Para quem quer poupar combustivel !


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

gerador de HHO passo a passo

Ir à página : Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 2]

26 Re: gerador de HHO passo a passo em Sex 25 Mar 2011, 05:23

merovirus


Rank : 0
Rank : 0
ET-e-HHO-existe escreveu:
merovirus escreveu:entendi agora! e para um bom funcionamento do hho quanto em media deve o gerador produzir de gaz, outra duvida que tenho é com ralacao ao vacu do motor ele nao iria puxar tudo o gaz de uma vez fazendo que o carro so tenha uma pequena aceleracao e depois volte ao normal ou a quantidade de gaz que um gerador produz é suficiente para alimentar em parte o carro misturando gaz ar e combustivel ou seja o gerador sempre consiguira mater uma porcao de gaz para o carro?

Por isso que não se coloca o HHO no vácuo do motor, colocasse acima da borboleta, onde esse efeito não acontece.

Cada motor tem uma capacidade de transformar a energia térmica do combustível em movimento, além de taxas de compressão, rotações e etc diferentes. Para cada um desses motores o HHO terá mais ou menos efeito. Não é tão simples como dizer que carros 1.0 precisam de X LPMs e 2.0 precisão de Y LPMs.

Vamos pegar dois casos diferentes: O do Francinaldo com motor 1.0 (acho) e de outro cara que tinha um motor 1.4 (Chevette). O carro do Francinaldo não esta apresentando resultados, já o Chevette conseguiu 50% de economia, sem mexer no avanço, sem fazer mais nada. Os dois motores usaram LPMs muito próximos, sendo de menor quantidade o Chevette.

Os vendedores tem de passar confiança, senão tu não compra. Ao invés de pedir informações somente sobre o produto que tu pode comprar para por no seu carro, peça também garantias, tu encontrará 3 tipos de vendedores:

Um te dará especificações precisas do que tu precisa comprar para seu carro, e de tanta confiança, diz que tu pode levar a qualquer mecânico para efetuar a instalação em poucos minutos. Ele nunca instala. De tanta confiança, ele não te dará garantias, afinal o produto dele é 100% funcional e testado. Desses tem pra todo lado.

O outro diz para tu levar o carro na oficina dele para ele avaliar e instalar. Apesar de não saber exatamente se vai funcionar no seu carro, esse te devolve o dinheiro se não der certo. Raríssimo, só vi um.

O último, esse vai te dar todas as recomendações. Igual ao primeiro, fará isso te passando a maior confiança, também não devolve o dinheiro. Só que a explicação dele é mais verdadeira, ele te dirá que isso é experimental é não existe garantias, estais sobre sua própria conta e risco. Depois de confessar a realidade, se desculpou e lembrou que tinha que se comportar como o primeiro.

Voltando ao motor do Francinaldo e do Chevette, um é moderno e provavelmente mais conservado e naturalmente mais eficiente que o do Chevette.


veleu cara agora nao tenho duvidas mas.... estou com um projeto de uma celula com regulador de ponto do carro mas sensor de nivel de agua ( pra sabe c vai entra agua no motor ) minhas duvidas era essas so sobre o gerador agora so por a mao na massa quando eu acaba eu posto os videos e fotos e os esquemas de sensores e tudo mais ate e vlw.

Ver perfil do usuário

27 francinaldo em Sex 01 Abr 2011, 19:59

Passei só pra avisar que estou preparando muitas novidades, ja chegou o watercooler, e te passo os testes logo mais, to com problemas no meu msn, mas vou formatar minha maquina e logo resolvo isso, abraços! Ps: Não desisti não!

Ver perfil do usuário

28 ultimas duvidas kkk em Dom 03 Abr 2011, 21:40

merovirus


Rank : 0
Rank : 0
ola galera ho eu d novo com algumas duvidas, fiz um projeto mas antes de mandar fazer quero saber mais sobre a relacao de placas quantas positivas e negativas e neutras porque ligar uma possitiva ou mais de uma relacao de placas neutras tambem queria saber mais sobre quantos voltes sao nesserarios para a reacao e do porque que o gaz deve passar por um borbulhador, e como funciona a conta de calculo de gaz, tipo se vc colar x neutros com x positivo e negativo em teoria fazeria isso e geraria tanto de calor e corrente, espero que alguem entenda essa pergunta minha kkkk abraços aguardo resposta.

Ver perfil do usuário

29 Re: gerador de HHO passo a passo em Seg 04 Abr 2011, 00:40

merovirus escreveu:ola galera ho eu d novo com algumas duvidas, fiz um projeto mas antes de mandar fazer quero saber mais sobre a relacao de placas quantas positivas e negativas e neutras porque ligar uma possitiva ou mais de uma relacao de placas neutras tambem queria saber mais sobre quantos voltes sao nesserarios para a reacao e do porque que o gaz deve passar por um borbulhador, e como funciona a conta de calculo de gaz, tipo se vc colar x neutros com x positivo e negativo em teoria fazeria isso e geraria tanto de calor e corrente, espero que alguem entenda essa pergunta minha kkkk abraços aguardo resposta.

Para separar a água em seus elementos fundamentais são necessários 1,23V, se não me engano, em 25°C/ 1ATM. Só que é necessário mais trabalho numa eletrólise que somente dividir a água. Os íons já presentes na água precisam ser movidos entre eletrodos, isso gasta energia. Mais algumas outras coisas ocorrem que fazem 1,23V ser muito pouco para executar a eletrólise.

Por isso é comum você ver as pessoas falarem em 2V para fazer uma eletrólise.

Se uma eletrólise fosse feita a 25°C/1ATM/1,23V, nesse caso teríamos uma eletrolise 100% eficiente. Toda energia elétrica seria armazenada no gás hidrogênio, que quando fosse queimado, devolveria essa energia na forma de calor. Se usarmos 2V, por causa dos vários problemas que impedem uma eletrólise a 1,23V, então toda potência gasta além dos 1,23V, fica perdida na forma de calor no eletrólito.

Então, já que não dá pra fazer eletrólise a 1,23V, que usemos 2V, jamais 12V. Como fazer se o carro desligado tem 12V e quando funcionando, carregando a bateria, pode ir a quase 14V?

A resposta imediata é um conversor DC-DC, como se faz para alimentar uma CPU de computador que possui voltagem de alimentação próximo aos 1,5V e não 12V, ou 5V, ou 3,3V. Se você não sabia, existe um conversor DC-DC na placa mãe, entre a alimentação elétrica da placa mãe e o processador.

Um conversor DC-DC para abaixar a tensão de 12/14V para 2V, também aumenta a corrente. Digamos que entre nesse conversor 14V e ele consuma 12,3A,se a conversão for 100% eficiente vai sair 2V/86A. Como não existe conversor 100% eficiente, então vai entregar 2V com menos de 86A.

Na eletrólise, uma alternativa perfeita e 100% eficiente de fazer essa conversão e usar 6 neutros ( +NNNNNN-). A voltagem ficara dividida por 7 e a amperagem multiplicada por 7 também. Embora não seja obvio a multiplicação da amperagem, você deve pensar que cada elétron terá de repetir seu trabalho de fazer HHO 7 vezes, em cada um dos 7 compartimentos eletrolíticos criados.

Até agora você já viu que deve usar mais que 1,23V para quebrar outras forças que se opõe a eletrólise, como o arrasto/atrito dos íons pelo eletrólito. Sabe que algum calor vai ser gerado. Deve imaginar que quanto mais voltagem, mais fácil, ou produtiva é a eletrólise, mas com menor eficiência.

A dosagem entre produtividade/tamanho do gerador, contra a eficiência energética na geração, essa dosagem é que dirá quantos volts você ira usar entre placas. 2V é uma sugestão comum, não uma regra imutável.

Calor e bolhas, fazem vapor, tanto de água como da soda cáustica usada. Ai entra a lavagem em 1 borbulhador, ou vários, cheios de água, para permitir passar com mais puresa apenas HHO. Afinal, se o vapor d'água não é realmente um grande problema, os vapores cáusticos são.

Os borbulhadores não são os reservatórios de eletrólito, existem aparte só com água. Os borbulhadores devem ser acompanhados por barreiras internas “quebra ondas” para evitar que com o balanço do carro, um pouco d’água não seja jogada pra cima e aspirada pela sucção do motor.

Só falta explicar o porque eu disse que para cada 1LPM de HHO, 86A são gastos. Essa afirmação imagina uma eletrólise perfeita, onde todos os elétrons converteram água em seus gases fundamentais, uma temperatura de 30°C no gás HHO e 1 ATM e entre duas placas (+ -).

1 Mol de gás a 30°C/1 ATM, ocupa 24,86litros. 1,5 Mols de gás HHO possui 1 Mol de gás hidrogênio. 1 Mol de gás hidrogênio gasta exatos 192970 Coulomb para ser gerado em uma eletrólise. Sabendo que 1 Coulomb por segundo é igual a 1 Ampere, então 192970 Coulombs em 60 segundos é igual a 3216,16 Amperes.

Multiplicando 24,86 por 1,5 = 37,29 litros de HHO para 1 Mol de gás hidrogênio, que consumiu 3216,16 Amperes por 1 minuto. Se você dividir uma coisa por outra tem os 86,25A por cada litro de HHO por minuto, nas condições de 1 ATM/30°C.

Claro que se você utilizou um gerador com 6 neutros (+NNNNNN-), você deve dividir essa amperagem por 7, que dará 12,32A por cada 1 LPM. Isso não é eficiência máxima, lembresse que tu esta usando 14V, que dividido por 7 da 2V entre placas, quando a quebra da molécula d’água precisa de apenas 1,23V. Esses 12,32A x 14V dão 172,5W, quando apenas 12,32A x 1,23V, que dão 106,1W foram para quebra da molécula d’água. Diminuindo 172,5W – 106,1W = 66,4W, esse valor foi usado para empurrar os íons e geraram calor, sem eles a eletrolise não ocorreria, mas eles representam perdas na eficiência.

A distância entre eletrodos torna a resistência e a voltagem para vencer o eletrólito mais alta. As bolhas que se formam diminuem a área de contato entra placa e o eletrolito, impedindo a eletrolise nessa região até elas se desprenderem, então espaços minúsculos demais entre eletrodos não vão ajudar. Outra variável a ser dimensionada: Facilidade de desprendimento de bolhas x distancia entre placas.

Uma coisa legal é que o calor torna o eletrólito mais condutivo, diminuindo a necessidade de mais voltagem para conduzir a mesma corrente (amperagem). Só que o calor vem da voltagem maior. Outra coisa a ser dimensionada: Calor x voltagem entre placas.

A energia usada pelo seu gerador não vem de graça, gasta gasolina do carro para ser gerada. Quanto mais energia (Watts) teu gerador consumir, menor o efeito positivo que o HHO vai dar. Essa é uma das variáveis a ser dimensionadas mais difíceis: Energia gasta para gerar HHO x potência a mais alcançada pelo HHO.

Daí as 1ªs perguntas são: Quantos litros de HHO eu vou precisar para fazer meu carro apresentar alguma economia? Com essa economia, meu carro pode dispor de quanta energia extra para eu gerar HHO, sem acabar com toda a economia gerada? Com essa energia limitada, posso eu produzir a quantidade de HHO necessária?

Infelizmente começamos com o gerador, sem saber quanto HHO precisamos e de quanta energia dispomos para tentar alcançar essa produção. Daí não sabemos se é viável e se for, qual a eficiência mínima que precisamos no gerador.

Se eu tenho com 1 LPM de HHO um aumento de potência no meu motor de 2000W, chutando que a eficiência térmica do motor + eficiência do alternador = 20%. Se tu usar aquele gerador com 6 neutros, que consome 172,5W para gerar 1 LPM, então 172,5W seriam 20% de 862,5W, que sairiam do motor do carro, sobrando dos 2000W apenas 1137.5W.

Nesse caso, se o gerador não estiver conseguindo os 1 LPM necessários e você não tem mais dinheiro ou espaço no motor para colocar outro em paralelo, tu pode optar por um gerador de 4 neutros menos eficiente, mas mais produtivo, com consumo de 241,5W para produzir 1 LPM, ele iria retirar do motor 1207,5W, sobrando 792,5W de potência extra que tu pode contar como economia.

Desses 792,5W, ou 1137W, que lhe sobraram, o carro usa apenas 30%, um pouco mais que para gerar o HHO, afinal não tem o alternador no caminho. Calcula quanto sobrou.

Os 2000W ditos, foram chutados como um número para exemplo de calculo. Já a eficiencia de 20% e 30%, não estão baixas não, e bem por ai.

Pego o inicio das dores de aflição dum projeto de HHO?

Ver perfil do usuário

30 Re: gerador de HHO passo a passo em Seg 04 Abr 2011, 03:23

merovirus


Rank : 0
Rank : 0
ET-e-HHO-existe escreveu:
merovirus escreveu:ola galera ho eu d novo com algumas duvidas, fiz um projeto mas antes de mandar fazer quero saber mais sobre a relacao de placas quantas positivas e negativas e neutras porque ligar uma possitiva ou mais de uma relacao de placas neutras tambem queria saber mais sobre quantos voltes sao nesserarios para a reacao e do porque que o gaz deve passar por um borbulhador, e como funciona a conta de calculo de gaz, tipo se vc colar x neutros com x positivo e negativo em teoria fazeria isso e geraria tanto de calor e corrente, espero que alguem entenda essa pergunta minha kkkk abraços aguardo resposta.

Para separar a água em seus elementos fundamentais são necessários 1,23V, se não me engano, em 25°C/ 1ATM. Só que é necessário mais trabalho numa eletrólise que somente dividir a água. Os íons já presentes na água precisam ser movidos entre eletrodos, isso gasta energia. Mais algumas outras coisas ocorrem que fazem 1,23V ser muito pouco para executar a eletrólise.

Por isso é comum você ver as pessoas falarem em 2V para fazer uma eletrólise.

Se uma eletrólise fosse feita a 25°C/1ATM/1,23V, nesse caso teríamos uma eletrolise 100% eficiente. Toda energia elétrica seria armazenada no gás hidrogênio, que quando fosse queimado, devolveria essa energia na forma de calor. Se usarmos 2V, por causa dos vários problemas que impedem uma eletrólise a 1,23V, então toda potência gasta além dos 1,23V, fica perdida na forma de calor no eletrólito.

Então, já que não dá pra fazer eletrólise a 1,23V, que usemos 2V, jamais 12V. Como fazer se o carro desligado tem 12V e quando funcionando, carregando a bateria, pode ir a quase 14V?

A resposta imediata é um conversor DC-DC, como se faz para alimentar uma CPU de computador que possui voltagem de alimentação próximo aos 1,5V e não 12V, ou 5V, ou 3,3V. Se você não sabia, existe um conversor DC-DC na placa mãe, entre a alimentação elétrica da placa mãe e o processador.

Um conversor DC-DC para abaixar a tensão de 12/14V para 2V, também aumenta a corrente. Digamos que entre nesse conversor 14V e ele consuma 12,3A,se a conversão for 100% eficiente vai sair 2V/86A. Como não existe conversor 100% eficiente, então vai entregar 2V com menos de 86A.

Na eletrólise, uma alternativa perfeita e 100% eficiente de fazer essa conversão e usar 6 neutros ( +NNNNNN-). A voltagem ficara dividida por 7 e a amperagem multiplicada por 7 também. Embora não seja obvio a multiplicação da amperagem, você deve pensar que cada elétron terá de repetir seu trabalho de fazer HHO 7 vezes, em cada um dos 7 compartimentos eletrolíticos criados.

Até agora você já viu que deve usar mais que 1,23V para quebrar outras forças que se opõe a eletrólise, como o arrasto/atrito dos íons pelo eletrólito. Sabe que algum calor vai ser gerado. Deve imaginar que quanto mais voltagem, mais fácil, ou produtiva é a eletrólise, mas com menor eficiência.

A dosagem entre produtividade/tamanho do gerador, contra a eficiência energética na geração, essa dosagem é que dirá quantos volts você ira usar entre placas. 2V é uma sugestão comum, não uma regra imutável.

Calor e bolhas, fazem vapor, tanto de água como da soda cáustica usada. Ai entra a lavagem em 1 borbulhador, ou vários, cheios de água, para permitir passar com mais puresa apenas HHO. Afinal, se o vapor d'água não é realmente um grande problema, os vapores cáusticos são.

Os borbulhadores não são os reservatórios de eletrólito, existem aparte só com água. Os borbulhadores devem ser acompanhados por barreiras internas “quebra ondas” para evitar que com o balanço do carro, um pouco d’água não seja jogada pra cima e aspirada pela sucção do motor.

Só falta explicar o porque eu disse que para cada 1LPM de HHO, 86A são gastos. Essa afirmação imagina uma eletrólise perfeita, onde todos os elétrons converteram água em seus gases fundamentais, uma temperatura de 30°C no gás HHO e 1 ATM e entre duas placas (+ -).

1 Mol de gás a 30°C/1 ATM, ocupa 24,86litros. 1,5 Mols de gás HHO possui 1 Mol de gás hidrogênio. 1 Mol de gás hidrogênio gasta exatos 192970 Coulomb para ser gerado em uma eletrólise. Sabendo que 1 Coulomb por segundo é igual a 1 Ampere, então 192970 Coulombs em 60 segundos é igual a 3216,16 Amperes.

Multiplicando 24,86 por 1,5 = 37,29 litros de HHO para 1 Mol de gás hidrogênio, que consumiu 3216,16 Amperes por 1 minuto. Se você dividir uma coisa por outra tem os 86,25A por cada litro de HHO por minuto, nas condições de 1 ATM/30°C.

Claro que se você utilizou um gerador com 6 neutros (+NNNNNN-), você deve dividir essa amperagem por 7, que dará 12,32A por cada 1 LPM. Isso não é eficiência máxima, lembresse que tu esta usando 14V, que dividido por 7 da 2V entre placas, quando a quebra da molécula d’água precisa de apenas 1,23V. Esses 12,32A x 14V dão 172,5W, quando apenas 12,32A x 1,23V, que dão 106,1W foram para quebra da molécula d’água. Diminuindo 172,5W – 106,1W = 66,4W, esse valor foi usado para empurrar os íons e geraram calor, sem eles a eletrolise não ocorreria, mas eles representam perdas na eficiência.

A distância entre eletrodos torna a resistência e a voltagem para vencer o eletrólito mais alta. As bolhas que se formam diminuem a área de contato entra placa e o eletrolito, impedindo a eletrolise nessa região até elas se desprenderem, então espaços minúsculos demais entre eletrodos não vão ajudar. Outra variável a ser dimensionada: Facilidade de desprendimento de bolhas x distancia entre placas.

Uma coisa legal é que o calor torna o eletrólito mais condutivo, diminuindo a necessidade de mais voltagem para conduzir a mesma corrente (amperagem). Só que o calor vem da voltagem maior. Outra coisa a ser dimensionada: Calor x voltagem entre placas.

A energia usada pelo seu gerador não vem de graça, gasta gasolina do carro para ser gerada. Quanto mais energia (Watts) teu gerador consumir, menor o efeito positivo que o HHO vai dar. Essa é uma das variáveis a ser dimensionadas mais difíceis: Energia gasta para gerar HHO x potência a mais alcançada pelo HHO.

Daí as 1ªs perguntas são: Quantos litros de HHO eu vou precisar para fazer meu carro apresentar alguma economia? Com essa economia, meu carro pode dispor de quanta energia extra para eu gerar HHO, sem acabar com toda a economia gerada? Com essa energia limitada, posso eu produzir a quantidade de HHO necessária?

Infelizmente começamos com o gerador, sem saber quanto HHO precisamos e de quanta energia dispomos para tentar alcançar essa produção. Daí não sabemos se é viável e se for, qual a eficiência mínima que precisamos no gerador.

Se eu tenho com 1 LPM de HHO um aumento de potência no meu motor de 2000W, chutando que a eficiência térmica do motor + eficiência do alternador = 20%. Se tu usar aquele gerador com 6 neutros, que consome 172,5W para gerar 1 LPM, então 172,5W seriam 20% de 862,5W, que sairiam do motor do carro, sobrando dos 2000W apenas 1137.5W.

Nesse caso, se o gerador não estiver conseguindo os 1 LPM necessários e você não tem mais dinheiro ou espaço no motor para colocar outro em paralelo, tu pode optar por um gerador de 4 neutros menos eficiente, mas mais produtivo, com consumo de 241,5W para produzir 1 LPM, ele iria retirar do motor 1207,5W, sobrando 792,5W de potência extra que tu pode contar como economia.

Desses 792,5W, ou 1137W, que lhe sobraram, o carro usa apenas 30%, um pouco mais que para gerar o HHO, afinal não tem o alternador no caminho. Calcula quanto sobrou.

Os 2000W ditos, foram chutados como um número para exemplo de calculo. Já a eficiencia de 20% e 30%, não estão baixas não, e bem por ai.

Pego o inicio das dores de aflição dum projeto de HHO?

um, mas nao entendi a sigla atm significa amperes por minuto ou coisa assim?
outra coisa se a area de contado com a agua for maior isso resulta em uma maior producao de hho ex um gerador grande com uma placa grande gera mais,se sim como calcular o tamanho da placa isso q nao entendi ainda a relacao tamanho vs hho ou seja geralmente um gerador pequeno é construido para se fixar no motor porem se o melhor seria fazer 1 um pouco maior para nao precisar de tanta corrente para gerar gaz isso seria o ideal ou nao? pelo q entendi quanto mais a relacao de consumo vs eficiencia por exemplo se eu gastar 30A para gerar 1 LPM de gaz isso em teoria nao seria vantagem pq para carregar a bateria do carro teria q gastar mais combustivel? é isso ou entendi errado? tambem o borbulhador nao pode ser o reservatorio de agua do gerador? tem q ser um com agua limpa sem bicarbonato?

Ver perfil do usuário

31 Re: gerador de HHO passo a passo em Seg 04 Abr 2011, 06:01

merovirus escreveu:um, mas nao entendi a sigla atm significa amperes por minuto ou coisa assim?
1 ATM é a pressão atmosférica ao nível do mar. A quantidade de moléculas de um gás varia de acordo com pressão e temperatura. Por isso 1 litro de HHO ao nível do mar terá mais moléculas do que em cima de uma montanha, em mesma temperatura. Já 1 litro de HHO a 30°C terá menos moléculas que a 0°C, em mesma pressão atmosférica.
merovirus escreveu:outra coisa se a area de contado com a agua for maior isso resulta em uma maior producao de hho ex um gerador grande com uma placa grande gera mais,
Sim, maior área em contato com o eletrólito, mais eletrólito ao mesmo tempo conduzindo e gerando.
merovirus escreveu:se sim como calcular o tamanho da placa isso q nao entendi ainda a relacao tamanho vs hho
Se a produção não é suficiente e você não pode reduzir a eficiência, tem que aumentar a área das placas, ou colocar outro gerador em paralelo, que significa o mesmo. Poderia tentar aumentar a concentração do eletrólito, para tentar evitar esse alargamento das placas.
Se você não quer aumentar o tamanho do gerador e puder sacrificar a eficiência e consumir um pouco mais, use menos neutros.
merovirus escreveu:ou seja geralmente um gerador pequeno é construido para se fixar no motor
Quem fez achou que a eficiência x consumo estavam bons para o seu carro e não queria gastar dinheiro em um gerador mais eficiente e menos consumista.
merovirus escreveu:porem se o melhor seria fazer 1 um pouco maior para nao precisar de tanta corrente para gerar gaz isso seria o ideal ou nao?
Novamente, tudo depende do dinheiro que tu quer gastar e se o gás gerado já é o suficiente.
merovirus escreveu:pelo q entendi quanto mais a relacao de consumo vs eficiencia
????
merovirus escreveu:por exemplo se eu gastar 30A para gerar 1 LPM de gaz isso em teoria nao seria vantagem pq para carregar a bateria do carro teria q gastar mais combustivel? é isso ou entendi errado?

É mais ou menos isso, só que você tira energia do alternador quando em movimento e da bateria quando parado. Claro que tem de sobrar energia para carregar a bateria.
Quanto aos 30A por 1 LPM, se esse gasto não for maior que a economia gerada pelo gás gerado e você estiver satisfeito, também não teria problema. Só que se tu tiver dinheiro para um gerador mais eficiente e menos gastão, se tu fizesse 1 LPM com 15A, melhor ainda.
merovirus escreveu:tambem o borbulhador nao pode ser o reservatorio de agua do gerador? tem q ser um com agua limpa sem bicarbonato?
Exatamente. Só que não se usa bicarbonato, ácidos ou sais no HHO. Usa-se soda cáustica ou potassa cáustica. Use com cuidado, pois são causticas. Existe material aqui mesmo no fórum dizendo o que se deve usar ou não como eletrólito.

Ver perfil do usuário

32 Re: gerador de HHO passo a passo em Seg 04 Abr 2011, 14:47

merovirus


Rank : 0
Rank : 0
blz valeu pelas respostas, entao nao tem jeito é por tentativa e erro ate chegar num gerador quase perfeito, queria seber agora se um gerador "molhado" onde as placas ficam mergulhadas na agua pode ser feito da seguinte maneira uma caixa de aco inox com as placas totalmente cheio d'agua com uma entrada de agua e outra para sair ou gaz de volta ao reservatorio para depois ser filtrado ou o fato do gerador estar completo de agua fazeria a preçao almentar e tudo explodir ? da pra fazer um assim?

Ver perfil do usuário

33 Re: gerador de HHO passo a passo em Seg 04 Abr 2011, 17:14

O problema que vejo com o HHO é que as pessoas acreditam que isso é um problema equacionado, com receitas bem especificas, prontas e funcionais. Talvez tenha alguém assim no mercado do HHO, mas tenho visto no comportamento de muitos vendedores um aproveitamento da fama do HHO para vender seus produtos, sem a menor idéia do que esta acontecendo.

Já encontrei vendedor que depois de um anúncio, como todos são, prometendo todas as vantagens de se comprar seu produto HHO, ele aparece para pedir conselhos de como fazer isso funcionar. Tu acha que todo mundo que vende isso já viu isso funcionar, ou sabe instalar isso em qualquer carro?

Não pense que eu sou um especialista em HHO, não sou. Gostaria de ser esse especialista e além de lhe dar as teorias de como fazer isso, lhe dizer, por conhecimento de causa, que seu carro precisa exatamente disso ou daquilo. Gostaria que aparecesse quem sabe por aqui e vê-lo ajudando a você, ao Francinaldo e outros que estão por aqui atrás de conselhos de como fazer isso dar certo em seus carros. Cadê eles, eles existem?

Se existem ou não, continuam a fazer anúncios e vender produtos caros de todos os tipos: De geradores, passando por EFIE, por PWM e até turbilhonadores de Ar. Não é possível que com tantos vendedores espertos, um deles não tenha a generosidade de ajudar a vocês e provar que isso funciona, ganhar fama e vender melhor ainda seus produtos. Como é que nenhuns desses vendedores aparecem aqui para ajudar, só pra vender? Será que eles realmente sabem alguma coisa, como relatam em seus sites, no ML ou qualquer outro lugar que se apresentam vendendo?

Teve um vendedor que me prometeu devolução do dinheiro, mas só depois de 3 meses de tentativas para ajustar o carro. Se nesse meio tempo eu não tiver dinheiro para manter todos os ajustes, compra de PWM, EFIE e etc., ele teria a oportunidade de dizer que eu não tentei todos os conselhos dele para o HHO funcionar, será que me devolveria o dinheiro mesmo?

Depois de tantos ajustes, será que o carro não começaria a economizar por conta dos outros acessórios e ajustes feitos?

Como disse, a coisa começa errado, começa com o gerador e não com quanto meu motor precisa. É como um pai que chega em casa com uma galinha para alimentar seus 4 filhos e sua mulher, ele só conseguiu isso e isso vai ter que ser o suficiente para alimentar a família. Ele não trouxe uma galinha por ser isso o suficiente, trouxe por que foi só isso que conseguiu. Assim tem sido o HHO.

Fica antenado, existe a real possibilidade de isso não funcionar, ou se funcionar, só fazer isso em carros antigos de baixa eficiência energética.

merovirus escreveu:blz valeu pelas respostas, entao nao tem jeito é por tentativa e erro ate chegar num gerador quase perfeito, queria seber agora se um gerador "molhado" onde as placas ficam mergulhadas na agua pode ser feito da seguinte maneira uma caixa de aco inox com as placas totalmente cheio d'agua com uma entrada de agua e outra para sair ou gaz de volta ao reservatorio para depois ser filtrado ou o fato do gerador estar completo de agua fazeria a preçao almentar e tudo explodir ? da pra fazer um assim?

Até que apareça esse suposto vendedor, ou especialista, super experiente, que já instalou isso em 10 carros iguais ao seu e num outro monte, não tem jeito. Tu vai ter que se fazer especialista, nem que seja somente em HHO para seu carro.

Um gerador imerso já é o reservatório de eletrólito, só precisa de borbulhador.

Mais detalhes, volte a primeira resposta que te dei aqui mesmo, segunda mensagem desse tópico.

Ver perfil do usuário

34 francinaldo em Seg 04 Abr 2011, 17:38

ET-e-HHO-existe escreveu:O problema que vejo com o HHO é que as pessoas acreditam que isso é um problema equacionado, com receitas bem especificas, prontas e funcionais. Talvez tenha alguém assim no mercado do HHO, mas tenho visto no comportamento de muitos vendedores um aproveitamento da fama do HHO para vender seus produtos, sem a menor idéia do que esta acontecendo.

Já encontrei vendedor que depois de um anúncio, como todos são, prometendo todas as vantagens de se comprar seu produto HHO, ele aparece para pedir conselhos de como fazer isso funcionar. Tu acha que todo mundo que vende isso já viu isso funcionar, ou sabe instalar isso em qualquer carro?

Não pense que eu sou um especialista em HHO, não sou. Gostaria de ser esse especialista e além de lhe dar as teorias de como fazer isso, lhe dizer, por conhecimento de causa, que seu carro precisa exatamente disso ou daquilo. Gostaria que aparecesse quem sabe por aqui e vê-lo ajudando a você, ao Francinaldo e outros que estão por aqui atrás de conselhos de como fazer isso dar certo em seus carros. Cadê eles, eles existem?

Se existem ou não, continuam a fazer anúncios e vender produtos caros de todos os tipos: De geradores, passando por EFIE, por PWM e até turbilhonadores de Ar. Não é possível que com tantos vendedores espertos, um deles não tenha a generosidade de ajudar a vocês e provar que isso funciona, ganhar fama e vender melhor ainda seus produtos. Como é que nenhuns desses vendedores aparecem aqui para ajudar, só pra vender? Será que eles realmente sabem alguma coisa, como relatam em seus sites, no ML ou qualquer outro lugar que se apresentam vendendo?

Teve um vendedor que me prometeu devolução do dinheiro, mas só depois de 3 meses de tentativas para ajustar o carro. Se nesse meio tempo eu não tiver dinheiro para manter todos os ajustes, compra de PWM, EFIE e etc., ele teria a oportunidade de dizer que eu não tentei todos os conselhos dele para o HHO funcionar, será que me devolveria o dinheiro mesmo?

Depois de tantos ajustes, será que o carro não começaria a economizar por conta dos outros acessórios e ajustes feitos?

Como disse, a coisa começa errado, começa com o gerador e não com quanto meu motor precisa. É como um pai que chega em casa com uma galinha para alimentar seus 4 filhos e sua mulher, ele só conseguiu isso e isso vai ter que ser o suficiente para alimentar a família. Ele não trouxe uma galinha por ser isso o suficiente, trouxe por que foi só isso que conseguiu. Assim tem sido o HHO.

Fica antenado, existe a real possibilidade de isso não funcionar, ou se funcionar, só fazer isso em carros antigos de baixa eficiência energética.

merovirus escreveu:blz valeu pelas respostas, entao nao tem jeito é por tentativa e erro ate chegar num gerador quase perfeito, queria seber agora se um gerador "molhado" onde as placas ficam mergulhadas na agua pode ser feito da seguinte maneira uma caixa de aco inox com as placas totalmente cheio d'agua com uma entrada de agua e outra para sair ou gaz de volta ao reservatorio para depois ser filtrado ou o fato do gerador estar completo de agua fazeria a preçao almentar e tudo explodir ? da pra fazer um assim?

Até que apareça esse suposto vendedor, ou especialista, super experiente, que já instalou isso em 10 carros iguais ao seu e num outro monte, não tem jeito. Tu vai ter que se fazer especialista, nem que seja somente em HHO para seu carro.

Um gerador imerso já é o reservatório de eletrólito, só precisa de borbulhador.

Mais detalhes, volte a primeira resposta que te dei aqui mesmo, segunda mensagem desse tópico.



Olá Milzon, tudo ok?
Ninguém melhor pra comentar teu comentario, é serio estou acompanhando meio que por fora o post, é que eu estourei outro borbulhador e estou esperando chegar o dia do Pagto,pois fiquei sem nenhum $, ai só vou dar continuidade quando receber entende?, mas quanto ao teu comentário, também concordo quando vc diz que "Até que apareça esse suposto vendedor, ou especialista, super experiente, que já instalou isso em 10 carros iguais ao seu e num outro monte, não tem jeito. Tu vai ter que se fazer especialista, nem que seja somente em HHO para seu carro" Isso eu sei bem de perto, pois todos vendedores que me apresentaram o HHO falavam que ja tinham instalados em 10 carros etc. mas tudo baléla! e quanto a celula imersa do amigo merovirus, acho melhor vc passar direto pra uma Dry Cell se não quiser perder seu dinheiro amigo, e ser forçado (pela curiosidade) a montar uma Drycell, gastando muito mais do que vc pensou. Hoje meu gasto ultrapassa a casa dos 900 reais, e sem nenhum resultado, a não ser o que comprova que no meu carro ainda não funfou... mas to por aki, eu to usando uma drycell com 9 placas na seguinte config: -NNN+NNN- esta consumindo 14 a 17 AMP e faz 1 lt em 0.55 segundos, e até agora não obtive nenhuma economia, (NADA) mas to por aki, vou tentar outras coisas, mas quando receber o do mês... kkkkkkk boa sorte ao amigo ai!

Ver perfil do usuário

35 Re: gerador de HHO passo a passo em Ter 05 Abr 2011, 16:21

merovirus


Rank : 0
Rank : 0
Francinaldo Nunes Pereira escreveu:
ET-e-HHO-existe escreveu:O problema que vejo com o HHO é que as pessoas acreditam que isso é um problema equacionado, com receitas bem especificas, prontas e funcionais. Talvez tenha alguém assim no mercado do HHO, mas tenho visto no comportamento de muitos vendedores um aproveitamento da fama do HHO para vender seus produtos, sem a menor idéia do que esta acontecendo.

Já encontrei vendedor que depois de um anúncio, como todos são, prometendo todas as vantagens de se comprar seu produto HHO, ele aparece para pedir conselhos de como fazer isso funcionar. Tu acha que todo mundo que vende isso já viu isso funcionar, ou sabe instalar isso em qualquer carro?

Não pense que eu sou um especialista em HHO, não sou. Gostaria de ser esse especialista e além de lhe dar as teorias de como fazer isso, lhe dizer, por conhecimento de causa, que seu carro precisa exatamente disso ou daquilo. Gostaria que aparecesse quem sabe por aqui e vê-lo ajudando a você, ao Francinaldo e outros que estão por aqui atrás de conselhos de como fazer isso dar certo em seus carros. Cadê eles, eles existem?

Se existem ou não, continuam a fazer anúncios e vender produtos caros de todos os tipos: De geradores, passando por EFIE, por PWM e até turbilhonadores de Ar. Não é possível que com tantos vendedores espertos, um deles não tenha a generosidade de ajudar a vocês e provar que isso funciona, ganhar fama e vender melhor ainda seus produtos. Como é que nenhuns desses vendedores aparecem aqui para ajudar, só pra vender? Será que eles realmente sabem alguma coisa, como relatam em seus sites, no ML ou qualquer outro lugar que se apresentam vendendo?

Teve um vendedor que me prometeu devolução do dinheiro, mas só depois de 3 meses de tentativas para ajustar o carro. Se nesse meio tempo eu não tiver dinheiro para manter todos os ajustes, compra de PWM, EFIE e etc., ele teria a oportunidade de dizer que eu não tentei todos os conselhos dele para o HHO funcionar, será que me devolveria o dinheiro mesmo?

Depois de tantos ajustes, será que o carro não começaria a economizar por conta dos outros acessórios e ajustes feitos?

Como disse, a coisa começa errado, começa com o gerador e não com quanto meu motor precisa. É como um pai que chega em casa com uma galinha para alimentar seus 4 filhos e sua mulher, ele só conseguiu isso e isso vai ter que ser o suficiente para alimentar a família. Ele não trouxe uma galinha por ser isso o suficiente, trouxe por que foi só isso que conseguiu. Assim tem sido o HHO.

Fica antenado, existe a real possibilidade de isso não funcionar, ou se funcionar, só fazer isso em carros antigos de baixa eficiência energética.

merovirus escreveu:blz valeu pelas respostas, entao nao tem jeito é por tentativa e erro ate chegar num gerador quase perfeito, queria seber agora se um gerador "molhado" onde as placas ficam mergulhadas na agua pode ser feito da seguinte maneira uma caixa de aco inox com as placas totalmente cheio d'agua com uma entrada de agua e outra para sair ou gaz de volta ao reservatorio para depois ser filtrado ou o fato do gerador estar completo de agua fazeria a preçao almentar e tudo explodir ? da pra fazer um assim?

Até que apareça esse suposto vendedor, ou especialista, super experiente, que já instalou isso em 10 carros iguais ao seu e num outro monte, não tem jeito. Tu vai ter que se fazer especialista, nem que seja somente em HHO para seu carro.

Um gerador imerso já é o reservatório de eletrólito, só precisa de borbulhador.

Mais detalhes, volte a primeira resposta que te dei aqui mesmo, segunda mensagem desse tópico.



Olá Milzon, tudo ok?
Ninguém melhor pra comentar teu comentario, é serio estou acompanhando meio que por fora o post, é que eu estourei outro borbulhador e estou esperando chegar o dia do Pagto,pois fiquei sem nenhum $, ai só vou dar continuidade quando receber entende?, mas quanto ao teu comentário, também concordo quando vc diz que "Até que apareça esse suposto vendedor, ou especialista, super experiente, que já instalou isso em 10 carros iguais ao seu e num outro monte, não tem jeito. Tu vai ter que se fazer especialista, nem que seja somente em HHO para seu carro" Isso eu sei bem de perto, pois todos vendedores que me apresentaram o HHO falavam que ja tinham instalados em 10 carros etc. mas tudo baléla! e quanto a celula imersa do amigo merovirus, acho melhor vc passar direto pra uma Dry Cell se não quiser perder seu dinheiro amigo, e ser forçado (pela curiosidade) a montar uma Drycell, gastando muito mais do que vc pensou. Hoje meu gasto ultrapassa a casa dos 900 reais, e sem nenhum resultado, a não ser o que comprova que no meu carro ainda não funfou... mas to por aki, eu to usando uma drycell com 9 placas na seguinte config: -NNN+NNN- esta consumindo 14 a 17 AMP e faz 1 lt em 0.55 segundos, e até agora não obtive nenhuma economia, (NADA) mas to por aki, vou tentar outras coisas, mas quando receber o do mês... kkkkkkk boa sorte ao amigo ai!


e qual a vatange de uma drycell em relacao ao gerador imerso ? ele produz mais?

Ver perfil do usuário

36 Re: gerador de HHO passo a passo em Ter 05 Abr 2011, 17:06

merovirus escreveu:
e qual a vatange de uma drycell em relacao ao gerador imerso ? ele produz mais?

Se você tivesse seguido meu conselho e lido a experiência do Francinaldo, que inclusive lhe aconselhou a ir para dry-cell (célula seca), tu já teria entendido todos os problemas.

Vou te dar um detalhe a mais, que também está dito na história do Francinaldo com célula imerça, existem dois tipos de célula imersa: Uma feitas com placas paralelas, ruim; outra feita com tubos de vários tamanhos, um dentro do outro, boa.

Existe uma célula imersa, que parece um aquário, laterais bem vedadas, parece um misto de célula seca e imersa, essas parecem ser as melhores, desde que o aquário seja de aço. Olha a cara delas:
http://www.quebarato.com.br/celulas-de-hidrogenios-kit-barcos-navio-caminhoes-onibus-economia-de-42-diesel__5EBA1D.html

Quanto a que produz mais, isso tem tantas váriaveis que definem a produção, como já comentei, que esse não é o problema. Eu até diria que uma celula imersa de tubos, tem seu ponto fraco no fato de que o tubo menor é que vai ditar a produção da célula, senão seria perfeita. As dry-cell e as imersas-aquário, tem placas de mesmo tamanho, não tem esse problema.

A produção esta relacionada a corrente efetiva que faz trabalho, que depende do número de neutros encontrados no caminho. Outras coisas como: condutividade do eletrólito, aréa da menor placa e calor do eletrólito, também aumentam a corrente. Uma célula em que a corrente encontra 5 neutros para atravessar, faz mais trabalho que outra que passou por menos neutros entre o polo + e -.

Portanto medir a amperagem só não basta. Tem que medir a amperagem e multiplicar pela quantidade de neutros + 1. Lembresse que existem os neutros invisíveis se sua célula for mau formada, esse foi o problema do Francinaldo.

Ver perfil do usuário

37 Re: gerador de HHO passo a passo em Ter 15 Jul 2014, 18:56

gudrous


Rank : 0
Rank : 0
Quem quizer ver um gerador imerso muito bem feito, pode ver as fotos construtivas do gerador do gasagua.

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 2]

Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum