Para quem quer poupar combustivel !


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Eletrostática na eletrólise

Ir à página : Anterior  1 ... 20 ... 36, 37, 38

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 38 de 38]

926 Re: Eletrostática na eletrólise em Sab 27 Abr 2013, 22:24

acalister escreveu:
Eu sei que na China, existe uma empresa inclusive que vende as peças de alguns motores com tratamento de cerâmica, Ebay e Alibaba, procure por lá, não é muito caro não, o problema é saber se tua ideia rende frutos na prática, pois não conheço nenhuma empresa automotiva utilizando isso, nem na NASCAR e F3, eu ainda não pesquisei sobre o assunto, mas se é possível, provavelmente esta na Deep Web .

Mas é isso que estou perguntando a vocês, se existe alguma chance de existir vantagem e possibilidades disso. Mesmo que não seja uma vantagem prática, mas isso desenvolve a teoria de como melhor aproveitar o motor do carro, mesmo que de uma forma ridiculamente dispendiosa e sem retornos, mas ainda assim, melhor.

Tu acessa a Deep Web é? Tem medo de usar o Thor não? Como se faz esse mergulho, além de usar o Thor?

Ver perfil do usuário

927 Re: Eletrostática na eletrólise em Sab 27 Abr 2013, 22:37

Minha ideia com o motor garrafa térmica, garrafa térmica mesmo, camisa do pistão quentíssima e bloco externo do motor em temperatura ambiente. Além da camisa do pistão, a parte de cima da cabeça do pistão, o topo do cilindro interno, ou seja, somente onde a queima dos gases tocam, mais nada deveria esquentar, só a descarga.

Teoricamente se isso acontecer, eu imagino que a temperatura interna do cilindro chegaria ao máximo que o combustível usado consegue ter, talvez até derretendo a maioria dos metais, isso seria um problema. Imaginemos que o cilindro foi feito para aguentar essas extremas temperaturas.

Toda vez que entrar mais ar frio, isso esfria as paredes do cilindro, mas essa energia retirada fica no ar admitido que ficou mais quentinho. Quando houver mais queima e calor, a temperatura do cilindro se recupera, a temperatura dos gases será a maior possível, nenhuma energia se perdeu até ai. O pistão terá a maior pressão possível, podendo gerar mais potência e torque para o motor.

Claro que o pistão vai chegar ao fim do curso com gases ainda muito quentes, energia térmica que será jogada fora pela descarga. Só que isso é outra história.

Eu queria validar só essa parte. Por enquanto!

Ver perfil do usuário

928 Re: Eletrostática na eletrólise em Sab 27 Abr 2013, 22:56

Pressão (Pascal) é igual:

8,31447 x Temperatura (K°) x Mols de gases
-------------------------------------------
Volume (m³)


Quanto maior a pressão, maior a força exercida no pistão, potência e torque.

Podemos notar que:

  • Quanto menor for o volume, maior a pressão. (desde que não diminua a quantidade de ar aspirado, turbo compressor)

  • Quanto maior a temperatura dos gases, maior a pressão. (eliminando as perdas de calor pelo bloco do motor)[Tem outra forma de fazer isso, mas deixa pra depois]

  • Quanto mais gás existir para ser esquentado (Mols), maior a pressão. (aqui se utiliza um turbo mais forte ainda, para forçar mais ar)


Eu estou apenas tentando garantir um desses fatores no momento, criar a maior temperatura possível.

Nota que no primeiro e último parâmetro se precisa de um turbo, que injeta mais ar no motor que o normalmente aspirado e, consequentemente, mais combustível. Já no parâmetro do meio não se usa turbo e nem se injeta mais combustível, isso significa mais potência e mais economia.

Óbvio que usar turbo para atuar no primeiro e último parâmetro é extensamente usado. Também se usa nitro que atua no 2º e 3º parâmetro, mas funciona por pouco tempo. Acho que é isso que a turma costuma fazer, deixando o aumento de temperatura, por todo tempo, fora do veneno por ser a mais trabalhosa de fazer.



Última edição por ET-e-HHO-existe em Dom 28 Abr 2013, 01:01, editado 8 vez(es)

Ver perfil do usuário

929 Re: Eletrostática na eletrólise em Dom 28 Abr 2013, 00:36

André, seguindo seu palpite fui procurar sobre cerâmica no carro:

4 rodas - cerâmica no carro

Olha o que diz um pedaço do texto:

"...Para se ter idéia das vantagens desse material, no caso dos blocos de motor, estes não precisariam de lubrificação e refrigeração, suprimindo bombas de óleo, filtros, radiador, bomba d'água, mangueiras e demais agregados. Então, o que impede as fábricas de começar a fabricar esses componentes? Em uma palavra, o custo..."

Ver perfil do usuário

930 Re: Eletrostática na eletrólise em Dom 28 Abr 2013, 18:54

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="ET-e-HHO-existe"]André, seguindo seu palpite fui procurar sobre cerâmica no carro:

[url=http://quatrorodas.abril.com.br/reportagens/novastecnologias/conteudo_143930.shtml]4 rodas - cerâmica no carro[/url]

Olha o que diz um pedaço do texto:

"...Para se ter idéia das vantagens desse material, no caso dos blocos de motor, estes não precisariam de lubrificação e refrigeração, suprimindo bombas de óleo, filtros, radiador, bomba d'água, mangueiras e demais agregados. Então, o que impede as fábricas de começar a fabricar esses componentes? Em uma palavra, o custo..."[/quote]

Et, o motivo principal é o custo, mas não só isso, quando toda economia mundial esta baseada no consumo de petróleo, fica claro o motivo, quanto a técnica com tratamento de cerâmica é positiva, mas existem outras formas mais baratas, uma delas seria substituir o liquido de arrefecimento por (silicone liquido 100%), anular a bomba d´água, retirar fora o radiador como todo sistema de arrefecimento, só com isso já traria uma economia de combustível, isso sem contar com a economia com as trocas de óleo e filtros, enfim, tu entendeu né?

Ver perfil do usuário

931 Re: Eletrostática na eletrólise em Dom 28 Abr 2013, 19:04

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="ET-e-HHO-existe"][quote="acalister"]
Eu sei que na China, existe uma empresa inclusive que vende as peças de alguns motores com tratamento de cerâmica, Ebay e Alibaba, procure por lá, não é muito caro não, o problema é saber se tua ideia rende frutos na prática, pois não conheço nenhuma empresa automotiva utilizando isso, nem na NASCAR e F3, eu ainda não pesquisei sobre o assunto, mas se é possível, provavelmente esta na Deep Web .[/quote]

Mas é isso que estou perguntando a vocês, se existe alguma chance de existir vantagem e possibilidades disso. Mesmo que não seja uma vantagem prática, mas isso desenvolve a teoria de como melhor aproveitar o motor do carro, mesmo que de uma forma ridiculamente dispendiosa e sem retornos, mas ainda assim, melhor.

[color=red]Tu acessa a Deep Web é? Tem medo de usar o Thor não? Como se faz esse mergulho, além de usar o Thor?[/color][/quote]

Sim, acesso por meio de outro micro exclusivo. Sem o Tor não tem como, eu não conheço outro navegador.

Ver perfil do usuário

932 Re: Eletrostática na eletrólise em Dom 28 Abr 2013, 19:19

acalister escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:
acalister escreveu:
Eu sei que na China, existe uma empresa inclusive que vende as peças de alguns motores com tratamento de cerâmica, Ebay e Alibaba, procure por lá, não é muito caro não, o problema é saber se tua ideia rende frutos na prática, pois não conheço nenhuma empresa automotiva utilizando isso, nem na NASCAR e F3, eu ainda não pesquisei sobre o assunto, mas se é possível, provavelmente esta na Deep Web .

Mas é isso que estou perguntando a vocês, se existe alguma chance de existir vantagem e possibilidades disso. Mesmo que não seja uma vantagem prática, mas isso desenvolve a teoria de como melhor aproveitar o motor do carro, mesmo que de uma forma ridiculamente dispendiosa e sem retornos, mas ainda assim, melhor.

Tu acessa a Deep Web é? Tem medo de usar o Thor não? Como se faz esse mergulho, além de usar o Thor?

Sim, acesso por meio de outro micro exclusivo. Sem o Tor não tem como, eu não conheço outro navegador.

Se consegue algum segredo do HHO por ai? (DeepWeb)

Ver perfil do usuário

933 Re: Eletrostática na eletrólise em Seg 29 Abr 2013, 02:22

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="ET-e-HHO-existe"][quote="acalister"][quote="ET-e-HHO-existe"][quote="acalister"]
Eu sei que na China, existe uma empresa inclusive que vende as peças de alguns motores com tratamento de cerâmica, Ebay e Alibaba, procure por lá, não é muito caro não, o problema é saber se tua ideia rende frutos na prática, pois não conheço nenhuma empresa automotiva utilizando isso, nem na NASCAR e F3, eu ainda não pesquisei sobre o assunto, mas se é possível, provavelmente esta na Deep Web .[/quote]

Mas é isso que estou perguntando a vocês, se existe alguma chance de existir vantagem e possibilidades disso. Mesmo que não seja uma vantagem prática, mas isso desenvolve a teoria de como melhor aproveitar o motor do carro, mesmo que de uma forma ridiculamente dispendiosa e sem retornos, mas ainda assim, melhor.

[color=red]Tu acessa a Deep Web é? Tem medo de usar o Thor não? Como se faz esse mergulho, além de usar o Thor?[/color][/quote]

Sim, acesso por meio de outro micro exclusivo. Sem o Tor não tem como, eu não conheço outro navegador.[/quote]

Se consegue algum segredo do HHO por ai? (DeepWeb)[/quote] Eu nunca procurei por HHO lá, mas é bem provável que sim.

Ver perfil do usuário

934 Re: Eletrostática na eletrólise em Ter 30 Abr 2013, 02:14

h-roo


Rank : 5
Rank : 5
http://sementesdasestrelas.blogspot.com.br/2013/04/reuniao-para-possivel-divulgacao_28.html


Reunião para possível Divulgação Extraterrestre - Vídeo de Apresentação.

Ver perfil do usuário

935 Re: Eletrostática na eletrólise em Ter 30 Abr 2013, 02:58

acalister


Rank : 5
Rank : 5
[quote="h-roo"]http://sementesdasestrelas.blogspot.com.br/2013/04/reuniao-para-possivel-divulgacao_28.html


Reunião para possível Divulgação Extraterrestre - Vídeo de Apresentação.[/quote]

Esse pessoal não tem nada mais importante pra fazer da vida não? o que é que eles querem com isso? esses fdp´s só querem a desordem mundial, quem tah bancando$$$$ isso?
Tu achas mesmo que esses 5 ex membros do governo (insignificantes) irão conseguir mudar alguma coisa a respeito, afinal de contas, perda de tempo, não existe nada lá que prove a existência de extra terrestres, nadinha, merda nenhuma, acorda Hugo, um bando de safados querendo se promoverem contando histórias e vendendo livros para otários.

Ver perfil do usuário

936 Re: Eletrostática na eletrólise em Ter 30 Abr 2013, 04:56

acalister escreveu:
h-roo escreveu:http://sementesdasestrelas.blogspot.com.br/2013/04/reuniao-para-possivel-divulgacao_28.html


Reunião para possível Divulgação Extraterrestre - Vídeo de Apresentação.

Esse pessoal não tem nada mais importante pra fazer da vida não? o que é que eles querem com isso? esses fdp´s só querem a desordem mundial, quem tah bancando$$$$ isso?
Tu achas mesmo que esses 5 ex membros do governo (insignificantes) irão conseguir mudar alguma coisa a respeito, afinal de contas, perda de tempo, não existe nada lá que prove a existência de extra terrestres, nadinha, merda nenhuma, acorda Hugo, um bando de safados querendo se promoverem contando histórias e vendendo livros para otários.

Realmente tu é um cara difícil de entender, aqui tu detona o Hugo e sua "comissão da verdade ETziana", lá no outro post tu advoga justo o que o Hugo vive clamando, a existência de várias naves alienígenas orbitando o planeta, inclusive em parceria com o governo americano.

Não te entendi...

Ver perfil do usuário

937 Re: Eletrostática na eletrólise em Seg 20 Maio 2013, 16:25





Eletrólise através da "chuva elétrica de Kevin"


Claro que não será a eletrólise mais produtiva do mundo, mas serve para exercitar as idéias.

Uma imagem vale mais que mil palavras e só de olhar o desenho, já dá para começar a compreender como funciona a "chuva elétrica de Kevin" (se não conhece, da uma procurada na internet).

Os recipientes em baixo estão se carregando com tão alta voltagem que de vez em quando uma faísca chispa entre eles. Essa alta voltagem segue por um fio até a região de gotejamento e atrai na água (ou eletrólito) os íons de cargas contrárias e repele os íons de carga semelhante. As gotas já caem energizadas e carregam o recipiente em baixo.

A alta voltagem não se descarrega a não ser pela faísca esporádica entre recipientes, além de induzir as gotas energizadas. De onde vem a energia que carrega esse sistema? Da força da gravidade que consegue separar a gota energizada das outras cargas opostas que ficam no recipiente e tentam impedir a queda da gota.

Esse esquema não é para fazer eletrólise, mas acontece que sobra cargas opostas no recipiente de água (ou eletrólito) que precisam ser neutralizadas. O fio metálico entre os dois bicos gotejadores foi uma adaptação minha para permitir que essa neutralização seja feita via eletrólise.

Pra que serve isso? Provavelmente para nada de útil, como pouco útil tem sido a "chuva elétrica de Kevin" até hoje, mas é um exercício mental interessante e uma forma de ver que coisas inusitadas e inter-relacionadas ocorrem. Eu também chamaria isso de eletrólise por gravidade.

Ver perfil do usuário

938 Re: Eletrostática na eletrólise em Ter 21 Maio 2013, 01:22

acalister


Rank : 5
Rank : 5
-

Ver perfil do usuário

939 Re: Eletrostática na eletrólise em Qua 22 Maio 2013, 23:12

ET-e-HHO-existe escreveu:... estou tentando achar um jeito de diminuir a voltagem necessária entre placas para uma boa eletrólise.

Que tu achas disso? Se conseguir será eletrólise com menos custo energético.

Quem sabe utilizar tensão normal e utilizar um oscilador para que a polaridade seja trocada em alta frequencia, tipo 25 mHz. Esta valor é usado em aparelhos umidificadores e geram nevoa de água. Agregando o eletrólito, talvez possa reduzir a tensão necessária.

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 38 de 38]

Ir à página : Anterior  1 ... 20 ... 36, 37, 38

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum