Para quem quer poupar combustivel !


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

AULA 2 HISTORIA DO HIDROGENIO E COMO FUNINCIONA BY HIDROGENS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

ENERGIAHHO


Rank : 1
Rank : 1

Hidrogênio

O hidrogênio é o mais abundante dos elementos químicos, constituindo aproximadamente 75% da massa elementar do universo.

O hidrogênio é menos inflamável que a gasolina. A temperatura de auto-ignição do hidrogênio é de 550 graus Celsius. Gasolina varia de 228-501 graus Celsius, dependendo do grau.


Hidrogénio dispersa rapidamente. Sendo o elemento mais leve (quinze vezes mais leve que o ar) aumenta, hidrogênio e espalha-se rapidamente na atmosfera. Assim, quando ocorre um vazamento, o gás hidrogênio rapidamente se torna tão escasso que não pode queimar.


Hidrogênio não é tóxico. O hidrogênio é um elemento não-tóxico, que ocorre naturalmente na atmosfera. Em comparação, todos os combustíveis derivados do petróleo são asfixiantes, e são tóxicos para os seres humanos.


A combustão do hidrogênio produz apenas água. Quando o hidrogênio puro é queimado em oxigênio puro, só água pura é produzida. Concedido, isso é um cenário ideal, o que não ocorre fora dos laboratórios e do ônibus espacial. In Em qualquer caso, quando um motor queima o hidrogênio, ele realmente limpa o ar ambiente, através do preenchimento de combustão dos hidrocarbonetos que nos rodeiam. Em comparação com os compostos tóxicos (monóxido de carbono, óxidos de nitrogênio e sulfureto de hidrogénio) produzidos por combustíveis derivados do petróleo, os produtos da queima de hidrogênio são muito mais seguros.



A combustão de hidrogénio como um estimulante

O hidrogênio queima mais rapidamente do que os combustíveis de hidrocarbonetos, pois é menor e entra em reações de combustão com maior velocidade, possui energia de ativação menor, e incorre molecular colisões mais do que as moléculas mais pesadas. Estas características tornam possível a utilização de misturas de hidrogênio com os combustíveis de hidrocarbonetos convencionais, tais como gasolina, diesel e gás propano para reduzir as emissões de hidrocarbonetos não queimados. Transição dos combustíveis fósseis para o hidrogénio renovável pelo uso de misturas de hidrogênio em pequenas quantidades com combustíveis convencionais, oferece reduções significativas nas emissões. Utilização de hidrogénio como um estimulante de combustão torna possível para os outros combustíveis para atender as necessidades futuras de emissões de escape mais baixa . Mistura de hidrogênio com os combustíveis de hidrocarbonetos fornece estimulação de combustão, aumentando a taxa de quebra de processos moleculares em que as grandes hidrocarbonetos são divididos em fragmentos menores. Acelerar a produção de pequenos fragmentos moleculares é benéfico no aumento do rácio entre a superfície e o volume consequente exposição ao oxigênio para a conclusão do processo de combustão. Relativamente pequena quantidade de hidrogênio pode aumentar drasticamente a potência e reduzir as emissões de poluentes atmosféricos.





Segue abaixo uma breve história deste elemento , desde a sua descoberta até os dias atuais.




.... Henry Cavendish , London 1731 - 1810Henry Cavendish, Londres 1731 - 1810
1766 1766 - Henry Cavendish, foi um cientista britânico que fez a descoberta do hidrogênio ou o que ele chamava de "ar inflamável". [1] Ele descreveu a densidade do ar inflamável, em 1766 um documento intitulado "Em factício Airs" .).Antoine Lavoisier posteriormente reproduzido Cavendish no seu experimento, e deu o seu nome do elemento (hidrogénio).
Martinus van Marum Martinus van Marum, Delft, Groningen, Harlem, 1750 - 1837
1776 - .1776 - cientista holandês Martinus van Marum fez várias experiências com a electricidade.Durante uma de suas experiências (Groningen) criou gás Oxigênio e Hidrogênio através da electrolise .Ele descobriu (por acidente?) Que esta mistura pode ser inflamado (explodiu), por uma faísca elétrica.
1781 - Antoine-Laurent de Lavoisier ,.1781 - Antoine-Laurent de Lavoisier, Paris,1743-1794, foi um nobre francês proeminente na história da química, finanças, biologia e economia.Ele afirmou a primeira versão da lei de conservação de massa [2], reconhecido e chamado de oxigênio (1778) e hidrogênio (1783)



1781 ;1781 -O famoso cientista francês Lavoisier escreveu;
" Léau est le grand réservoir, où la Nature trouve la masse de combustibles, qu'elle forme continuellement sous no yeux, et la vegetation paroît être son grand moyen " (M.1781. p. 491). "Léau est le grand reservatório, où la Nature Trouve la massa de combustíveis, qu'elle forme sous continuellement não yeux, et la vegetação paroît ser filho grand moyen" (M.1781. P. 491).
".Que diz: "A água é o grande tanque, onde a natureza encontra a massa de combustível, o que continuamente formas sob os nossos olhos, a vegetação ea célula a ser a sua grande forma."
1789 -(Amesterdão) provou com suas experiências, pela primeira vez, que elementos que formam a água são exactamente 1 parte de oxigênio e 2 partes de hidrogénio a electricidade utilizada para dividir água em seus elementos e utilizados para uma faísca para combinar os elementos novamente na água.No mesmo experimento eles foram capazes de medir o volume exacto dos elementos.
1803
1826 - 1826 - Thomas Drummond descobriu que uma iluminação intensa é criado quando um oxyhydrogen chama é dirigido a um cilindro de óxido de cálcio, que pode ser aumentado para branco calor sem derreter. Ele construiu o chamado "Drummond Luz" também calles "Limelight". Este "Drummond Light'' 'pode ser criado com oxyhydrogen gás e óxido de cálcio.
1860 - . 1860 - Sr. Jean Joseph Étienne Lenoir de Bélgica / França construiu o primeiro carro que produziu o seu próprio combustível hidrogênio combustível a bordo por electrólise (alimentado por uma bateria).
(1860)Primeira água powered car (1860)


1875 - Jules Verne 1875 - Jules Verne em seu livro A ilha misteriosa, escreveu a seguinte idade:
"Água decomposto em seus elementos primitivos, e decomposta sem dúvida pela eletricidade, que terá, então, tornar-se uma poderosa e gerenciável força. Sim, meus amigos, acredito que a água vai ser um dia empregada como combustível".
A
1918 - Mr. 1918 - O Sr. . Charles H. Frazer patenteado o primeiro "Hidrogénio Booster" sistema de motores de combustão inte Patent.No. E.U.A. Patent.No.1,262,034 . 1262034 Ele afirmou que sua invenção: 1 - aumenta a eficiência dos motores de combustão .2 - Completa a combustão de hidrocarbonetos.3 - Motor vai ficar mais limpo..4 - Baixa qualidade do combustível pode ser usado com igual desempenho
.
1943 - 1945 -. 1943 - 1945 - Em virtude da grave escassez de combustível convencional, no final da WW2, o exército britânico Oxyhydrogen usou geradores de gases em seus tanques, barcos e outros veículos para obter uma melhor milhagem e de evitar um sobreaquecimento do motor de seus veículos utilizados na África.Logo depois da WW2 o governo ordenou a remover e destruir todos os geradores dos veículos.

...Mas, pelo menos, alguns geradores sobreviveu..Em meados da década de 1970 uma empresa alemã chamada Lötgerat produzido Oxyhydrogen geradores..Eles usaram todos os novos materiais e peças .......... exceto para a unidade do borbulhador do gerador .Eles são, obviamente, muito mais velhos e feitos de aço sólido. Feita da mesma forma como todos os outros equipamentos do exército. Construído para durar.É por isso existe alguns destes prototicos funcionando ate hoje.




1977 A NASA Lewis Research Center. realizou uma série de ensaios com um grande motor V8 pistões. Eles estavam interessados no que Hidrogénio tinha efeitos sobre o funcionamento do motor. Os resultados foram impressionantes. Também propôs um método alternativo para produzir o gás que é mais eficiente do que o habitual eletrólise.

Documento da NASA: NASA TN D-8478 C.1 datado de maio 1977
O nome do documentario é
"EMISSIONS AND TOTAL ENERGY CONSUMPTION OF A MULTICYLINDER PISTON ENGINE RUNNING ON GASOLINE AND A HYDROGEN-GASOLINE MIXTURE". "TOTAL DE EMISSÕES E CONSUMO DE ENERGIA DE UM PISTÃO motor a gasolina convencional e um HIDROGÊNIO-GASOLINA". Ler este documento



1990 - Juan Carlos Aquerò patenteou um sistema de energia transformadora para os motores de combustão interna que utiliza hidrogênio e oxigênio vapor. Europeen patente: 0 405 919 A1 / 90306988,8 26-06-1990.


2006 - Mr. Dennis J. Klein e mr. RM Santilli E.U.A. da Flórida tem uma patente para um "Instrumento e método para a conversão da água em uma nova forma de gases poluentes e de combustíveis e do gás combustível formado por ela." Patent No. E.U. 2006/0075683 A1. gases que produzem o que eles chamam de HHO. Sr. Denny Klein Aquygen, Fl.
2008 - Especialmente o mercado de geradores HHO e poupadores de combustível parece estar crescendo. Vários fabricantes e distribuidores destes produtos estam aparecendo. A qualidade dos geradores varia. Provou-se que os motores de combustão interna, que impulsionada com o oxigênio do hidrogênio roda mais suave que os que utilizam combustíveis convencionais e que a polui menos o ar. Ver página combustível aforradores.

veja esta reportagem

Com um gerador de hidrogênio, carro pode atingir mais de 320 km/h. 10 de junho de 2008

É possível que um carro atinja mais de 320 km/h e, ainda assim, obtenha uma média de consumo em estrada de até 17 km/l? Podia não ser até pouco tempo atrás, mas isso vai se tornar realidade a partir do último trimestre de 2008, quando serão entregues as primeiras unidades do Ronn Scorpion. O segredo dele é simples: usar hidrogênio na queima, em uma proporção de 40% do gás para 60% de gasolina.

O sistema que permite essa solução foi desenvolvido pela empresa Hydrorunner e consiste de um tanque de água de 11,3 litros que sofre eletrólise e libera o hidrogênio, assim como oxigênio. Abastecido, o tanque de água dura até 1.600 km sem necessidade de reabastecimento.

Tanto o gás quanto a gasolina alimentam um motor moderno, o Acura V6 3.5, da subsidiária de luxo da Honda. Ao contrário dos modernos motores V6 da marca japonesa, que contam com o sistema VCM (Variable Cylinder Management, ou gerenciamento variável de cilindros), todos os cilindros do motor do Ronn Scorpion funcionam o tempo todo. Se pudessem ser desligados, eles provavelmente gerariam ainda mais economia ao supercarro ecológico.

Haverá duas versões do supercarro, que é feito de fibra de carbono com chassi de cromo-molibdênio: uma com motor aspirado, de 293 cv, e outra com motor biturbo, de 456 cv. Com essa estrutura, o carro pesa meros 950 kg, o que ajuda a explicar sua alta performance.

O Scorpion será vendido em série limitada, de no máximo 200 unidades, e custará, nos EUA, US$ 150 mil. A empresa já está aceitando encomendas, com um depósito mínimo de US$ 50 mil. Há chances de que esse supercarro venha para o Brasil? "O carro será vendido nos EUA, mas pode ser enviado a qualquer parte do mundo, com as despesas correndo por conta do comprador", disse ao WebMotors Adrian Pylypec, vice-presidente de vendas e marketing da Ronn Motor Company.

Ver perfil do usuário
ENERGIAHHO escreveu:... O hidrogênio queima mais rapidamente do que os combustíveis de hidrocarbonetos, pois é menor e entra em reações de combustão com maior velocidade, possui energia de ativação menor, e incorre molecular colisões mais do que as moléculas mais pesadas. Estas características tornam possível a utilização de misturas de hidrogênio com os combustíveis de hidrocarbonetos convencionais, tais como gasolina, diesel e gás propano para reduzir as emissões de hidrocarbonetos não queimados. Transição dos combustíveis fósseis para o hidrogénio renovável pelo uso de misturas de hidrogênio em pequenas quantidades com combustíveis convencionais, oferece reduções significativas nas emissões. Utilização de hidrogénio como um estimulante de combustão torna possível para os outros combustíveis para atender as necessidades futuras de emissões de escape mais baixa . Mistura de hidrogênio com os combustíveis de hidrocarbonetos fornece estimulação de combustão, aumentando a taxa de quebra de processos moleculares em que as grandes hidrocarbonetos são divididos em fragmentos menores. Acelerar a produção de pequenos fragmentos moleculares é benéfico no aumento do rácio entre a superfície e o volume consequente exposição ao oxigênio para a conclusão do processo de combustão. Relativamente pequena quantidade de hidrogênio pode aumentar drasticamente a potência e reduzir as emissões de poluentes atmosféricos.
...


Acredito em tudo que você disse, só que...

Notem que só a idéia é transmitida e não as quantidades. Qual é a pequena quantidade de hidrogênio que vai gerar isso tudo? Se eu usa-se isso no meu carro e funciona-se, eu saberia. Especialmente se sou um vendedor disso.

Propaganda repetida, tu só imagina, nunca mediu, nunca teve certeza, só copia e cola.

Em outro pedaço tu diz que a Nasa encontrou outro método de extrair o hidrogênio que não a eletrolise, teu aparelho é assim? Parece que a Nasa descobriu que pra fazer as “pequenas quantidades de hidrogênio” por eletrolise embarcada no veiculo, alimentada pelo alternador, ainda era pequena demais, precisava de uma produção maior.



Ver perfil do usuário

ENERGIAHHO


Rank : 1
Rank : 1
ligue para meu cliente em Brasilia e mate sua curiosidade o veiculo dele faz 50% cidade 70% estrada de economia depois me ligue e compre ok, sr george 61 84066471 fale que foi o fabricio obrigado

Ver perfil do usuário

priofria


Rank : 0
Rank : 0
[quote="ENERGIAHHO"]
Hidrogênio
                                               
O hidrogênio é o mais abundante dos elementos químicos, constituindo aproximadamente 75% da massa elementar do universo.

O hidrogênio é menos inflamável que a gasolina. A temperatura de auto-ignição do hidrogênio é de 550 graus Celsius.  Gasolina varia de 228-501 graus Celsius, dependendo do grau.


Hidrogénio dispersa rapidamente. Sendo o elemento mais leve (quinze vezes mais leve que o ar) aumenta, hidrogênio e espalha-se rapidamente na atmosfera.  Assim, quando ocorre um vazamento, o gás hidrogênio rapidamente se torna tão escasso que não pode queimar.


Hidrogênio não é tóxico.  O hidrogênio é um elemento não-tóxico, que ocorre naturalmente na atmosfera.  Em comparação, todos os combustíveis derivados do petróleo são asfixiantes, e são tóxicos para os seres humanos.


A combustão do hidrogênio produz apenas água.  Quando o hidrogênio puro é queimado em oxigênio puro, só água pura é produzida. Concedido, isso é um cenário ideal, o que não ocorre fora dos laboratórios e do ônibus espacial. In Em qualquer caso, quando um motor queima o hidrogênio, ele realmente limpa o ar ambiente, através do preenchimento de combustão dos hidrocarbonetos que nos rodeiam.  Em comparação com os compostos tóxicos (monóxido de carbono, óxidos de nitrogênio e sulfureto de hidrogénio) produzidos por combustíveis derivados do petróleo, os produtos da queima de hidrogênio são muito mais seguros.



A combustão de hidrogénio como um estimulante

 O hidrogênio queima mais rapidamente do que os combustíveis de hidrocarbonetos, pois é menor e entra em reações de combustão com maior velocidade, possui energia de ativação menor, e incorre molecular colisões mais do que as moléculas mais pesadas.  Estas características tornam possível a utilização de misturas de hidrogênio com os combustíveis de hidrocarbonetos convencionais, tais como gasolina, diesel e gás propano para reduzir as emissões de hidrocarbonetos não queimados. Transição dos combustíveis fósseis para o hidrogénio renovável pelo uso de misturas de hidrogênio em pequenas quantidades com combustíveis convencionais, oferece reduções significativas nas emissões.  Utilização de hidrogénio como um estimulante de combustão torna possível para os outros combustíveis para atender as necessidades futuras de emissões de escape mais baixa . Mistura de hidrogênio com os combustíveis de hidrocarbonetos fornece estimulação de combustão, aumentando a taxa de quebra de processos moleculares em que as grandes hidrocarbonetos são divididos em fragmentos menores.  Acelerar a produção de pequenos fragmentos moleculares é benéfico no aumento do rácio entre a superfície e o volume consequente exposição ao oxigênio para a conclusão do processo de combustão.  Relativamente pequena quantidade de hidrogênio pode aumentar drasticamente a potência e reduzir as emissões de poluentes atmosféricos.





Segue abaixo  uma breve história deste elemento , desde a sua  descoberta até os  dias atuais.




.... Henry Cavendish , London 1731 - 1810Henry Cavendish, Londres 1731 - 1810
1766  1766 - Henry Cavendish, foi um cientista britânico  que fez a descoberta do hidrogênio ou o que ele chamava de "ar inflamável". [1] Ele descreveu a densidade do ar inflamável, em 1766 um documento intitulado "Em factício Airs" .).Antoine Lavoisier posteriormente reproduzido Cavendish no seu experimento, e deu o seu nome do elemento (hidrogénio).
                                    Martinus van Marum Martinus van Marum, Delft, Groningen, Harlem, 1750 - 1837
1776 - .1776 - cientista holandês Martinus van Marum fez várias experiências com a electricidade.Durante uma de suas experiências (Groningen) criou gás Oxigênio e Hidrogênio  através  da electrolise .Ele descobriu (por acidente?) Que esta mistura pode ser inflamado (explodiu), por uma faísca elétrica.
1781 - Antoine-Laurent de Lavoisier ,.1781 - Antoine-Laurent de Lavoisier, Paris,1743-1794, foi um nobre francês proeminente na história da química, finanças, biologia e economia.Ele afirmou a primeira versão da lei de conservação de massa [2], reconhecido e chamado de oxigênio (1778) e hidrogênio (1783)
         
                                                                                                   
                                                                     
1781 ;1781 -O famoso cientista francês Lavoisier escreveu;
" Léau est le grand réservoir, où la Nature trouve la masse de combustibles, qu'elle forme continuellement sous no yeux, et la vegetation paroît être son grand moyen " (M.1781. p. 491). "Léau est le grand reservatório, où la Nature Trouve la massa de combustíveis, qu'elle forme sous continuellement não yeux, et la vegetação paroît ser filho grand moyen" (M.1781. P. 491).
".Que diz: "A água é o grande tanque, onde a natureza encontra a massa de combustível, o que continuamente formas sob os nossos olhos, a vegetação ea célula a ser a sua grande forma."
1789 -(Amesterdão) provou com suas experiências, pela primeira vez, que  elementos que formam a água  são exactamente 1 parte de oxigênio e 2 partes de hidrogénio a electricidade utilizada para dividir água em seus elementos e utilizados para uma faísca para combinar os elementos novamente na água.No mesmo experimento eles foram capazes de medir o volume exacto dos elementos.
1803
1826 - 1826 - Thomas Drummond descobriu que uma iluminação intensa é criado quando um oxyhydrogen chama é dirigido a um cilindro de óxido de cálcio, que pode ser aumentado para branco calor sem derreter. Ele construiu o chamado "Drummond Luz" também calles "Limelight". Este "Drummond Light'' 'pode ser criado com oxyhydrogen gás e óxido de cálcio.
1860 - . 1860 - Sr. Jean Joseph Étienne Lenoir de Bélgica / França construiu o primeiro carro que produziu o seu próprio combustível hidrogênio combustível a bordo por electrólise (alimentado por uma bateria).
(1860)Primeira água powered car (1860)

 
1875 - Jules Verne 1875 - Jules Verne em seu livro A ilha misteriosa, escreveu a seguinte idade:
"Água decomposto em seus elementos primitivos, e decomposta sem dúvida pela eletricidade, que terá, então, tornar-se uma poderosa e gerenciável força. Sim, meus amigos, acredito que a água vai ser um dia empregada como combustível".
A
1918 - Mr. 1918 - O Sr. . Charles H. Frazer patenteado o primeiro "Hidrogénio Booster" sistema de motores de combustão inte Patent.No. E.U.A. Patent.No.1,262,034 . 1262034 Ele afirmou que sua invenção: 1 - aumenta a eficiência dos motores de combustão .2 - Completa a combustão de hidrocarbonetos.3 - Motor vai ficar mais limpo..4 - Baixa qualidade do combustível pode ser usado com igual desempenho
.
1943 - 1945 -. 1943 - 1945 - Em virtude da grave escassez de combustível convencional, no final da WW2, o exército britânico Oxyhydrogen usou geradores de gases em seus tanques, barcos e outros veículos para obter uma melhor milhagem e de  evitar um sobreaquecimento  do motor de seus  veículos utilizados na África.Logo depois da WW2 o governo ordenou a remover e destruir todos os geradores dos veículos.
     
...Mas, pelo menos, alguns geradores sobreviveu..Em meados da década de 1970 uma empresa alemã chamada Lötgerat produzido Oxyhydrogen geradores..Eles usaram todos os novos materiais e peças .......... exceto para a unidade do borbulhador do gerador .Eles são, obviamente, muito mais velhos e feitos  de aço sólido. Feita da mesma forma como todos os outros equipamentos do exército. Construído para durar.É por isso existe alguns  destes prototicos funcionando ate hoje.

                                                   
     
                 
1977 A NASA Lewis Research Center. realizou uma série de ensaios com um grande  motor V8 pistões. Eles estavam interessados no que Hidrogénio tinha efeitos sobre o funcionamento do motor. Os resultados foram impressionantes.  Também propôs um método alternativo para produzir o gás que é mais eficiente do que o habitual eletrólise.  

Documento da NASA: NASA TN D-8478 C.1 datado de maio 1977
O nome do documentario é
"EMISSIONS AND TOTAL ENERGY CONSUMPTION OF A MULTICYLINDER PISTON ENGINE RUNNING ON GASOLINE AND A HYDROGEN-GASOLINE MIXTURE". "TOTAL DE EMISSÕES E CONSUMO DE ENERGIA DE UM PISTÃO  motor a gasolina convencional e um HIDROGÊNIO-GASOLINA". Ler este documento



1990 - Juan Carlos Aquerò  patenteou um sistema de energia transformadora para os motores de combustão interna que utiliza hidrogênio e oxigênio vapor. Europeen patente: 0 405 919 A1  / 90306988,8 26-06-1990.


 2006 - Mr. Dennis J. Klein e mr. RM Santilli E.U.A. da Flórida tem uma patente para um "Instrumento e método para a conversão da água em uma nova forma de gases poluentes e de combustíveis e do gás combustível formado por ela." Patent No. E.U. 2006/0075683 A1. gases que produzem o que eles chamam de HHO. Sr. Denny Klein Aquygen, Fl.
  2008 -  Especialmente o mercado de geradores HHO e poupadores  de combustível parece estar crescendo. Vários fabricantes e distribuidores destes produtos estam aparecendo.  A qualidade dos geradores varia.  Provou-se que os motores de combustão interna,  que impulsionada com o oxigênio do hidrogênio roda  mais suave que os que utilizam combustíveis  convencionais e que a polui menos o ar. Ver página combustível aforradores.        
                                                                 
veja esta  reportagem
 
Com um gerador de hidrogênio, carro pode atingir mais de 320 km/h. 10 de junho de 2008

É possível que um carro atinja mais de 320 km/h e, ainda assim, obtenha uma média de consumo em estrada de até 17 km/l? Podia não ser até pouco tempo atrás, mas isso vai se tornar realidade a partir do último trimestre de 2008, quando serão entregues as primeiras unidades do Ronn Scorpion. O segredo dele é simples: usar hidrogênio na queima, em uma proporção de 40% do gás para 60% de gasolina.

O sistema que permite essa solução foi desenvolvido pela empresa Hydrorunner e consiste de um tanque de água de 11,3 litros que sofre eletrólise e libera o hidrogênio, assim como oxigênio. Abastecido, o tanque de água dura até 1.600 km sem necessidade de reabastecimento.

Tanto o gás quanto a gasolina alimentam um motor moderno, o Acura V6 3.5, da subsidiária de luxo da Honda. Ao contrário dos modernos motores V6 da marca japonesa, que contam com o sistema VCM (Variable Cylinder Management, ou gerenciamento variável de cilindros), todos os cilindros do motor do Ronn Scorpion funcionam o tempo todo. Se pudessem ser desligados, eles provavelmente gerariam ainda mais economia ao supercarro ecológico.

Haverá duas versões do supercarro, que é feito de fibra de carbono com chassi de cromo-molibdênio: uma com motor aspirado, de 293 cv, e outra com motor biturbo, de 456 cv. Com essa estrutura, o carro pesa meros 950 kg, o que ajuda a explicar sua alta performance.

O Scorpion será vendido em série limitada, de no máximo 200 unidades, e custará, nos EUA, US$ 150 mil. A empresa já está aceitando encomendas, com um depósito mínimo de US$ 50 mil. Há chances de que esse supercarro venha para o Brasil? "O carro será vendido nos EUA, mas pode ser enviado a qualquer parte do mundo, com as despesas correndo por conta do comprador", disse ao WebMotors Adrian Pylypec, vice-presidente de vendas e marketing da Ronn Motor Company.[/quote]

muito boa a aula sera que esses carros já estão a venda? muito legal!

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum