forma fácil e com pouca energia, pois a energia do gás hidrogênio está nas ligações químicas entre seus dois átomos e não no átomo em si. Não compare com a energia da fusão atômica do hidrogênio, porque isso é um processo muito diferente da combustão do gás hidrogênio.

Não existe saída, a gasolina queima no motor e digamos que somente 30% dessa energia vira energia mecânica no motor, o restante se joga fora na forma de calor. O alternador gasta mais energia mecânica do que gera energia elétrica. A eletrólise gasta mais energia elétrica, umas 2x mais, que terá o gás hidrogênio produzido.

No final das contas, se o alternador ao alimentar sua célula eletrolítica gerou uma quantidade de HHO com uma capacidade de “X” de energia armazenada, essa mesma célula eletrolítica provocou um gasto de gasolina de umas 8x mais que essa energia acumulada no HHO. Esse é o balanço energético negativo.

Qual a alegação para dizer que o HHO funciona? A alegação é que adicionar HHO a combustão, sobe o rendimento do motor de 30% para, digamos, 50%. Se isso acontecer, então o HHO faria o trabalho semelhante a um catalisador do aproveitamento energético do motor, superando as perdas do balanço negativo de energia calculado antes. Entendeu?

Seria assim:

Teu carro gasta “X” de energia mecânica para se movimentar, mas queima 3,3x mais energia da gasolina que a que gasta movendo o carro. Isso significa que se seu carro fosse 100% eficiente, ao invés de 30% eficiente, tu gastaria 1 litro de combustível no lugar de 3 litros.

Se tu usa uma porção de HHO e consegue um processo quase catalítico que faz o rendimento do seu carro subir de 30% para 50%, então gastaria 600ml de gasolina no lugar de 1 litro. Isso não só para produzir o HHO, que ainda teria balanço negativo, mas para toda a energia do motor, fazendo que aparecesse muitos cavalos extras pelo mesmo consumo e superando o que foi perdido na eletrólise, que sempre terá um balanço negativo energético nesse sistema.

Pensa bem o que tu quer fazer com essa luz que te dei e me passa sua impressão.
[/quote]


Eh ET, tem gente que acha que a energia do alternador vem do cosmos, outros mais espertos acham que vem da bateria que se recarrega por si só com energia divina, perpétua e grátis, muito bem colocado por vc ai acima, ainda vejo vendedores do ML anunciando o milagre da energia livre embutido nos KITS HHO etc, mas me parece que a farra já acabou, tem um (ET)de verdade começando a questionar isso por lá, enfim, isso não é nada perto do anuncio de um kit que produz 10LPM gastando somente 6Ah, o cara é um gênio da ciência e ainda não tah sabendo, merece o premio Nobel, será que ninguém vai avisar ele?
ET eu te garanto que o segredo do vendedor do ML (10LPM/6Ah) esta no fluxometro de ar, mau sabe ele que o gás medido deveria ser seco, pois a umidade criada pelo gás de HHO atrapalha e cria resistência mecânica no marcador, ou seja, marca errado, pois o fluxometro de ar não é apropriado para medir HHO ou vapor, somente ar.

Ver perfil do usuário

18 Re: ...... em Ter 15 Jan 2013, 20:22

Pois é André, primeiro por desinformação o cara pensa assim, depois por teimosia. Fazer oque?

Outra, notou que se não ouvir o que quer, o Godoy some e apaga o que postou? Sabe quem gosta de apagar tudo que posta? O vapor elétrico, postou dois vídeos a poucos dias atrás e já apagou.

Vapor, se tu passar por aqui, saiba que tem gente doido para ter público no youtube para ganhar dim-dim. Tu apaga os vídeos doidos que faz e poderia ter um público doido que gosta disso, mas assim nem isso tu vai ter. Fica esperando teu carro a água funcionar, fica...

Ver perfil do usuário

19 Re: ...... em Ter 15 Jan 2013, 21:10

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="ET-e-HHO-existe"]Pois é André, primeiro por desinformação o cara pensa assim, depois por teimosia. Fazer oque?

Outra, notou que se não ouvir o que quer, o Godoy some e apaga o que postou? Sabe quem gosta de apagar tudo que posta? O vapor elétrico, postou dois vídeos a poucos dias atrás e já apagou.

Vapor, se tu passar por aqui, saiba que tem gente doido para ter público no youtube para ganhar dim-dim. Tu apaga os vídeos doidos que faz e poderia ter um público doido que gosta disso, mas assim nem isso tu vai ter. Fica esperando teu carro a água funcionar, fica...[/quote]

Opa, essa de perguntar e depois apagar aprendi com um gringo europeu, taca fogo no mato e sai correndo sem deixar pistas, ficando a resposta e não a pergunta, no caso do vaporeletrico é diferente, ele posta esperando uma dica, quando fisga um bom peixe (boa dica), tira a isca do ar e parte para o novo projeto, e assim a esperança continua, fé etc.
Fevereiro esta chegando e o cachimbo versão beta será relançado nos USA, o tempo esta correndo e até agora não sei como o Al Soarez vai fazer para mascarar o liquido (catalizador), se ele abrir o jogo, é certeza, não ganhará dinheiro e possivelmente levara todos os kits de HHO utilizado como suplemento pro buraco, será isso mesmo? tô pagando pra ver.
Vaporeletrico, cadê o carro movido a água? analisando melhor, com tantas baterias assim é mais fácil partir pra um motor elétrico e não um otto a água.

Ver perfil do usuário

20 Re: ...... Hoje à(s) 04:50

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum